Ceilândia pagou por dois minutos de desatenção

Ceilândia perde na estreia da Copa Verde: 3 x 1

comemora: Ceilândia precisa vencer por dois gols de diferença
Corumbaense comemora: Ceilândia precisa vencer por dois gols de diferença. Imagem: Diário Corumbaense

O Ceilândia iniciou perdendo a sua campanha na Copa Verde 2018. Jogando neste domingo em Mato Grosso do Sul, o Gato Preto foi derrotado por 3 x 1, resultado que obriga vitória de no mínimo dois gols de diferença no jogo de volta e que será disputado na próxima quarta-feira. 

Os dois times fizeram um primeiro tempo equilibrado até os 40 minutos. O Ceilândia controlou o jogo e, conquanto não levasse perigo à meta adversária, também não era incomodado. Tudo mudou aos 41. Em raro ataque do time candango, Alcione apareceu livre na frente do goleiro Guilherme e fez 1 a 0 para os visitantes.

A desvantagem, porém, não demorou muito. Aos 44 minutos, em uma falta cobrada na área, o zagueiro Jaime, de cabeça, levantou a torcida com o empate. Dois minutos depois, Mutuca invadiu a área e foi derrubado por Batata. Pênalti que Willian cobrou sem chances para o goleiro Wendell: 2 a 1, placar do primeiro tempo.

Ceilândia pagou por dois minutos de desatenção
Ceilândia pagou por dois minutos de desatenção; Imagem de Diário Corumbaense

No segundo tempo o Corumbaense continuou melhor, obrigando Wendell a evitar que a diferença aumentasse, mas aos 25 minutos não conseguiu. Em um cruzamento da esquerda de Valdinei, o atacante Geraldo subiu e, de cabeça, balançou a rede adversária, fazendo 3 a 1 e garantido boa vantagem ao time pantaneiro para a partida da volta

Volta

Os dois times voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira (24), às 15h, no Estádio Abadião, a princípio com portoes fechados ao público Para avançar, o Corumbaense pode até ser derrotado por um gol de diferença. 

Na outra partida da fase preliminar da Copa Verde, o Interporto-TO venceu o Princesa do Solimões-AM por 3 a 2 no Estádio General Sampaio. A volta também acontece no dia 24, em Manacapuru e um empate garante a vaga ao time tocantinense. O classificado joga contra o Paysandu-PA na primeira fase.

Escalação

Corumbaense: 1 – Guilherme (goleiro); 2 – Robinho;  3 – Rodrigo (14 – Jaime; ); 4 – Augusto;  5 – Igor Pimentel;  6 – Valdinei; 7 – Guilherme; 8 – Mutuca; 9 – Geraldo “G9”; 10 – Aguinaldo (21 -Da Matta; ); 11 – William (20 – Elivelton; ). Técnico: Douglas Ricardo.

Ceilândia: 1 – Wendel (goleiro); 2 – Dudu Lopes;  3 – Elivelto; 4 – Caue;  6 – Cocada;  7 – Kasado; 8 – Emerson Martins; 9 – Batata (14 – Júlio Ferrair; ); 10 – Cariri (20 – Gustavo Gago.); 11 – Formiga; 15 -Alcione (17 – Adriano; ). Técnico: Adelson de Almeida.

O Ceilândia ainda contou com os seguintes reservas: 12 – Marcelo; 5 – Didão; 13 Fagner; 16 – Kabrine; 

Comentarios

Comentarios