Daniel Guerreiro fez o primeiro e o terceiro gols do Ceilândia

Gato Preto vence antes da estréia no Brasileiro D-2018

Gilmar Baiano é uma das novidades do Ceí na D-2018: muda a maneira do Gato Preto jogar
Gilmar Baiano é uma das novidades do Ceí na D-2018: muda a maneira do Gato Preto jogar

O Ceilândia apresentou à sua torcida o elenco que disputará o Campeonato Brasileiro da Série D 2018. Em jogo-treino disputado na tarde deste sábado, no Regional de Ceilândia, o Gato Preto venceu o Pirapora FC, time da  cidade homônima mineira e que trabalha para  disputar o módulo II do Campeonato Mineiro.

Sistema defensivo, com Cocada (imagem) e Cauê, permanece inalterado.
Sistema defensivo, com Cocada (imagem) e Cauê, permanece inalterado.

A torcida alvinegra que foi ao  Abadião na tarde deste sábado viu um time alvinegro quase que completamente mudado do meio para o ataque. O quase unipresente Emerson Martins não se fazia presente. Daniel, Gilmar Baiano e Willian eram novidades. Três jogadores e um Ceilândia completamente diferente em sua maneira de jogar.

Wendel teve pouco trabalho
Wendel teve pouco trabalho

O Ceilândia não começou bem. Demorou um pouco para conter o entusiasmo do Pirapora e para superar os próprios erros. Erros que quase permitiram ao adversário sair à frente no marcador. Aos poucos, contudo, o Ceilândia foi assumindo as rédeas do jogo.

Adelson manteve a estrutura defensiva do Ceilândia. Kasado conquistou a confiança do treinador
Adelson manteve a estrutura defensiva do Ceilândia. Kasado conquistou a confiança do treinador

Ao assumir o controle do jogo, o Ceilândia chegou aos gols. Os gols vieram em 15 minutos. Aos 14, Daniel fez de cabeça. Aos 18, Kabrine cobrou penalti e fez 2 x 0. Aos 30, o mesmo Daniel fez 3×0. E parou por aí.

Daniel Guerreiro fez o primeiro e o terceiro gols do Ceilândia
Daniel Guerreiro fez o primeiro e o terceiro gols do Ceilândia

Seria muito esperar que o Ceilândia apresentasse um time pronto e acabado. O que se viu é que o time teve um ganho com as novas contratações e que vieram para somar. Também se viu que ainda há muito caminho pela frente. Sábado, 16h, estréia na Série D e o Gato Preto já começa precisando vencer porque a tabela não lhe será favorável.

 

 

Comentarios

Comentarios