De Dão a Panda: 30 anos de história

Dão: zagueiro do Ceilândia em 1979
Dão: zagueiro do Ceilândia em 1979

Dão tem o seu lugar na história do Ceilândia. O time de 2010 também corre por um lugar. Dão era um zagueiro de estilo vigoroso. Alto para os padrões da época, cabelo no estilo black power, impunha respeito no time semi-profissional do final da década de 70. Na época, depois de um dia de trabalho é que os jogadores treinavam para os jogos do campeonato. Disputou poucos jogos com a camisa do Ceilândia, tendo permanecido mais tempo na condição de amador, circunstância em que até hoje é lembrado pelos remanescentes daquela época.

Panda está no Ceilândia desde 2008. Nesse período foram 28 jogos, com três gols marcados, duas expulsões e onze cartões amarelos. Foi muito importante principalmente em 2009, quando organizou a defesa do Ceilândia e impediu o rebaixamento.

Nesse campeonato tem sido importante principalmente nas bolas por baixo. Pelo alto tem feito os seus golzinhos.

Panda será julgado nesta terça, 27 de abril, pela expulsão diante da Ceilandense.

Comentarios

Comentarios

Start a Conversation