CEC não deslancha: Brasiliense 2 x 1

20080131cec1x2brasiliense.jpgO Ceilândia pagou o preço de um primeiro tempo extremamente confuso e perdeu para o Brasiliense por 2 x 1.Na verdade o Brasiliense não fez força para vencer: o Ceilândia se encarregou de entregar o jogo.

O primeiro gol do Brasiliense surgiu de uma jogada de contra-ataque que culminou na falta bem cobrada por Rodriguinho logo aos 6 do primeiro tempo. O segundo gol foi feito por Jobson aos 31.

Em comum o fato de que havia um enorme espaço entre o meia de armação, Paulista, e a defesa. Em comum o fato de que nas duas situações, e em outras que se repetiram, os laterais ou um dos volantes, tentou carregar a bola, perdeu e abriu um enorme espaço entre os setores da equipe.

Além disso o Ceilândia voltou a repetir defeitos antigos: a transição é muito lenta, o time não alterna jogadas entre os lados do campo, os jogadores não se movimentam de modo a permitir o recomeço das jogadas. Resultado: com o adversário postado, a bola bate no muro e volta em velocidade.

No segundo tempo o time mudou a postura: Luiz Fernando e Bobby entraram nos lugares de Luis Paulo e Fábio. Iron foi para a lateral direita, Bobby para a esquerda e Luiz Fernando passou a se aproximar de Paulista. O time melhorou a ponto do primeiro chute a gol do Brasiliense ter sido efetuado apenas aos 34 do segundo tempo.

O gol do Ceilândia demorou a chegar. Veio apenas aos 45, com Paulista, de falta. Andrei não jogou, machucado. O time sentiu falta de sua liderança.

Brasiliense 2 x 1 Ceilândia
Local: Elmo Serejo
Árbitro: José Caldas
Renda: R$ 5.818
Público: 1.686 pagantes

CEILÃ?NDIA: Sérgio Vittori; Luiz Paulo (Luiz Fernando), Adriano, Panda e Fábio (Bobby); Bruno Ramos, Carlos Lima, Iron e Paulista; Cassius e Rodrigo Félix (Diego)
Técnico: Ã?verton Goiano

BRASILIENSE: Guto, Patrick, Júnior Baiano (Padovani), Rancharia e Eduardo; Agenor, Juninho, Rodriguinho (Coquinho) e Iranildo; Jóbson (Adrianinho) e Dimba
Técnico: Gerson Andriotti

Gols: Rodriguinho, aos seis, e Jóbson, aos 31 minutos do primeiro tempo; Paulista, aos 45 minutos do segundo tempo
Cartões amarelos: Iranildo, Agenor, Adrianinho, Luiz Paulo, Panda e Carlos Lima

Comentarios

Comentarios