Ceilândia e Trindade fizeram um jogo muito disputado

Juniores: Ceilândia empata com Trindade-GO

Jogo muito disputado. O primeiro tempo mostrou muitas jogadas ríspidas
Jogo muito disputado. O primeiro tempo mostrou muitas jogadas ríspidas

Os juniores do Ceilândia participaram na tarde desta sexta-feira de mais um amistoso na sua preparação para a Copa São Paulo 2019. Jogando na Cidade do Gato o Ceilândia empatou em 1 x 1 com o Trindade-GO, clube que também se prepara para a mesma competição.

Abdio lutou bastante e foi premiado com um gol.
Abdio lutou bastante e foi premiado com um gol.

Foi um jogo muito disputado e o equilíbrio mostrou-se ao longo de toda a partida. No primeiro tempo, o jogo foi muito truncado, com jogadas ríspidas de lado a lado. O Trindade se não ofereceu perigo à meta alvinegra, ao menos manteve o jogo no campo de defesa do Ceilândia.

O Gato Preto, a seu turno, tinha enorme dificuldade de realizar a transição da defesa para o ataque. A transição era lenta e permitia ao Trindade realizar uma marcação alta que incomodou o alvinegro. As laterais pouco foram efetivas  e as tentativas de chegar ao ataque resumiam-se a ligações diretas.

Ceilândia e Trindade fizeram um jogo muito disputado
Ceilândia e Trindade fizeram um jogo muito disputado

Veio o segundo tempo e esperava-se que o Ceilândia melhorasse. Os primeiros movimentos pareciam indicar que isso de fato ocorreria. O Gato Preto conseguia enfim completar uma transição com a bola no pé e envolvendo o seu adversário, mas a expectativa durou pouco.

Aos quatro minutos, contra-ataque do Trindade pegou a defesa do Ceilândia desarrumada e Filipe bateu para fazer Trindade 1 x 0. Com a desvantagem no marcador, o Ceilândia foi ao ataque. Sobrava disposição, mas ainda faltava um algo a mais para o Ceilândia.

Trindade teve mais posse de bola no primeiro e no final do segundo tempo
Trindade teve mais posse de bola no primeiro e no final do segundo tempo.

O jogo continuava amarrado. O Trindade passava pelo que o Ceilândia passara no primeiro tempo, mas igualmente o Ceilândia não criava situações claras de gol.

Com o jogo tão amarrado, o gol do empate viria num lance fortuito. Aos 32, Abdio lutou por uma bola perdida e na desatenção da defesa do Trindade fez o gol do empate: 1 x 1.

Filipe abre o placar para o Trindade justamente no melhor momento do Ceilândia
Filipe abre o placar para o Trindade justamente no melhor momento do Ceilândia

Depois do gol, o Trindade voltou para o jogo e passou a dominar as ações. O Ceilândia já não marcava tão bem como fizera durante 80 minutos.  Nos dez minutos finais o Trindade teve ao menos duas boas situações para fazer o segundo, mas no final a defesa do Ceilândia acabou levando a vantagem.

Ao final o empate mostrou que o Ceilândia possui virtudes,  que está no caminho certo, mas também que ainda precisa melhorar em vários aspectos, principalmente nas saídas pelas laterais e, de uma maneira geral, na transição da defesa para o ataque.  Falta um mês e há tempo para evoluir.

Comentarios

Comentarios