União pode fazer a diferença na busca por um lugar na Série C

Ceilândia: Razões para sonhar

Baiano fará falta: referência em um time que sonha
Baiano fará falta: referência em um time que sonha

O Ceilândia terá pela frente um time que ainda não perdeu em casa nesta Série D. A favor do Fluminense, ainda, o fato de representar um futebol com lugares nas séries A e B do campeonato nacional. O Gato Preto, humildemente, tenta levar o futebol do Distrito Federal à série C.

O desafio do Ceilândia é ainda maior se levarmos em consideração que o Fluminense-BA é um bom time, nos últimos três jogos não sofreu gol, venceu o Sete-MS tanto em casa quanto fora e terá o apoio de um bom número de torcedores.

Artur: tem sido importante nos últimos jogos
Artur: tem sido importante nos últimos jogos

O Ceilândia sabe, contudo, que tem razões para acreditar: há anos que não montava um grupo tão qualificado. A campanha alvinegra fala por si. Além disso, a presença no grupo da experiência de jogadores como Baiano, Didão, Klécio, Badhuga e Artur pode fazer a diferença, mesmo com os desfalques naturais de uma competição tão difícil.

Jogos de mata-mata são diferentes. Os jogadores sabem disso. O time que desembarca humildemente em Feira de Santana tem consciência que qualquer distração pode ser fatal para o sonhos do Ceilândia e, quem sabe, do futebol do Distrito Federal. O futebol local anseia por retomar um lugar ao sol no cenário do futebol nacional. Esse grupo tem essa missão.

Victor: tarefa descomunal diante do Fluminense-BA
Victor: tarefa descomunal diante do Fluminense-BA

Os comandados de Adelson de Almeida terão o desfalque de Baiano. O meia é peça importante na estrutura do futebol do Ceilândia. Victor Felipe tem um histórico de aparecer em momentos difíceis e deve ser a escolha de Adelson. Mas não será uma mudança simples. Adelson sabe disso.

Mario Henrique e Matheuzinho: Adelson teve que reinventar o lado esquerdo. Elivelto foi uma grata surpresa
Mario Henrique e Matheuzinho: Adelson teve que reinventar o lado esquerdo. Elivelto foi uma grata surpresa

Adelson não deve contar com Mário Henrique. Embora tenha melhorado, o lateral-esquerdo não deve ir a campo. Elivelto foi uma grata surpresa nos jogos contra a Aparecidense e será mantido. O Ceilândia perde em força de ataque, mas ganha em qualidade de passe.

Klécio tem sido um dos pontos de equilíbrio: torcida para cresça ainda mais
Klécio tem sido um dos pontos de equilíbrio: torcida para cresça ainda mais

No mais, é provável que Adelson não mexa no time. Ficam as esperanças  de que a defesa alvinegra, que tem se mostrado tão consistente, continue como está. Jogo de mata-mata se decide em 180 minutos, mas o Sete-MS sabe que essa verdade não é absoluta.

União pode fazer a diferença na busca por um lugar na Série C
União pode fazer a diferença na busca por um lugar na Série C

No mais, o Gato Preto tem um dos melhores ataques da competição. Diante de um adversário experiente, o Ceilândia sabe que um bom ataque pode fazer a diferença. Há, pois, motivo para sonhar… e assim viaja o Gato Preto para o confronto deste domingo.

Related Images:

Comentarios

Comentarios