É possível!!! Ceilândia surpreende e vence Brasiliense

Dimba mergulha para fazer o segundo
Dimba mergulha para fazer o segundo

O Ceilândia venceu a primeira batalha por 3 x 1. Foi um resultado épico e que pode deixar os guerreiros com um lugar cativo na história. Não é todo dia que se chega a uma final contra um gigante, hexacampeão do Distrito Federal. Não é todo dia qu se consegue um resultado, humilde é verdade, que lhe permita chegar a última partida com reais chances de ser campeão. Sonhar não custa nada, mas os sonhos somente se conquistam com trabalho, suor e lágrimas.

Foi um jogo atípico, como é todo jogo de decisão. Os primeiros movimentos demonstravam que o Brasiliense iria impor o seu volume de jogo. A sorte desta vez estava do lado do Ceilândia num dia em que tudo parecia que daria errado. Logo aos seis minutos, o lateral Edinho do Brasiliense errou a saída de bola. Allan Delon, que prometera ser decisivo, roubou a bola, saiu cara a cara com o goleiro Guto e abriu o marcador para a festa da torcida do Gato.

Após o gol o Brasiliense assumiu o comando da partida. Apesar do domínio, o time amarelo não foi capaz de criar situações claras de gol. Na verdade o árbitro Rodrigo Raposo apitava todas as jogadas em que o jogador do Brasiliense desistia da jogada e chamava a falta. Esse tipo de jogo facilitava para a defesa do Ceilândia porque a bola não corria. Aos 40, o Ceilândia mostrou como se faz. Allan Delon cobrou falta na lateral esquerda e Dimba, de nuca, ampliou para o Gato: 2 x 0.

Até aquele momento o Ceilândia desperdiçara as melhores chances de gol. O placar poderia ser maior. Aí veio a lição de sempre: não se deve cutucar os gigantes com vara curta. O Brasiliense diminuiu com Thiaguinho.

Veio o segundo tempo e o panorama da partida foi o mesmo. O Brasiliense tinha o domínio da bola e o Ceilândia contra-atacava com perigo. Foi tudo tão igual que Allan Delon, aos 6, fez o terceiro gol do Gato em lance muito parecido com o primeiro: saiu cara a cara com o goleiro e tocou no canto: Ceilândia 3 x 1.

Allan Delon e Dimba comemoram o terceiro gol
Allan Delon e Dimba comemoram o terceiro gol

O que se viu até o final do jogo foi o Brasiliense insistindo nas mesmas jogadas de sempre e a defesa do Ceilândia ganhando todas pelo alto. O Ceilândia poderia ter ampliado, mas o Brasiliense também desperdiçou oportunidades para diminuir.

No final das contas ficou a sensação de que o Ceilândia poderia ter matado o campeonato hoje. Ninguém esperava por isso. O resultado é que o Ceilândia reverteu a vantagem, mas engana-se quem acreditar que o Brasiliense fará duas partidas seguidas como a de hoje. Em suma: os alvinegros estão contentes, mas sabem que o gigante pode se reerguer a qualquer hora.

Não importa. Há que se manter os pés no chão e o sonho vivo.

FICHA TÃ?CNICA:
CEILÃ?NDIA 3 X 1 BRASILIENSE
Local: Estádio Abadião, Ceilândia (DF)Data/Hora: 24/4/10 à s 16h (Horário de Brasília)Árbitro: Rodrigo Raposo (DF)Renda/Público: R$ 18,335.00 – 2.046 pagantes.
Cartões amarelos: Diogo, Liel, Allan Delon, Dimba (CEI); Thiaguinho e Iranildo (BSE)Cartões vermelhos: Não Houve.Gols: Allan Delon, aos 6’/1°T(1-0); Dimba, aos 40’/1°T(2-0); Thiaguinho, aos 42’/1°T(2-1); Allan Delon, aos 6’/2°T(3-1);
CEILÃ?NDIA: Edinho; Edimar, Celso e Badhuiga; Diogo, Vieria, Liel (Fabinho), Allan Delon e Augusto; Cafu (William Carioca) e Dimba. Técnico: Adelson de Almeida.
BRASILIENSE: Guto; Cicinho, Juliano, Dezinho e Edinho (Marcinho); Juninho, Pedro Ayub, Thiaguinho e Iranildo; Bebeto (Aloísio Chulapa) e Vanderlei. Técnico: Roberto Fernandes.

Comentarios

Comentarios

13 comments

  1. Ola galera da Ceilândia, eu moro aqui na Asa Norte, mas sou torcedor do GATO.
    Parabéns Ceilândia, pela a vitória em cima dos pamonhas amarelas e eles ficaram todo amarelão.
    Este e o tal do “DRAGA” que o Repórter Wagner Terra se referiu no começo do Candangão vai ter que ENGOLIR.
    Avante Ceilândia. rumo ao Título Brasiliense.

    MSN: washington-sgt@hotmail.com

  2. QUE JOGAÃ?O HEIN…
    VALEU EDINHO, ALAN DELON, DIMBA E TODA TURMA DO ADELSON; VCS HONRARAM NOSSA CIDADE E CALARAM O TODO PODEROSO. COMO DIRIA O NOSSO NOBRE ZAGALLO: “FALTA UM, VAO TER QUE NOS ENGOLIR”
    PRAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA CIMA DELES

  3. O Ceilândia jogou com inteligência e aplicação tática. Só pecaram porque tiverm umas três oportunidades claras de gol e não ampliaram a vantagem, mas no próximo sábado a Ceilândia vai em peso assistir ao jogo e torcer para o título. O árbitro, apesar de não ter influenciado no resultado, deixou de dar cartões amarelos para os jogadores do Brasiliense e não economizou contra o Ceilândia. CEILÃ?NDIA MERECE MAIS DO QUE NUNCA ESSE TÍTULO.
    O GATO VAI DRIBLAR O JACARÃ?.

  4. Parabéns para todos do time por mais essa vitória, continuem assim que o campeonato será nosso.
    Valeu, primo! Estamos torcendo muito por você.
    Abraços para todos vocês, CAMPEÃ?ES!

  5. Parabéns ao Ceilandia por esse grande trabalho! Gostaria de frisar minha felicidade com todos deste elenco e tambem destacar o Rodrigo que tem sido a arma secreta do treinador!
    Parabens, força!!!!!!!!!!!

  6. …” o dinheiro não ganha jogo”, dentro de campo são 11 contra 11, e nessa hora a raça e disposição do Ceilândia deixa o Brasiliense no chinelo, agora é jogar da mesma maneira sábado pra ser campeão, Ceilândia merece essa alegria !!!

  7. óla meu querido time.vocês estão de parabéns
    lindo trabalho em cima do brasiliense…vamos acabar
    com esse mando de campo…
    vamos com tudo sábado estarei lá com vocês
    beijos da musa do ceilândia
    tatiane de freitas

Join the Conversation