Começa a reta final do Candangão 2020.

Em 2019, o Formosa derrotou o Ceilândia em pleno Abadião: 1×0

Nesta semana, o  Ceilândia enfrentará Formosa e Taguatinga. Os dois adversários devem terminar na quarta e na quinta colocações da fase de classificação e devem se enfrentar nas quartas-de-final do Candangão 2020. Depois do péssimo começo, o Ceilândia não tem muita escolha: precisa vencer e chegar na melhor colocação possível.

Daniel tem sido peça importante

O jogo se insere no contexto de aumento das tensões da competição. Os times já se conhecem bastante e cada time, cada jogador precisa se reinventar a cada partida. Não basta consolidar aspectos positivos. É preciso melhorar em todos os aspectos. É um desafio e tanto.

Para a partida de amanhã, 15h30, no Abadião, diante do Formosa, o técnico Gauchinho deve lançar a mesma equipe do jogo contra o Sobradinho. João Afonso ainda se recupera de lesão. Os novos contratados ainda precisam de mais rítmo. Os suplentes costumam decidir campeonatos.

Evandro, Vini e Piá: defesa, meio e ataque precisam ser eficientes contra o Formosa

O Formosa conta 16 pontos. Foi derrotado apenas uma vez nos últimos 7 jogos. Possui uma característica de jogo que tem trazido problemas ao Ceilândia. Além disso tem bons alguns bons valores individuais.

O adversário tem sofrido com as bolas longas,  fruto talvez do estilo de marcação adotado. O Certo é que o Formosa é um bom time e será um desafio interessante para o Gato Preto.

Gauchinho: Ceilândia tem um novo campeonato pela frente

O Ceilândia de Gauchinho vem de bons resultados, mas tem tido dificuldades contra times que conseguem uma boa transição da defesa para o ataque como o Formosa. Tem evoluído,  como tem de ser. A previsão é de um jogo equilibrado, mas o Ceilândia joga em casa e tem a obrigação do resultado. 

O jogo começa às 15h30, no Abadião.

Comentarios

Comentarios