Ceilândia elmina o Londrina fora de casa. Gato Seria eliminado nas quartas-de-final pelo Ipatinga em 2005

Globo, Atlético-AC e Juazeirense sobem para a Série C

Ceilândia enfrenta Americano em 2004: time fluminense chegou nas finais, mas não subiu
Ceilândia enfrenta Americano em 2004: time fluminense chegou nas finais, mas não subiu

A Série D praticamente já conhece os quatro times que ascenderam à Série C em 2018.  Neste domingo, a Juazeirense mostrou que não era impossível enfrentar o América-RN em Natal e sair de lá com bom resultado. Eliminou o time potiguar e está garantida na Série C 2018.

Ceilândia elmina o Londrina fora de casa. Gato Seria eliminado nas quartas-de-final pelo Ipatinga em 2005
Ceilândia elmina o Londrina fora de casa. Gato Seria eliminado nas quartas-de-final pelo Ipatinga em 2005

Outra classificação premiou a insistência. O Atlético Acreano disputou ponto a ponto a liderança da competição com o Ceilândia em 2016. Depois de quatro temporadas (2012, 2014,  2016 e 2017), enfim o time acreano conseguiu o acesso.  Somente o CSA sofreu mais, disputando 5 temporadas de Série D até conseguir o acesso. 

Ceilândia enfrentou Atlético-GO em 2006 e 2007, mas o acesso goiano viria apenas em 2008, quando o Ceilândia não disputou
Ceilândia enfrentou Atlético-GO em 2006 e 2007, mas o acesso goiano viria apenas em 2008, quando o Ceilândia não disputou

Ja classificação do Globo premia um bom projeto, ancorado numa boa base financeira. Em 2018, o Ceilãndia irá para a sua quinta temporada disputando a Série D: 2010, 2012, 2016, 2017 e 2018.

Uma curiosidade cerca a participação do Gato Preto na Série D. Nenhum time tenha eliminado o Gato Preto conseguiu o acesso. Foi assim com Friburguense, Fluminense de Feira e América-RN.

Em 2010, Gato precisava do empate e foi eliminado pelo Brasília ainda na primeira fase
Em 2010, Gato precisava do empate e foi eliminado pelo Brasília ainda na primeira fase

Na Série C, o mesmo aconteceu com CRAC-GO, em 2004, Ipatinga em 2005. Em 2006, o Ceilândia foi punido com a perda de 6 pontos e não se classificou. Os fortes times do Ituiutaba (atual Boa Esporte) e Atlético-GO avançaram, mas não conseguiram o acesso.

Em 2007,  ainda na Série C, mais uma vez o Ceilândia não se classificou, eliminado por Atlético-GO e CRAC e mais uma vez os times goianos não conseguiram o acesso.

Em 2012, Ceilândia chegou na semi-final da região centro-sudeste, mas foi eliminado por outro tricolor: Friburguense
Em 2012, Ceilândia chegou na semi-final da região centro-sudeste, mas foi eliminado por outro tricolor: Friburguense

Em 2008, com dificuldades financeiras, o Ceilândia abriu mão de disputar a Série C. Sem topar com o Gato Preto na estrada, enfim o Atlético Goianiense subiu à Série B.

 Em 2009 foi criada a Série D, competição da qual o Ceilândia participaria pela primeira  vez em 2010.

Em 2010, o Gato Preto liderou o seu grupo desde a primeira rodada. Um tropeço na última rodada, contudo, custou-lhe a classificação.

Festa tricolor no Regional: Ceilândia está fora
Festa tricolor no Regional: Ceilândia está fora em 2016

O Ceilândia voltou a disputar a Série D em 2012, 2016 e 2017. Nessas três competições chegou nas oitavas de final, a fase anterior à decisão da vaga. Foi eliminado em todas: Friburguense, Fluminense de Feira e América-RN foram eliminados na decisão da vaga.

Thadeu abriu o placar logo no primeiro lance do jogo
Thadeu abriu o placar logo no primeiro lance do jogo na pior atuação do Ceilândia em anos

Para 2018, o cenário se mostra nebuloso. O Ceilândia teve enormes dificuldades dentro e fora de campo em 2017. Por mais que se questione, admite-se que direção e comissão técnica fizeram milagres ao montar um bom time para esta temporada. O resultado em campo não foi dos melhores, mas reflete muito daquilo que se viu das dificuldades enfrentadas.

Resta parabenizar Globo-RN, Atletico Acreano, Operário-PR (Maranhão tem reduzidas possibilidades) e Juazeirense e sonhar com dias melhores.

 

Start a Conversation