CEC empata com Sobradinho e vê liderança correr risco

No primeiro tempo, o CEC somente levou perigo em bolas paradas
No primeiro tempo, o CEC somente levou perigo em bolas paradas

O Ceilândia tropeçou em casa, neste sábado, diante do Sobradinho.

O empate em 1 x 1 mantém o CEC na primeira colocação do grupo, mas agora está ao alcance de seus adversários.

O primeiro tempo do Ceilândia foi de matar. O time não se encontrou em campo e foi incapaz de trocar três passes em profundidade. Além disto, viu o Sobradinho fazer 15 primeiros minutos iniciais primorosos.

Tallys entrou ainda no primeiro tempo e mudou o rumo do jogo
Tallys entrou ainda no primeiro tempo e mudou o rumo do jogo

Muito disso se deveu ao gol de falta marcado por Felipe logo aos 5 minutos de jogo. O Ceilândia sabia que teria de procurar o empate, mas não sabia como.

A partir do vigésimo minuto, o CEC até que passou a ter mais posse da bola, mas quem tinha o controle da partida era o Sobradinho. Ancorado em contra-ataques rápidos e inversões entre os seus meias e volantes, o alvinegro serrano rondou a área alvinegra com mais qualidade que o Ceilândia.

Veio o segundo tempo e o que se assistiu foi a um verdadeiro massacre do Ceilândia. O CEC encurralou o adversário contra o seu campo de defesa e  esteve várias vezes por empatar. A verdade é que, tal como o Sobradinho em seu melhor momento, o Ceilândia era incapaz de criar situações claras de gol.

Allan Dellon não tem sido brilhante, mas não tem faltado luta
Allan Dellon não tem sido brilhante, mas não tem faltado luta

Pode-se dizer que Tallys, Dimba e Cassius estiveram a ponto de marcar, mas foram situações sem muita clareza de gol.

Diante de tamanho domínio, Adelson simplesmente encheu o time de atacantes. Sacou Thompson e Perivaldo e colocou ninguém menos que Luiz Fernando e Nelisson. No primeiro tempo já sacara André Oliveira para colocar Tallys.

Ceilândia comemora o gol de Dimba: massacre no segundo tempo
Ceilândia comemora o gol de Dimba: massacre no segundo tempo

A verdade é que tanto o Ceilândia foi ao gol do Sobradinho que aos 38, Dimba, sempre ele, num lance de verdadeiro oportunismo empatou a partida.

Nos minutos finais o CEC até que manteve a iniciativa, mas não conseguiu o gol da vitória.

O resultado em si é ruim. O Ceilândia agora está ao alcance de seus concorrentes. Para piorar, nas próximas quatro rodadas fará três jogos como visitante. Em outras palavras: a classificação será decidida fora de casa!

O CEC formou com Darci, Thompson (Luiz Fernando), Panda, Badhuga, Perivaldo (Nelisson)  e Kabrine; Liel, Andre Oliveira (Tallys), Allan Dellon, Dimba e Cassius.

Related Images:

Comentarios

Comentarios

One comment

Join the Conversation