Gago voltou a fazer boa partida, mas ainda pode render muito mais tática e tecnicamene

Gato Preto já se prepara para os 90 minutos restantes

Didão saiu na metade do segundo tempo. Preocupa
Didão saiu na metade do segundo tempo. Preocupa

Os Ceilãndia volta aos trabalhos na Cidade do Gato com vistas aos 90 minutos restantes das quartas-de-final do Candangão 2018 contra o Formosa. Sem muito tempo para treinar e com menos tempo ainda para descansar, o jogo na quinta-feira dá ao Ceilândia uma rara oportunidade de conjugar essas duas necessidades.

Gago voltou a fazer boa partida, mas ainda pode render muito mais tática e tecnicamene
Gago voltou a fazer boa partida, mas ainda pode render muito mais tática e tecnicamene

Na Cidade do Gato o clima é de seriedade. O Ceilândia sabe que ainda não garantiu a classificação e que o adversário pode reverter essa desvantagem inicial.  Para evitar que isso ocorra, há o consenso que o alvinegro precisa manter uma trajetória ascendente na competição.

O Formosa tem boas peças e vai exigir muito do Ceilândia
O Formosa tem boas peças e vai exigir muito do Ceilândia

Em meio a tudo isso, o Ceilândia corre em busca de reforços. A data limite é amanhã. Depois de perder Batata e Vavá, o Ceilândia corre em busca de atacantes. O tempo é curto. O problema ficou ainda maior porque Wallace Jesus lesionou o adutor e vem desfalcando o time.

Gato leva boa vantagem para a partida de volta
Lucas estava integrado ao profissional, agora está regularizado

Ontem,  o Ceilândia inscreveu dois juniores: Lucas(19 anos)  e Vitor Hugo (21). mas ainda precisa de mais reforços para esta reta final. A área mais crítica, obviamente, é o ataque.

Outra preocupação é Didão. O Capitão deixou o jogo ainda na metade do segundo tempo e é dúvida para o jogo deste meio de semana. Se não jogar,  o motorzinho e cérebro da equipe, Emerson, deve ser recuado para fazer a função do Capitão.

 

Comentarios

Comentarios