Esqueça os demais jogos: em 2015 o Luziânia valeu-se muito mais que futebol

Muito mais que futebol

Em 2015 o Ceilândia foi apresentado a um autêntico jogo de mata-mata com muita catimba
Em 2015 o Ceilândia foi apresentado a um autêntico jogo de mata-mata com muita catimba

Embora o Luziânia nem de longe repita as boas atuações de 2016, quando se sagrou campeão Candango, o Ceilândia sabe que terá um duro adversário pela frente. 

Gato Preto sabe que não pode bobear porque jogo nenhum jogo de mata-mata é igual a outro e por vezes o adversário se vale de muito mais que apenas futebol. Um time experiente como o do Ceilândia sabe disso e sabe também que nem sempre a arbitragem está atenta.

Esqueça os demais jogos: em 2015 o Luziânia valeu-se muito mais que futebol
Esqueça os demais jogos: em 2015 o Luziânia valeu-se muito mais que futebol

Já na segunda-feira, os jogadores que não foram aproveitados diante do Paranoá, ou atuaram apenas parte do tempo, fizeram um jogo treino contra o Desportivo Universitário, da Unb. O jogo-treino serviu para dar rítmo aos atletas.

Adelson não tem problemas físicos em seu elenco, a não ser aqueles já conhecidos.  O treinador tem priorizados os treinos técnico-táticos, buscando a melhor formação para o jogo deste domingo. Um teste está marcado para sexta-feira, quando  avaliará o resultado dos treinos da semana.

O atacante Lucas está regularizado e à disposição do treinador. Outros reforços prometidos pela diretoria ainda não chegaram.

Comentarios

Comentarios