No sacrifício: 2 x 2

20090215brasilia2x2cecMais uma vez foi dramático. Ao menos desta vez, a sensação foi um pouco diversa da experimentada no último domingo. Jogando hoje, no CAVE, o CEC fez uma boa partida e poderia até merecer melhor sorte, mas a última impressão é a que fica: o Brasília poderia ter vencido, mas Renan defendeu o pênalti cobrado por Thiago Silva aos 45 minutos do segundo tempo.

De maneira geral as duas equipes se equivaleram ao longo dos 90 minutos. No primeiro tempo o Ceilândia teve mais tempo de posse de bola, mas o Brasília conseguiu em três  ataques o aquilo que o Ceilândia não conseguiu em 45 minutos: criar uma situação clara de gol.    A primeira oportunidade foi logo aos 10 minutos e Edicarlos contou com a sorte e com o desvio na zaga para abrir o marcador para os colorados. Após o gol o Ceilândia continuou dominando a partida, mas o Brasília, quando vinha tocando, conseguia iludir a zaga alvinegra e levava perigo.

Aos 34, num dos poucos contra-ataques do Gato, Cassius escapou pela esquerda, perdeu o ângulo e, na saída do goleiro, tocou para o meio da área. Daniel se atrapalhou, mas não o suficiente para perder o lance e deixou para Diego que bateu no canto esquerdo, no alto, empatando a partida.

20090215brasilia2x2cecrenan
Renan mais uma vez foi decisivo.

No segundo tempo, o Brasília voltou diferente e tomou a iniciativa logo na saída. Para azar do Ceilândia, não demorou para o Brasilia voltar a ficar na frente com Thiago Silva, aos 2. O Ceilândia acusou o golpe e mesmo quando equilibrou a partida já não tinha a mesma estrutura da primeira etapa. Mesmo assim poderia ter empatado quando Cassius tabelou com Da Silva e disparou acertando a trave. Logo em seguida, Diego cobrou falta e Cassius entrou nas costas da defesa do Brasilia empatando o jogo.

O gol do empate foi a última jogada efetiva do ataque do Ceilândia. Depois, aos 22, Cassius foi expulso. Foi a primeira expulsão de Cassius em 8 anos, seis com a camisa do Gato. (Para ver a ficha de Cassius clique aqui).

A emoção chegou ao limite aos 44. O árbitro Rogério Bueno, com certeza a pior arbitragem até aqui, marcou pênalti contra o CEC. Thiago Silva bateu e Renan, mais uma vez, salvou o CEC.

O CEC jogou com Renan, Daniel, Â Thiago Junio, Everson, Vavá e Glauber. Beto (Betson), Dime e Diego. Da Silva e Cassius. Tecnico: Jean Cláudio.

Ouvir o primeiro gol (teste): 20090215brasilia2x2cecdiegomartins1golced

Related Images:

Comentarios

Comentarios

4 comments

  1. O jogo foi bom !
    estava no Cave na tarde de domingo …
    Mas tem certos atletas ai no Ceilandia …
    que pelo Amor de Deus…
    muito ridiculos (Fernando , Diego ,)
    muito abaixo do esperado …
    ainda mais com esse treinador ai …
    Contratem logo um novo treinador …
    ele é muito ruim esse Jean Claudio …
    volta a ser preparador fisico …

    abraço !
    tenha sucesso o ceilandia nesse Campeonato !

  2. éh gente axo q depois d tdo q jah se passou no campeonato,deu p notar uma coisa ate aqui,tda vez q o jovem goleiro joga ele salva o ceilandia,entao ta + q na hra de dar uma xance p ele mostrar sua capacidade d ajudar o time a n se afundar…

    n q o ricardo seja ruim,+ o renan e melhor e tem vaga no time boata ele la,q vcs vao ver ele e foda…

    acompanho ele tem tempo….

    abraço e boa sorte C.E.C

  3. Ae galera do cec concordo com esse tal de jose leandro,pois a unica vez que o cec venceu quem estava la foi o renan e nesta ultima ele livrou nosso time de perder.
    Ta na hora de uma chance,pois ha mudanças que sao para o bem do nosso time,que esta aoas poucos mostrando melhoras.

Join the Conversation