Romarinho perdeu a melhor oportunidade do jogo

CEC deixa dois pontos no Bezerrão

Didão jogou muito em linha com Liel: acabou substituído
Didão jogou muito em linha com Liel: acabou substituído

 

O Ceilândia foi ao Gama e empatou sem gols com o Santa Maria na tarde deste sábado de carnaval.

Foi uma partida disputada em marcha-lenta, na qual o Ceilândia permitiu que a iniciativa do jogo, na maior parte do tempo, pertencesse a um  Santa Maria que respeitou o alvinegro ao extremo.

Defesa do Ceilândia manteve o ataque adversário longe da área
Defesa do Ceilândia manteve o ataque adversário longe da área

O Ceilândia, por sua vez, era incapaz de conter o Santa Maria no seu próprio campo de defesa. O Santa Maria, contudo, não pressionava a saída de bola do Ceilândia.

O resultado foi que a iniciativa do Santa Maria morria na intermediária alvinegra e, nos poucos momentos em que tomou a iniciativa do jogo, os esforços do Ceilândia morriam na intermediária grená.

Romarinho perdeu a melhor oportunidade do jogo
Romarinho perdeu a melhor oportunidade do jogo

Com os times se respeitando ao extremo, as chances de gol dependeriam de lances isolados.

A maior chance de todas pertenceu ao Ceilândia. Lançamento longo para a área e Chefe escorou de cabeça para Romarinho. O atacante dominou e bateu no canto direito da meta do Santa Maria. A bola caprichosamente tocou na trave.

As melhores chances do CEC ocorreram no primeiro tempo
As melhores chances do CEC ocorreram no primeiro tempo

Veio o segundo tempo e o Ceilândia manteve-se incrivelmente passivo. Tamanha passividade namorava com o perigo. Num ou outro lance isolado, o Santa Maria poderia abrir o marcador. O Ceilândia também, mas havia uma diferença: o Ceilândia não chegava próximo ao gol adversário.

A trave salvou o Ceilândia
A trave salvou o Ceilândia

O castigo quase veio aos 18 do segundo tempo quando na cobrança de falta a bola explodiu no travessão alvinegro.

Com o susto, Adelson tratou de fazer duas substituições. Tirou Didão e Romarinho e colocou Clécio e Wisman. O Ceilândia melhorou com as alterações e começou a rondar a meta do Santa Maria.

o Ceilândia não estava em um bom dia
o Ceilândia não estava em um bom dia

Nos minutos finais o Ceilândia tinha mais volume de jogo, mas quem assustou foi o Santa Maria, com um cabeceio que passou rente à trave.

No final, o jogo terminou mesmo sem gols. Para o Ceilândia ficou muito claro que o time tem uma cara e essa cara tem aspectos negativos e positivos.

Léo foi pouco exigido e nas vezes que o foi correspondeu à altura
Léo foi pouco exigido e nas vezes que o foi correspondeu à altura

De positivo, o fato de que o Ceilândia é um time que não se enerva com o domínio adversário e trata de torna-lo estéril. De negativo o fato de que em 5 jogos em 2016, o Ceilândia fez gol apenas em um.

Pensando no futuro, é possível dizer que o que o Ceilândia precisa é de pequenos ajustes para permitir que chegue à área do adversário com mais frequência e qualidade.

No futebol, contudo, essa é uma fórmula difícil de encontrar sem expor o sistema defensivo. Esse é o desafio que se apresenta para o Ceilândia no momento.

Related Images:

Comentarios

Comentarios