Baiano tem sofrido com as faltas táticas da Aparecidense: agora é decisão

Ceilândia segue preparação para a decisão de sábado

Filipe Cirne começou contra a Aparecidense:mesmo  ainda sem ritmo, pode fazer a diferença
Filipe Cirne começou contra a Aparecidense:mesmo ainda sem ritmo, pode fazer a diferença

O Ceilândia tem apenas uma opção para o jogo deste sábado, 15h30, no Regional, diante da Aparecidense: vencer.

Depois do empate sem gols do último final de semana, um outro empate sem gols levará a partida para os pênaltis. Qualquer empate com gols dará a classificação ao adversário. Ao Ceilândia só resta vencer.

Willian é vice-artilheiro da competição: esperança maior de gols do Ceilândia
Willian é vice-artilheiro da competição: esperança maior de gols do Ceilândia

O time deve fazer o apronto nesta quinta-feira. Para jogadores e comissão será um desafio do tamanho do investimento feito e da qualidade do elenco.

O time da Aparecidense é um time bem distribuído em campo. As faltas táticas incomodam porque não deixam o adversário jogar e a arbitragem em nenhum dos jogos esteve atenta. Mas a Aparecidense não é só isso. Tem um conjunto muito forte e muito bem treinado. Um grande adversário.

Baiano tem sofrido com as faltas táticas da Aparecidense: agora é decisão
Baiano tem sofrido com as faltas táticas da Aparecidense: agora é decisão

Do lado alvinegro, há confiança no talento de seus jogadores de meio de campo e ataque e na solidez de sua defesa. Tudo isso será importante no sábado.

A falta de um lateral-esquerdo suplente preocupa Adelson. O treinador deve lançar Mário Henrique apenas se ele estiver cem por cento.

 

 

Comentarios

Comentarios