Ceilândia mostra evolução, mas perde novamente

Alan Delon retornou: passe para o primeiro gol, mas ainda sem o preparo ideal
Alan Delon retornou: passe para o primeiro gol, mas ainda sem o preparo ideal

O Ceilândia encerrou a sua fase de preparação para o Metropolitano 2014 sem vitória. Em três jogos realizados contra equipes de Anápolis, o Gato empatou um jogo e foi derrotado duas vezes.

O jogo de hoje começou com a Anapolina envolvendo o Ceilândia, mas parando na defesa alvinegra. Faltava o último passe para os alvirrubros.

Thiaguinho aceitou uma nova função e foi muito útil. Time tem a ganhar com o jogador
Thiaguinho aceitou uma nova função e foi muito útil. Time tem a ganhar com o jogador

Do lado do Ceilândia, o alvinegro sofria na transição da defesa para o ataque.  Adelson optou por um meio de campo técnico, com Allan Dellon, Alisson e Thiaguinho.  Difícil dizer a que se devia a dificuldade do Ceilândia, mas uma coisa é certa: o time errou muito na saída de bola.

Após sete minutos em que viu o adversário jogar, o alvinegro melhorou a marcação, mas normalmente chegava atrasado. O resultado é que o CEC tinha sempre que correr atrás do adversário.

Tales atuou na defesa e não decepcionou: muitos lesionados
Tales atuou na defesa e não decepcionou: muitos lesionados

O domínio da Anapolina, contudo, jamais se traduziu em oportunidades de gol. Ao contrário, o Ceilândia na sua primeira oportunidade, abriu o marcador. Allan Dellon enxergou Cassius que driblou o zagueiro e inaugurou o marcador.

Aos 16, um minuto depois, o Ceilândia bobeou e Celinho empatou de cabeça. A defesa falhou e ninguém encostou em Celinho. França nada pode fazer.

O jogo ficou mais equilibrado e, se alguém tivesse que sair na frente, não como decorrência do futebol apresentado, mas porque era melhor no último passe, esse alguém seria o Ceilândia. Cassius e Alisson perderam boas oportunidades.

França entrou para ganhar ritmo: experiência poderá ser importante
França entrou para ganhar ritmo: experiência poderá ser importante

Veio o segundo tempo e a Anapolina veio com uma proposta diferente: esperar o CEC no seu campo de defesa. O Ceilândia teve mais posse de bola e, sem espaço, mostrou deficiências no último passe.

O castigo veio quando Charles, numa bola despretensiosa, tirou do zagueiro e meteu um tubo na trave direita de França. A bola morreu no fundo da rede. Vitória da Anapolina por 2 x 1.

Juninho Goiano: entrou no segundo tempo e melhorou a saida de bola
Juninho Goiano: entrou no segundo tempo e melhorou a saida de bola

Após o gol, Adelson fez mudanças em bloco. O jogo perdeu em consistência, embora se tenha visto que Jeffinho e Adriano Felicio podem ser úteis na busca do Tri.

Embora o CEC tenha sido melhor nos últimos minutos, não conseguiu o gol do empate.

No final, CEC correu sempre atrás:  a partir da próxima semana, tudo muda
No final, CEC correu sempre atrás: a partir da próxima semana, tudo muda

O resultado em si foi ruim, porque aumenta as expectativas em torno da estreia.

Sob o ponto de vista de Adelson de Almeida, entrevistado ao final do jogo, o time evoluiu muito em uma semana e isso se fez sentir durante o jogo. Para ele o time deve alcançar a sua melhor performance no meio da competição, pouco antes dos mata-mata.

Até lá, confia que a qualidade técnica do time fará a diferença contra adversários que, em tese, não constam entre os favoritos.

Related Images:

Comentarios

Comentarios

Start a Conversation