Pressão pelo resultado


Pressão sobre a arbitragem no Serejão: CEC está preparado
Pressão sobre a arbitragem no Serejão: CEC está preparado

Ceilândia e Brasiliense já jogaram oficialmente 26 vezes. O retrospecto, durante muito tempo, não foi nada fovorável ao Gato preto que chegou a ficar seis anos sem vencer o seu adversário, de 2004  a 2010. A partir de 2007, a história mudou. Os confrontos passaram por maior equilíbrio e desde 2010 o CEC leva uma pequena vantagem sobre o time amarelo.

Uma coisa permanece igual: o Ceilândia jamais venceu o Brasiliense no Serejão. Em 12 jogos foram dois empates e dez derrotas! Um desses empates foi justamente em 2010, na partida que levou o CEC ao campeonato. O outro empate, curiosamente foi no mesmo ano. Nas últimas partidas cinco partidas foram três vitórias do Gato, um empate e uma derrota. O confronto recente demonstra equilíbrio nos confrontos, mas o tabu continua.

Dimba: experiência para o duro confronto
Dimba: experiência para o duro confronto

Para a partida desta semana, Adelson de Almeida tem trabalhado o grupo intensamente. Sabe que a partida será muito difícil e um verdadeiro teste para o esquadrão alvinegro. O time do  Brasiliense se mostra instável emocionalmente no curso da partida, mas inegavelmente mostrava um padrão de jogo bem definido.  A entrada do novo técnico traz motivação e, acima de tudo, o perfil psicológico do novo técnico  traz traquilidade a um time que estava em evolução. A instabilidade emocional do adversário é um elemento que conta a favor do CEC, que deve se manter focado e sereno.

Lados opostos: Iranildo ainda não joga
Lados opostos: Iranildo ainda não joga

Adelson disse ao SiteCEC estar tranquilo para a partida e afirma que qualquer resultado é possível. Indagado sobre o tabu de nunca ter vencido no Serejão disse que quanto mais o tempo passa mais a vitória se aproxima e que pode ser desta vez, mas o favoritismo é do Brasiliense, por jogar em casa. Adelson disse que o time está focado primeiro na classificação e que a partida deste domingo é importante, mas ainda não é a partida decisiva. Acrescentou que  o time está tranquilo, ciente das dificuldades mas acima de tudo consciente de suas próprias qualidades.

Related Images:

Comentarios

Comentarios

One comment

Join the Conversation