Ceilândia vai no improviso

A atuação dos laterais tem sido questionada. Na falta de suplentes a altura, o técnico Ricardo Oliveira vai improvisar. No lugar dos laterais Luiz Paulo e Fábio entram os meias Thompson e Diego.
A sensação é a de que o problema não se resolve com a pura e simples mudança de laterais: o maior problema do time tem sido na transição defesa-ataque. Como essa transição é lenta, os meias recebem a bola de costas para o gol adversário e os laterais já marcados.
De qualquer forma a esperança é que as alterações levem a uma mudança de atitude da equipe.

Comentarios

Comentarios