Cauê teve muito trabalho com Nunes, que contou com a complacência da arbitragem

Ceilândia assume a liderança do Candangão 2018

O Capitão voltou! Didão foi mais uma vez importante
O Capitão voltou! Didão foi mais uma vez importante que outra assistência

O Ceilândia conseguiu importante vitória sobre o Brasiliense na tarde deste domingo e assumiu a liderança da fase de classificação do Candangão 2018, restando uma rodada para o término desta etapa.

Kabrine e Dudu tiveram muito trabalho: Desafio de se manterem constantes
Kabrine e Dudu tiveram muito trabalho: Desafio de se manterem constantes

Muito da vitória se deve à consistência defensiva mostrada pela equipe durante todo o jogo e, tão importante quanto, se deve ao fato de que o Gato Preto sempre indicou ao seu adversário que .

As duas torcidas fizeram uma grande festa, mas a Camisa 13 cantou o jogo inteiro
As duas torcidas fizeram uma grande festa, mas a Camisa 13 cantou o jogo inteiro

O jogo começou com o Brasiliense buscando a iniciativa das ações. O Ceilândia bem postado, conteve o seu adversário a partir da intermediária de defesa alvinegra. Dali o Brasiliense não passava. Como resultado, o Brasiliense apelava para as bolas longas dando muito trabalho à defensiva alvinegra, mas sem incomodar Wendel.

Gago bate firme para vencer Edmar: Ceilândia 1 x 0
Gago bate firme para vencer Edmar: Ceilândia 1 x 0

O Ceilândia foi aos poucos equilibrando-se no jogo e também aos poucos foi se acercando da área adversária. De modo diverso que o Brasiliense, o Ceilândia tinha espaço. O Ceilândia primeiro esteve próximo de marcar em jogada de Ronan. Emerson Martins passou por Badhuga, mas perdeu o controle da jogada.

O pequenino Ronan foi um gigante na tarde de hoje. Gol ainda não veio
O pequenino Ronan foi um gigante na tarde de hoje. Gol ainda não veio

14 minutos depois, aos 32, Didão fez grande assistência e Gago saiu cara a cara com Edmar e, dessa vez, não perdoou. Ceilândia 1 x 0. Um forte estímulo para um jogador do qual o Ceilândia depende e que, superando problemas particulares, decidiu o jogo de hoje.

Kasado vem subindo de produção. Hoje, atuação correta.
Kasado vem subindo de produção. Hoje, atuação correta.

O gol não mudou o panorama da partida. O Ceilândia não deu campo para o Brasiliense além daquele que permitia: até a sua intermediária de defesa. Manteve o adversário longe de sua área, impedindo que progredisse com jogadas organizadas de ataque. Sobrava  ao Brasiliense apelar para as bolas aéreas e, nisso, Cauê e Cocada levavam vantagem sobre o valente Nunes.

Cauê teve muito trabalho com Nunes, que contou com a complacência da arbitragem
Cauê teve muito trabalho com Nunes, que contou com a complacência da arbitragem

Veio o segundo tempo e o jogo foi mais equilibrado. O Ceilândia manteve uma consistência defensiva que sempre se desejou: impediu o adversário de sentir-se cômodo no ataque. Enquanto isso, o Gato Preto foi tendo seguidas oportunidades nos contra-ataques. Não aproveitou, mas soube manter-se à frente no marcador.

Na próxima quarta-feira, o Ceilândia enfrenta o Samambaia. Precisa vencer para terminar a fase de classificação em primeiro lugar. Cada jogo é um jogo. Que venha o próximo jogo!

 

Comentarios

Comentarios