CEC 3 x 3 Brasiliense: Ceilândia deixa a vitória escapar

O Ceilândia viu as remotas chances de ser campeão desaparecerem neste sábado, no Abadião, ao empatar em 3 x 3 com o Brasiliense.
20070407cec3x3brasiliense2.jpg
Foi um jogo movimentado com as equipes se alternaram no domínio do jogo.

O CEC saiu na frente logo aos 2 minutos: Bruno invadiu a área, pela direita, e cruzou rasteiro para Renaldo abrir o marcador; CEC 1 x 0.

O empate do Brasiliense veio aos 15, com Warley aproveitando o que o seu time tem de melhor: as jogadas de triangulação na entrada da área. O chute saiu fraco, mas Donizeti não conseguiu defender.

O mesmo Warley desempatou a partida aos 30, após driblar Carlos Eduardo e chutar sem defesa para Donizeti.

O Ceilândia não se intimidou e empatou com Bruno, aos 36. O lateral chutou de esquerda e a bola entrou no ângulo.

Veio o segundo tempo e o CEC voltou melhor. Dominou as açóes até os 22, quando Didão aproveitou jogada de Luiz Fernando e Berg para bater no ângula esquerdo de Guto: CEC 3 x 2.

O Ceilândia recuou e o Brasiliense passou a assediar a meta alvinegra. O CEC defendia-se bem e não permitia ao Brasiliense a ocorrência de chances claras de gol.

Quando o Brasiliense parecia não ter mais força para chegar ao empate veio o castigo. A bola foi cruzada na área do Ceilândia e Donizeti saiu mal. Deixou a pequena área para interceptar o cruzamento e não conseguiu com as mãos aquilo que Pedro Paulo fez de cabeça: tocar na bola. No rebote Warley, aos 47 minutos e 30 segundos, empatou o jogo.

Comentarios

Comentarios