Junior e Rogério: todos estão sofrendo

Começar de novo!

Fé: A torcida acredita na reação
Fé: A torcida acredita na reação

O Ceilândia fez um check list e descobriu que do ponto de vista formal tudo está certo: os salários estão  rigorosamente em dia; o técnico é um dos melhores da cidade; o preparador físico é uma pessoa disputada; o preparador de goleiro é competentíssimo; o mordomo e a equipe de apoio são pessoas e profissionais exemplares. Ainda sob o ponto de vista formal o Ceilândia tem um elenco que sob qualquer aspecto está entre 5 melhores de todo o Centro-Oeste.

A análise foi mais adiante e revelou que há uma razão para o time estar tão mal: todos estão muito pressionados: diretoria, comissão técnica, equipe de apoio e jogadores. Todos estão sentindo o peso de ser campeão do Distrito Federal, porque isso mudou a vida de todos e do Ceilândia. Há muita pressão e essa pressão mudou o comportamento da equipe como um todo. Todos têm medo de errar. O jogador tem medo de errar, o técnico tem medo de errar, os diretores tem medo de errar. Com isso, todos atuam de forma previsível para os adversários

Diante do quatro, ouviu-se diretores, membros da equipe de apoio, membros da comissão técnica e alguns jogadores e se descobriu que o bicho não é tão feio assim. O Ceilândia e sua enorme capacidade ainda estão latentes, vivos no coração de cada um. Descobriu-se que há valores mais importantes que vencer a qualquer custo até porque, a qualquer custo, a vitória não vem. Então o que teremos pela frente é um novo Ceilândia que privilegiará o que mais de importante possui: os homens de sua equipe.

Esse novo Ceilândia começa a ser montado a partir desta sexta-feira. É possível que uma ou outra pessoa deixe a equipe, mas de acordo com a diretoria essa responsabilidade será dessa pessoa. A princípio todos entraram juntos nesse momento e todos devem sair juntos.

Related Images:

Comentarios

Comentarios

Start a Conversation