O que esperar do Ceilândia em 2017

Bom público no Regional para ver a vitória do Ceilândia
Bom público no Regional para ver a vitória do Ceilândia sobre o Cruzeiro, na estreia de 2016

2016 está se encerrando. O ano que se encerra foi repleto de emoções. O Ceilândia fez boa campanha no campeonato  metropolitano, mas morreu na praia. 

O segundo semestre começou radiante na Série D. O Ceilândia montou uma bela equipe. Começou a competição exibindo um futebol moderno e se classificou como um dos melhores times da Série D. 

Rodrigo Raposo aponta o meio de campo: Ceilândia vice-campeão candango de 2016
Rodrigo Raposo aponta o meio de campo: frustração com Ceilândia vice-campeão candango de 2016

O roteiro encheu a torcida de esperança, mas mais uma vez o Ceilândia morreu na praia.  2016 deixa um gosto amargo.

Para 2017, o Ceilândia terá pela frente quatro competições. A Copa Verde começa em 29 de janeiro, quando o Ceilândia vai a Mato Grosso do Sul enfrentar o Sete de Dourados.  

Baiano comemora o seu primeiro gol com a camisa alvinegra
Baiano comemora o seu primeiro gol com a camisa alvinegra na estreia contra o Comercial-MS

No final de semana seguinte, o Ceilândia fará sua estreia  no Campeonato Metropolitano enfrentando o Real.

Quatro dias depois, dia 8 (ou 15 de fevereiro), o Ceilândia enfrentará o ABC, do Rio Grande do Norte, em jogo válido pela Copa do Brasil. Confronto único, de acordo com o novo regulamento. O ABC tem a vantagem do empate.

Festa tricolor no Regional: Ceilândia está fora
Com a melhor campanha da Série D, Ceilândia deixou a competição ao perder nos penaltis para o Fluminense de Feira-BA

A diretoria montou um elenco relativamente forte para 2017. De maneira geral, o anúncio do elenco foi uma boa surpresa, diante do quadro atual de crise. O time ainda se ressente de um líder em campo e de um matador.

Do time que disputou a Série D, permanecem Badhuga, Elivelton, Luan, Formiga, Matheuzinho, Filipe Cirne, Artur, Weverton, Dudu Lopes,Andre Nunes e Didão.

Nesta oportunidade, Didão chegou atrasado
As esperanças se renovam em 2017: Metropolitano, Copa Verde, Copa do Brasil e Série D

A comissão técnica foi basicamente mantida. O técnico será Adelson de Almeida.

Depois das frustrações de 2016, o ano que se avizinha renova as esperanças. O Ceilândia já vai para o quinto ano sem levantar uma taça e isso já incomoda.

Comentarios

Comentarios