Ronan dá números finais aos primeiros 90 minutos do confronto. Ainda restam 90

Nos primeiro noventa: Ceilândia 2 x 0. Faltam mais 90.

Vice-presidente do Ceilândia e Didão recebem o troféu de campeão da 1a fase do Candangão 2018
 Didão recebe o troféu de campeão da 1a fase do Candangão 2018

O Ceilândia conquistou importante resultado na disputa de quartas-de-finais ao passar pelo Formosa por 2 x 0. No jogo da tarde deste domingo, o Gato Preto enfrentou um adversário valente e que valorizou bastante a vitória alvinegra.

Kabrine foi muito exigido: correspondeu à altura do desafio
Kabrine foi muito exigido: correspondeu à altura do desafio

O Ceilândia tomou a iniciativa das ações nos primeiros minutos. O Gato Preto empurrou o Formosa para o seu campo de defesa e passou a rondar a área adversária. Apesar da superioridade, o Ceilândia foi incapaz de criar situações claras de gol. A iniciativa inverteu-se na segunda metadade do primeiro tempo e, tal qual o Ceilândia, o Formosa não criou situações claras de gol.

Kasado terminou com a faixa de capitão
Kasado terminou com a faixa de capitão

Apesar da igualdade  na iniciativa, havia uma diferença entre as duas equipes: o Ceilândia tinha um jogo mais estruturado e as suas ações ofensivas eram melhor apoiadas que as de seu adversário.

Didão sobe para fazer Ceilândia 1 x 0
Didão sobe para fazer Ceilândia 1 x 0

Veio o segundo tempo e tudo mudou rapidamente. Logo aos dois minutos, Didão abriu o placar para o  Ceilândia.  Em desvantagem, o Formosa tentou empurrar o Gato Preto para seu campo de defesa. O Ceilândia soube conter o ímpeto de seu adversário e, com mais espaços, ofertou jogadas de perigo com mais regularidade.

Alegria do Capitão contrasta com a preocupação: Didão saiu aos 21
Alegria do Capitão contrasta com a preocupação: Didão saiu aos 21

Houve poucos minutos em que o Ceilândia perdeu um pouco da sua estrutura de jogo. Isso se deu entre o 15º e o 23º minuto. Didão saiu aos 21 para a entrada de Adriano e chegou-se a temer pelo pior. Não foi isso que aconteceu. O Gato Preto recuperou a consistência defensiva e passou a controlar o jogo chegando com perigo à área adversária.

Sem atacantes no banco, Adelson testou Julio Ferrari no ataque
Sem atacantes no banco, Adelson testou Julio Ferrari no ataque

Faltava, contudo, o segundo gol. Ele veio aos 34 em jogada de puro oportunismo de Ronan.  Com 2 x 0 no marcador, o Gato Preto administrou o resultado. O Formosa também evitou se expor e manteve as chances de classificação vivas. Na quinta-feira os times voltam a se enfrentar.

Ronan dá números finais aos primeiros 90 minutos do confronto. Ainda restam 90
Ronan dá números finais aos primeiros 90 minutos do confronto. Ainda restam 90

Em meio ao bom resultado, uma preocupação. Didão saiu aos 21 e preocupa. O time conseguiu portar-se bem sem o seu Capitão, mas é sempre melhor ter o talento de Didão à disposição.

Comentarios

Comentarios