Enigma alvinegro

Rodriguinho comemora em Unaí: para ganhar confiança
Rodriguinho comemora em Unaí: Ceilândia costuma jogar bem na cidade mineira

O peso da estréia é sempre importante.  O jogo em si mesmo é mais importante para o Ceilândia que para o seu adversário pelo simples fato de que na sequência de jogos do alvinegro este será o único jogo em que enfrentará um time com o mesmo nível de experiência na primeira metade do campeonato.

Ceilândia conseguiu registrar a maior parte dos atletas

Em circunstâncias como estas há que se procurar algo positivo. E de positivo há o fato que tradicionalmente o Ceilândia joga bem em Unaí-MG.
O começo do jogo será complicado. Há sempre o peso da estreia. Tanto Ceilândia quanto Unaí possuem times jovens com o time mineiro tendo uma média de idade ainda mais baixa que o alvinegro.

… mas Sandro Junio é desfalque para a estreia

O Ceilândia vem trabalhando em todos os aspectos. O técnico Marcelo Conte tem procurado dar ao time a consistência e a intensidade necessárias a um bom campeonato. O time-base deve ser o que jogou semana passada. Outros atletas chegaram esta semana e já foram registrados. Devem ficar à disposição. 

Para essa partida o técnico Marcelo Conte não deve contar com ao menos um jogador importante nos primeiros dias de treinamento. O nome mais sentido é o de Sandro Junio que fez bons treinamentos nesse período, mas não foi registrado a tempo.  Marcelo Conte tem opções no elenco.

Lucas faz parte da espinha dorsal montada pelo técnico Marcelo Conte

Fora de campo há sempre a preocupação com o trabalho como um todo. Tudo é muito novo. O Unaí padece do mesmo problema. Será um jogo no qual a experiência desempenhará um papel importante para controlar os nervos nos minutos iniciais, controlar o adversário e manter o nível de jogo nos 90 minutos mais acréscimos. 

O Ceilândia tem bons nomes e uma boa estrutura. Agora chegou a hora de saber o quanto isso vai ser colocado em campo.

Comentarios

Comentarios