DF2020: Ceilândia faz primeiro coletivo

O time de colete azul era o titular. Aos poucos conheceremos os jogadores

O Ceilândia realizou na tarde desta sexta-feira o primeiro treino coletivo na sua preparação para a estreia no Candangão 2020.

Treino muito disputado

De maneira geral a análise é positiva. Os jogadores ainda estão com as pernas pesadas e isso é muito natural. O risco de lesões é elevado. Ao menos dois jogadores queixaram-se de incômodos na musculatura.

O treino agradou quem viu, mas obviamente o time ainda está longe do ideal

De todas as coisas vistas o que mais agradou foi a intensidade do treinamento. Algo positivamente muito diferente dos treinamentos de 2019. O técnico Marcelo Conte exigiu bastante de seus comandados e os atletas corresponderam.

O time reserva deu trabalho para o time principal.

As análises técnicas são as mais importantes. Alguns jogadores  vieram bem recomendados, casos do atacante Maycon e do meia Lucas, mas foi possível ver que o time tecnicamente é bom. Falta muita coisa ainda, claro, nos aspectos físico e tático. O time tem menos de uma semana de treinamento. 

Lucas foi muito elogiado na armação do time titular.

Apesar do pouco tempo de treinamento o que mais impressionou foi a disposição dos atletas. Com a disposição demonstrada e a qualidade técnica que foi possível antever é possível acreditar em boa campanha no Candangão 2020. Foi possível até mesmo ver alguma estrutura de jogo, pouco, é verdade, mas o suficiente para ter uma ideia dos planos de Marcelo Conte.

Maycon, de azul no centro: 25 anos e muito elogiado. Treinou pouco e saiu lesionado

Amanhã, domingo, pela manhã, o Ceilândia volta novamente a treinar com bola. O time deve continuar mesclando a preparação física com as preparações técnico-tática durante a semana até a estreia contra o Unaí.

 

Comentarios

Comentarios