CFZ 4 x 2 CEC - motivo para sorrir

Ficou Barato!

Jonhes ganha na força de Rodrigo Melo: jogo atípico
Jonhes ganha na força de Rodrigo Melo: jogo atípico

O Ceilândia teve um choque de realidade nessa quarta-feira. O futebol tem disso. Horas depois da dolorida derrota diante do até então último colocado do campeonato do Distrito Federal, o Ceilândia voltava a sorrir, mas não foi por seus méritos.  O motivo: a combinação de resultados da rodada amenizou o prejuízo.

A ressaca da derrota obrigou o Ceilândia a secar os adversários. Como todos eles empataram, o prejuízo foi de apenas um ponto. O Brasiliense empatou em Formosa em 0 x 0,  no Guará o Botafogo empatou com o Gama em 2×2, e em Ceilândia a Ceilandense empatou em 11 com o Brasília.

Com isso o CEC se mantém na segunda colocação, um ponto atrás do Brasiliense, mas sem a gordurinha que esperava ter para a reta final da fase de classificação. Nem o campeonato é mais o mesmo, nem o Ceilândia é mais o mesmo. O campeonato começou.

Comentarios

Comentarios

Start a Conversation