Ceilândia vence e sai na frente

20070121giovani.gifNum domingo triste, sem as narrações de Marcelo Ramos, o Narrador do Povão, o Ceilândia venceu o Luziânia por 2 x 1, em Luziânia.O jogo em si, foi parelho. O Ceilândia não foi brilhante, mas com poucos minutos já se pressentia que, com número iguais de oportunidades, o CEC venceria o jogo. Foi isto que aconteceu.

O Luziânia começou com maior domínio, mas não tinha a mesma consistência do ano passado. Já o Ceilândia, sempre comandado por Gil Baiano, mostrava que era um time mais organizado. O gol, contudo, foi fruto de uma cobrança de falta de Gino. Três minutos depois, aos 24, o Luziânia empatou com Serjão.

Apesar dos dois gols, os goleiros não eram exigidos. Os jogadores sofriam com o calor. Com jogadores melhores tecnicamente, o Ceilândia assumiu o controle da partida e poderia ter feito o segundo, aos 34, com Giovani, mas o atacante perdeu cara-a-cara com o goleiro.

O ritmo do jogo continuou igual no segundo tempo. O Ceilândia tocava bem a bola, mas não chegou a criar situações claras de gol. Aos 16, após jogada brilhante de Bruno, Giovani não desperdiçou e colocou o Gato na frente: 2 x 1.

Após o gol, o Luziânia esboçou uma reação e até poderia ter empatado, mas desperdiçou duas boas oportunidades. Ficou a confirmação de que, num jogo com o mesmo número de oportunidades, a categoria dos jogadores do Gato faria diferença.

O Ceilândia jogou com Donizeti, Bruno, Gino, Fernando, Luiz Henrique e Bobby (Da Costa); Leandro Leite, Didão (Evandro), Gil Baiano; Joãozinho (Abimael)e Giovani.

Comentarios

Comentarios