Base: CEC está nas quartas-de-final

O Ceilândia fez prevalescer a sua melhor condição atlética e porque não dizer sua maior categoria e goleou os seus adversários na manhã desse domingo nas categorias infantil e juvenil. Com as vitórias, o CEC aguarda a definição dos adversários para as quartas-de-final da Copa AGAP 2008.

INFANTIL

O time infantil enfrentou a Recantense. O CEC podia perder até por dois gols de diferença, mas enfrentou um adversário apático e que foi de certo modo goleado impiedosamente. Na verdade foi um jogo que em nada contribuiu para a preparação da equipe visando os difíceis André passa pelo adversárioconfrontos que virão. Isto não tira o mérito da equipe.

O Recantense em momento algum foi o time brioso da partida da semana passada. Com isso o Ceilândia abriu o marcador logo no início e, com isso, os gols foram se sucedendo. No final, o placar apontou 10×0 para o Ceilândia.

André avança: CEC não teve dificuldades

O placar pode enganar. Sem fechar os olhos para as inegáveis qualidades do Ceilândia, os mais atentos conseguem ver que o Recantense não era adversário para o Gato. Os mais precHugo Campos faz de faltaavidos haverão de recordar que logo após a impiedosa goleada aplicada sobre o Internacional veio a derrota diante da Guaraense. Em outras palavras: há sempre o temor da inconstância dos times de base.

Hugo Campos faz de falta: sem chance para o goleiro

Mailon foi o artilheiro da manhã com quatro gols. Com isso isola-se na artilharia da competição com 15 gols. Os outros foram marcados por Jefferson Silva, Hugo Campos e Gilvan, cada um com dois gols.Â

JUVENIL

Caio avançaO jogo do time juvenil foi diferente. O time do Dallas ao menos apresentou alguma dificuldade no início. O jogo foi, também, uma demonstração que só vontade não resolve: é preciso talento.

Caio: um gol e dois pênaltis perdidos

Contando com os atletas que atuaram pelo time de juniores na vitória sobre o Gama, o CEC construiu a vitória ainda no primeiro tempo aproveitando-se da falha da defesa adversária. Com isso Caio abriu o marcador. Em seguida, Piaui fez dois outros gols fechando o placar do primeiro tempo em 3 x 0.

No segundo tempo o Dallas, que era um time nervoso desde o começo, se desestruturou completamente. Assim, Afonso fez o quarto, Bobby fez o Só vontade não resolve: CEC 7 x 1 Dallasquinto e também o sexto e, por fim, Lucas anotou o sétimo. O Dallas ainda fez o gol de honra.

O placar-final de 7 x 1 fez justiça ao melhor futebol do Ceilândia.

Muita disposição do Dallas: Juvenil teve mais dificuldade

A nota ruim do jogo ficou por conta da arbitragem que foi muito ruim.

Agora o CEC espera a definição do seu adversário no confronto de quartas-de-final. A certeza é que tanto o time infantil quanto o juvenil, apesar de embalados, terão maiores dificuldades.

Â

Comentarios

Comentarios

One comment

Join the Conversation