Tag: Betinho

Wallace é desfalque certo: Victor pode ser uma opção

Sem paz: Ceilândia monta quebra-cabeças para decisão do sábado

Elivelto tem feito boas atuações, mas precisará evoluir nessa reta final
Elivelto tem feito boas atuações, mas precisará evoluir nessa reta final

O Ceilândia deu uma demonstração de como encara com seriedade o jogo deste sábado, 15h30, no Regional, diante do Fluminense-BA: retomou as atividades ainda na manhã de terça, depois da cansativa viagem de volta.

Para a comissão técnica, o Ceilândia tem muito a aprender na última semana.

Betinho enfim estreou: precisa estar preparado para a reta final
Betinho enfim estreou: precisa estar preparado para a reta final

Primeiro, o fato de que o Fluminense realmente tem um bom time. Problemas todos times possuem, inclusive o Ceilândia. No jogo do último domingo, o Fluminense-BA tinha três desfalques importantes, incluindo a dupla de defesa e o vice-artilheiro da Série D: Rafael Granja.

Outras lições foram apreendidas com os resultados surpreendentes dos jogos olímpicos: em outras palavras, o discurso emotivo e a força da torcida são importantes, mas não são decisivos: estar bem treinado e com condições físicas e técnicas ideais é o que realmente faz a diferença.

Willian fez a diferença mais uma vez, mas pouco para tanto talento
Willian fez a diferença mais uma vez, mas pouco para tanto talento

Ainda para a direção, incomodou o fato do Ceilândia não ter conseguido jogar no segundo tempo, principalmente em face dos espaços deixados pelo meio de campo do Fluminense.

No segundo tempo, o Ceilândia teve uns poucos momentos de lucidez quando Adelson inverteu o posicionamento de Filipe Cirne e Willian. Mais livre pela direita, Willian criou condições para o Ceilândia matar o jogo, mas um misto de mau posicionamento da equipe e de imprecisão impediram que o Gato Preto fizesse o segundo gol.

Filipe Cirne continua sendo uma aposta: tempo certo para prender, arrancar e passar a bola
Filipe Cirne continua sendo uma aposta: tempo certo para prender, arrancar e passar a bola

Filipe Cirne ainda não está na sua melhor forma. Tem alguma dificuldade em saber o momento certo de prender e de dar sequencia à jogada.  Para a Comissão Técnica isso somente se corrige jogando.

Para a partida desse final de semana o Ceilândia terá Baiano de volta, mas terá uma baixa: Wallace recebeu o terceiro cartão na partida de ida. André Nunes é a escolha óbvia por suas características, mas Adelson pode optar por Victor.

Wallace é desfalque certo: Victor pode ser uma opção
Wallace é desfalque certo: Victor pode ser uma opção

Adelson provavelmente poderá contar com o retorno de Mário Henrique, mas é pouco provável que Adelson a ele devolva a posição de titular. Elivelto tem feito boas partidas. No jogo de ida, Elivelto sofreu com as inversões de bola no seu lado, mas o mesmo se passou com Gabriel.

No fundo, para a comissão, o problema estourou nos laterais, mas não foram causados por eles. Isso preocupa para esse final de semana porque se sabe que os contra-ataques do Fluminense-BA são especialmente mortais quando conduzidos pelo experiente Rafael Granja.

Para a partida desse final de semana é esperado o maior público do Ceilândia na Série D. A direção tem conversado com patrocinadores para repetir a experiência da fase anteriores.

Comissão discute o melhor rumo a ser seguido

Ceilândia: Pés nos chão

Ceilândia sabe da importância de ter o elenco em condições de jogo
Ceilândia sabe da importância de ter o elenco em condições de jogo

O Ceilândia voltou aos treinamentos nessa segunda em jogo-treino contra o CFZ.

Ciente que a campanha na Série D vai exigir que todos estejam em ritmo de jogo, o Gato Preto mandou a campo os atletas que não atuaram contra o Comercial-MS e aqueles que atuaram pouco tempo e venceu o CFZ por 1 x 0, gol de Betinho.

Wallace recupera-se de entorse no joelho: desfalque importante
Wallace recupera-se de entorse no joelho: desfalque importante

Enquanto isso, os olhos também se voltam para o jogo deste sábado, 17h, em Aparecida de Goiânia, contra a Aparecidense.

Para o técnico Adelson de Almeida o campeonato começa para o Ceilândia efetivamente neste sábado. O jogo contra o Comercial-MS valeu pelo resultado, mas o estágio atrasado de preparação do time pantaneiro pode ter maquiado o real estágio de preparação do Gato Preto.

Adelson prevê que o jogo deste sábado, com as duas equipes tendo mais ou menos o mesmo estágio de preparação, dará uma visão mais verdadeira de como o Ceilândia se encontra.

Comissão discute o melhor rumo a ser seguido
Comissão discute o melhor rumo a ser seguido

O treinador, contudo, sabe que em jogos equilibrados o fator campo é importante. Por isso, reconhece e trabalha com  o favoritismo do jogo para a Aparecidense

Para a Comissão Técnica, pesa o fato de que  a tabela traz uma armadilha para o Ceilândia. Ao obriga-lo a fazer o segundo e o terceiro jogos fora de casa, a tabela obriga o Ceilândia a garantir a classificação fora de casa ou ter que lutar desesperadamente nas rodadas finais.

Related Images:

Betinho entrou no segundo tempo: mostrou ser uma boa opção

Ceilândia faz seu primeiro jogo-treino visando a D-2016

Didão avança: Ceilândia é forte, mas teve muita dificuldade com a Ceilandense
Didão avança: Ceilândia é forte, mas teve muita dificuldade com a Ceilandense

O Ceilândia fez o seu primeiro jogo-treino com vistas à estreia na Série D-2015. O adversário foi a Ceilandense, que se prepara para a segunda divisão local,  na Cidade do Gato, manhã desse sábado.

Adelson manteve a  base defensiva do Candangão.  A mudança mais significativa foi a entrada de Arthur no lugar de Léo. A experiência de Arthur pesa, até porque todos reconhecem que Léo fez um campeonato candango impecável.

Gilvan é uma das novidades no ataque
Gilvan é uma das novidades no ataque

Na frente, o Ceilândia entrou completamente mudado. Elivelton, William, Matheuzinho e Gilvan formavam um time completamente novo. No geral, Adelson fez seis alterações em relação ao time do Campeonato Candango.

Em campo, o  Ceilândia teve a iniciativa do jogo a partida inteira, mas foi incapaz de criar situações claras de gol. A Ceilandense dava espaço para o Ceilândia até a entrada de sua grande área.  Esse tipo de confronto será  uma constante na Série D, com a diferença de que o Ceilândia terá pela frente times melhor qualificados.

Adelson utilizou quase todos os jogadores:
Adelson utilizou quase todos os jogadores:

O tempo foi passando e o time foi ficando mais e mais ansioso. Pequenos detalhes chamavam a atenção. O principal foi a falta de sincronia entre os linhas  do time do Ceilândia.

O resultado é que o time principal do Ceilândia somente foi fazer o seu gol no início do segundo tempo em pênalti cobrado por Elivelton.

Betinho entrou no segundo tempo: mostrou ser uma boa opção
Betinho entrou no segundo tempo: mostrou ser uma boa opção

Depois disso o Ceilândia trocou todo o time. Ainda frio, o time suplente sofreu o gol do empate. Não demorou e o Ceilândia reassumiu o comando do jogo, fazendo o seu segundo gol (Jefferson). Para quem assistia não havia grande diferença no futebol jogado entre os dois times utilizados por Adelson. O jogo seguiu  modorrento até o apito final, com a vitória alvinegra por 2 x 1.

Ao final do jogo-treino Adelson procurou minimizar as dificuldades encontradas pelo Ceilândia para derrotar a Ceilandense. O treinador disse que ainda é muito cedo para fazer conclusões. Adelson afirmou que ainda precisa fazer alguns testes, antes de ter a sua equipe definida, inclusive no que diz respeito ao esquema de jogo.

O Ceilândia ainda deve fazer dois jogos-treinos contra equipes amadoras antes da estreia contra o Comercial no dia 12.

Related Images: