Infantil ficou em situação difícil. Foto de arquivo: CEC x CETAF

Juvenil abre a segunda fase com vitória. Infantil perde.

Infantil ficou em situação difícil. Foto de arquivo: CEC x CETAF
Infantil passa por dias difíceis. Foto de arquivo: CEC x CETAF

A equipe Sub 17 – Juvenil do CEC jogando no campo sintético em Ceilandia, 01/10, 11h00, venceu a equipe do Brasiliense por 5×2. O time juvenil começou arassador e Thyago Alves já aproveitou fazendo 1×0 em 5 minutos. Nem bem o Brasiliense pensou em reação e Luis Filipe fez 2×0. A partir daí o Ceilândia cadenciou o jogo e aos poucos foi ampliando. Felipe Teixeira 3×0, Thyago Alves aumentou para 4×0.  No final do primeiro tempo  o Brasiliense diminuiu com Antonio Diniz.

No segundo tempo o CEC passou a tocar a bola para passar o tempo. O jogo ficou monótono  até que num chute de fora da área Matheus Souza fez um bonito gol diminuindo para o Brasiliense: 4×2. O gol  acordou o CEC que reagiu e conseguiu ampliar com Thyago Alves ( 5×2 )marcado seu terceiro gol na partida.

Com a vitória o CEC assume a primeira colocação do grupo, já que o partida Brazlandia x Planaltina foi adiada até definição do TJD-DF.

CEC: Gleydson Sales, Leonardo Feitosa, Alan Sousa, Patric Lima, Jean Carlos, Agnus Clei (Danilo Costa), Luan Gustavo (Paulo Augusto), Felipe Teixeira (Murilo Henrique), Thyago Alves, Leonardo Nunes e Luis Filipe (Thomas Magno).

INFANTIL PERDE

O time infantil do Ceilândia é um time pressionado. Apesar dos altos e baixos, o time se mantinha invicto. Essa invencibilidade caiu no último final de semana.  Nem bem o jogo começara e em 10 minutos já perdia de 2×0 por Azteka com gols de Alan Silva e Daniel Silva. A partir daí o Azteka se fechou e o CEC passou a atacar, criar jogadas, mas parava no goleiro ou na defesa adversária.

No segundo tempo o CEC mudou a equipe no intervalo em busca do empate. Dominava a partida, criava bem até que Danilo Costa de falta diminui 2×1. A equipe se animou e foi em busca do empate. Para ser justo, o time teve oportunidades de empatar. Num chute de fora da área por Danilo o goleiro soltou, Jorge Lucas pegou o rebote e marcou,  mas o árbitro anulou marcando impedimento. O CEC continuou pressionando.  Ronaldo da meia lua bateu forte, a bola passou pelo goleiro mas o  zagueiro salva em cima da linha. Novo ataque:  Elieser chutou a bola passou do goleiro, cruzou a linha mas o árbitro não assinalou o gol.  Num contra-ataque, o Azteka  definiu o placar do jogo com  Thiago Costa (3×1). Agora o time infantil saiu para enfrentar a SE Gama fora num jogo de vida ou morte. Ao que parece o time infantil é um time muito pilhado. Precisando vencer os jogos dois jogos que resta, restará ao técnico Antônio Gomes trabalhar a concentração e a serenidade necessárias para vencer as dificuldades.

CEC: Italo Queiroz, Wesley Gomes (Luccas Lima), Henrique Silva, Ruan Cordeiro, Klisman Fideles, Victor Falcao (Alex Silva), Lucas Vogado, Wisley Oliveira, Ayrton Leonardo(Elieser Carvalho), Joao Marcos (Ronaldo Rodrigues), Danilo Martins e Jorge Lucas.

Comentarios

Comentarios

Start a Conversation