CEC não empolga

CEC, sem inspiração, apenas empata
CEC, sem inspiração, apenas empata

Depois de trabalhar física e tecnicamente na parte da manhã, o CEC enfrentou, na tarde dessa terça-feira, um combinado de amadores do Novo Gama e Pedregal.Â

As justificativas são evidentes, mas o time não agradou. Apesar de não poder se exigir do time o entrosamento necessário, foi possível identificar alguns aspectos relacionados com o estilo de jogo. A visão que se teve é que o time se pautará excessivamente pela força em detrimento da técnica. Ã? preciso equilíbrio e o tempo se incumbirá de demonstrar se esse equilíbrio será ou não encontrado.

 O resultado para um time travado fisicamente e sem inspiração foi o empate sem gols: 0 x 0.

O resultado pareceu dar razão ao técnico Marquinhos Bahia que pede reforços para todos os setores da equipe: um zagueiro, um armador que tenha a capacidade de alternar o ritmo de jogo, e um atacante. O armador parece ser a prioridade: contra um time de melhor qualidade o CEC fatalmente sofrerá com os contra-ataques.

O time atuou sem Romualdo, contundido. Formou com Renan, Daniel, Vavá, Thiago Júnior, Beto e Bobby. Bedson, Rildo e Thiago Ferreira. Cassius e Molina.

Comentarios

Comentarios

3 comments

  1. Concordou com os comentários acima!
    Querer entrosamento no primeiro coletivo da equipe… é acreditar em papai noel!!!
    Tudo tem seu tempo certo… e o resultado vem após tempo dedicado ao trabalho!!!
    E o tempo foi curto…
    NO mais que 2009 seja próspero para o CEI!!
    Abraços

Join the Conversation