De volta à Copa do Brasil

Jonhes faz o segundo do CEC contra o Bahia
Jonhes faz o primeiro do CEC contra o Bahia. CEC classificado na antiga Fonte Nova

A história do Ceilândia na Copa do Brasil oscila entre a imensa alegria e a tragédia.

O Ceilândia estreou na Copa do Brasil em 22 de fevereiro de 2006, contra o Bahia, no Abadião (clique aqui para ver). Numa partida em que cada equipe perdeu um penalti, o jogo ficou em 0x0. Em 8 de março de 2006, o CEC foi a salvador e venceu o Bahia por 2 x 1, classificando-se à segunda fase .

CEC x Fortaleza: empate em casa
CEC x Fortaleza: empate em casa

Na segunda fase o CEC enfrentou o Fortaleza. Na primeira partida, empate em 1 x 1 no Abadião. Na segunda, o Fortaleza sofreu com a pressão alvinegra, mas sacramentou a vitória nos minutos finais: 3 x1.

O Ceilândia voltou á Copa do Brasil em 2011. De tão vergonhoso, esse jogo ficou à margem das estatísticas durante muito tempo. Não serve de consolo ou desculpa alegar que existiam esses ou aqueles problemas ou que as chances perdidas no início, quando o jogo estava 0x0, fizeram falta: a história do CEC na Copa do Brasil está manchada: Em apenas 45 minutos o Caxias fez 5 x 0 e eliminou o CEC.

Goleiro salva com jogo em 0x0. História contra Caxias seria outra
Goleiro salva com jogo em 0x0. História contra Caxias seria outra

O adversário da vez é o Ceará. O adversário passa por um momento de instabilidade. Há pouco trocou o técnico que luta contra a desconfiança da apaixonada torcida cearense.

O CEC também não vive bom momento. Apesar de jogar bem, os resultados não estão aparecendo. O experiente time do Ceilândia sabe que terá um jogo difícil.

O Ceará, depois da derrota para o Guarani, mudou a sua postura tática. Tem privilegiado a defesa ao ataque. O CEC vai precisar de paciência, para que dessa vez a história será diferente.

 

Comentarios

Comentarios

Start a Conversation