Juvenil também cai nos pênaltis

 A semi-final da Copa AGAP 2008, colocou lado a lado Ceilândia e CFZ. As equipes juvenis desses clubes fizeram o melhor jogo da temporada, nisto incluídas as partidas China sai de socoentre times profissionais. Foi uma partida recheada de belas jogadas, de disposição e de disciplina. Até mesmo a arbitragem colaborou para que o jogo fosse bem disputado.

China defende de soco: uma atuação fenomenal da equipe

Os primeiros quinze minutos da partida foram excepcionais. O CFZ tratou de tomar a iniciativa do jogo, mas o Ceilândia logo cuidou de equilibrar as ações. O jogo se manteve equilibrado, com boas jogadas de lado a lado e com um feição muito técnica até que o Ceilândia abriu o marcador com Mizael de cabeça.

A partir de então houve uma mudança no estilo de jogo do Gato. O Ceilândia recuou um pouco mais e passou a optar por jogadas de ligação direta, intercaladas aqui e acolá por boas jogadas de transição de lado a lado. O resultado é que se o jogo ficou um pouco mais feio, ganhou em emoção: o CFZ pressionava, mas não criava situação claras de gol, ora porque a defesa do CEC estava bem postada, seja porque China estava impecável.

Veio o segundo tempo e o panorama do jogo mudou. O Ceilândia deixou os chutões um pouco de lado e passou a vir com a bola dominada. O jogo ficou um pouco mais bonito, mas com isto o CFZ ganhou os espaços que não conseguiu criar no primeiro tempo. Ao ter espaço, o CFZ criou suas primeiras chances de gol. Por outro lado, embora tenha aumentado a posse de bola, o Ceilândia não criava situações claras de gol.

O jogo prosseguiu tenso, mas foi justamente quando o Ceilândia parecia ter contrJogo de altíssimo nível: CEC 1 x 1 CFZolado o CFZ que o adversário teve a primeira grande chance de empatar. Nesse momento brilhou a estrela de China e a bola repousou na trave. Minutos depois, fez-se justiça no placar: Desatenção na defesa e Garça cabeceou para empatar.

Disposição e técnica: um jogo inesquecível

Após empatar o CFZ apresentou uma disposição incomum e teve a chance de passar à frente logo em seguida. China, novamente, fez uma grande defesa.

Passado o entusiamo do empate, o CFZ perdeu um pouco de força, mas continuou procurando a vitória. O Ceilândia pareceu contente com o empate e até teve a chance de marcar com Glauco, mas a bola saiu mastigada e para fora.

O árbitro, após excelente trabalho, talvez questionado apenas pela quantidade de acréscimos dados à Juvenil do Ceilândia semi-finalista da AGAP 2008partida, terminou o jogo com o placar em 1 x 1. Vieram as cobranças de pênalti. O CEC mais uma vez não deu sorte ou foi incompetente. China até que defendeu uma cobrança mas, na última, o CEC mandou para fora e o CFZ converteu. O Ceilândia caiu na semi-final.

 Ceilândia Esporte Clube 2008 (clique na imagem para ampliar)

Comentarios

Comentarios

Start a Conversation