Depois da viagem, não houve jogo

Veio, viu e voltou

Depois da viagem, não houve jogo
Depois da viagem, não houve jogo

Parece que houve uma falha na comunicação. O Ceilândia foi preparado para um jogo; a Aparecidense estava preparada para um treino. Tudo parecia reduzir-se a semântica.  Não houve acordo.

Para o Ceilândia está mais que na hora de jogar. Não há mais espaço para jogo-treino ou de treino-jogo. O time precisaria de ao menos três jogos amistosos para adquirir ritmo.  A Aparecidense está num estágio a menos na preparação. Com o desencontro desta quinta, o Ceilândia perdeu um dia de treino e ganhou um atraso na sua preparação.

Para os torcedores da Aparecidense o comportamento do Ceilândia foi arrogante.  Pode até ser que a conduta tenha revelado a exigência de um respeito que seria devido.  Qualquer conclusão não afasta uma coisa: alguém não se fez entender na negociação do amistoso.

Comentarios

Comentarios

3 comments

  1. Sou presidente da Aparecidense e disse ao representante do Ceilandia que não havia problema algum, pois minha equipe estaria em campo no horário marcado para o jogo com o uniforme de jogo, mas a alegação dele foi a de que o técnico havia deixado a decisão para os jogadores e que eles haviam “perdido o clima” para o jogo. Pedi a ele para falar pessoalmente com o técnico e ele se recusou a descer do ônibus, pedi o número do telefone do presidente do clube mas ele me disse q quem decidia era o técnico. Fiquei sem opçoes e desejei a eles boa viagem. Um acontecimento lastimável e uma atitude imcompreensível do técnico, pois com certeza seria um bom jogo e um ótimo teste para as duas equipes. Desejo q o Ceilandia tenha sucesso em 2011, mas com atitudes como essa do técnico, sei não…Ah, eles disseram q o time tem estrelas como Dimba e Alan Delon, mas nós tb temos Alex Dias, Marabá (campeão brasileiro), Fabinho (jogou no Santos de Wanderley Luxemburgo) e outros.

  2. Acho que passou da hora do Rodrigo Melo ser titualar, ao lado do Dimba nesse time do Ceilandia.

    Toda vez que chega um atacante novo esse se torna titular. Professor Adelson, voce precisa valorizar mais outros jogadores do elenco.

    Daí quando a batata assa, coloca esses jogadores em campo a espera de um milagre, e quando o milagre acontece acha que foi o dedo do treinador e não foi.

    Vamos Ceilandia, vamos buscar o Bi !!!

    Torcedor do Gato

Join the Conversation