Ceilândia perde a terceira e está quase fora

O Ceilândia perdeu para o Brasiliense por 1 x 0 nesta tarde de domingo.

20060319cec0x1brasiliense.gifO jogo, válido pela terceira rodada do quadrangular-final do Metropolitano 2006, trouxe a terceira derrota consecutiva do Gato. Com esse resultado, as chances de conquistar o título são meramente matemáticas.

Foi um jogo tenso e no qual o Brasiliense teve as melhores oportunidades. O gato se limitou a praticamente alçar bolas contra a área do Brasiliense, mas logo aos 20 minutos perdeu Jonhes, substituído por Cassius.

Com Iranildo bem marcado por Roberto, o Brasiliense também não conseguiu criar grandes oportunidades de gol, com exceção de uma grande defesa realizada por João Carlos, que abafou um chute de Joãozinho.

O Ceilândia voltou para o segundo tempo sem Ewerton. Marcelo Sá entrou em seu lugar. O gato tomou a iniciativa da partida, mas parecia sem inspiração.

O jogo prosseguiu nessa toada: o Ceilândia dominava, dominava, mas sentia a falta de uma jogada articulada. Reinaldo e Cassius pouco puderam fazer. A partir da intermediária havia sempre mais jogadores do Brasiliense que do Ceilândia (foto).

A partida parecia encaminhar para o 0 x 0, mas, aos 30 minutos, numa furada de Wagner, a bola sobrou livre para Joãozinho abrir o placar.

A equipe sentiu o gol.

O Ceilândia tentou conquistar o empate, mas não tinha a força necessária para ameaçar o gol do Brasiliense.

Nos contra-ataques foi o Brasiliense quem teve a chance de empatar, mas o resultado ficou mesmo no 1 x 0.

No outro jogo da rodada, o Luziânia saiu na frente do Gama, com Mazinho, aos 4 do primeiro tempo, mas permitiu o empate com André Borges aos 47 do segundo tempo. O Luziânia lidera com 7 pontos.

O Ceilândia jogou com João Carlos, Wagner (Paulinho), Adriano, Wagner e Tércio; Leandro Leite, Roberto, Luiz Fernando e Ewerton (Marcelo Sá); Jonhes (Cassius) e Reinaldo.

Comentarios

Comentarios