Tag: Edimar

Alcione, Andre Oliveira e Guilherme: CEC sofreu pelo lado esquerdo.

Os problemas do técnico Marquinhos Bahia

Anapolina perde gol feito: Time precisa trabalhar
Anapolina perde gol feito: Time precisa trabalhar

A derrota em Anápolis não foi uma catástrofe, mas acende o sinal de alerta: o futebol é resultado. Uma análise mais fria, contudo, revela que o time não foi tão mal para o seu estágio de preparação.

Na primeira etapa era fácil identificar a falha no posicionamento dos meias mais avançados da equipe. China e Alcione estavam mais a direita do ataque do Ceilândia. Alcione marcava mal a saída de bola adversária, recuando para a linha com André Oliveira e mais centralizado. Em suma, Alcione não tinha função. Sobrou para André Oliveira fazer seguidas faltas combatendo a saída de bola da Anapolina pela esquerda da defesa do CEC.

Por essa razão,  o lado esquerdo da defesa do Ceilândia penou porque Guilherme ficava sempre no um contra dois. Foi assim no gol da Anapolina. Naquele momento Marquinhos até que percebeu o problema e pediu para Tety recuar, nem tanto para marcar, mas possivelmente para puxar contra-ataque, quem sabe? Tety não é marcador, fez apenas sombra e no cruzamento saiu o gol da Anapolina.

Alcione e China: faltou transição e marcação na saída de bola adversária
Alcione e China: faltou transição e marcação na saída de bola adversária

O posicionamento da equipe sacrificou um jogador: China, que não teve oportunidade de ser corretamente avaliado. O mesmo aconteceu com o atacante Cassius, preso entre os dois zagueiros. Tety se movimentou bastante, mas sofreu com a falta de estrutura tática do Ceilândia (nada de anormal considerando que a equipe fez apenas um treino coletivo antes do jogo).

André Oliveira chega atrasado. Problemas de marcação no meio de campo complicaram a vida da lateral-esquerda.
André Oliveira chega atrasado. Problemas de marcação no meio de campo complicaram a vida da lateral-esquerda.

Edimar e André Oliveira, em função mesmo da falta de estrutura tática, também não puderam ser avaliados. André Oliveira mostrou que tem um futebol viril, mas não muito mais que isso. Os volantes tiveram nítida dificuldade para sair jogando. Os laterais, Edu Bayer e Guilherme também não mostraram a que vieram, ao menos ofensivamente. Não mostraram variações no posicionamento, permanecendo na defensiva durante o primeiro tempo.

Defesa sofreu pelo lado esquerdo: problema de marcação na meia
Defesa sofreu pelo lado esquerdo: problema de marcação na meia

Diego Morais e Thiago Eciene permitiram que atacantes da Anapolina aparecessem entre eles em situações claras de gol. Talvez tenha faltado entrosamento, mas pareceu claramente que o problema era de posicionamento. Numa das jogadas o homem a aparecer cara a cara com Darci era do meio de campo adversário. Problema dos volantes.

Darci não foi exigido. Na única vez que o foi mostrou boa técnica e fez uma bonita defesa. Nas outras vezes que interveio, Darci mostrou que tem uma técnica de solo apurada e, pelo alto, não fez feio. O Ceilândia parece que começa bem a partir do gol.

Alguns jogadores, casos de Panda e Daniel, que entraram depois, mostraram que estão fora de forma, e muito. Não lhes faltou vontade. O relógio está ligado e Panda e Daniel precisam entrar em forma logo. Há várias razões: a principal é que a torcida deposita grande esperança nesses jogadores.

Related Images:

Ceilândia busca primeira vitória fora de casa

Panda: desfalque certo
Panda: desfalque certo

Até agora na competição foram dois jogos com um empate e uma derrota. Refeitos do contratempo da derrota diante do CFZ os jogadores têm agora um só discurso: vencer fora de casa e retomar o caminho da classificação.

O técnico Adelson de Almeida irá fazer algumas alterações na equipe. Algumas dessas alterações serão de ordem técnica e  outras físicas. Não se sabe ao certo o time que mandará a campo, mas é certo que Adelson já percebeu que algumas peças não se encaixaram no esquema de jogo. Por essa razão, é muito provável que Adelson mude a função exercida por Fredson, que não mostrou a explosão necessária para atuar à frente da defesa.

Outras mudanças também ocorrerão na defesa com a entrada de Edmar no lugar de Panda e no ataque, com o retorno de Dimba. O Ceilândia será diferente para a difícil partida contra o Botafogo.

Related Images:

Dimba: decisivo mais uma vez

Um passo de cada vez

Paulo Roberto: o Ceilândia é forte pelas laterais
Paulo Roberto: o Ceilândia é forte pelas laterais

O Ceilândia mostrou contra o Brasília que está evoluindo. O time também apresentou alguma instabilidade no segundo tempo, mas isso foi considerado normal.

O Ceilândia ainda precisa ganhar consistência, precisa evoluir e isso é um consenso entre jogadores e comissão técnica. A idéia é chegar na fase semi-final no auge da preparação. Por enquanto há uma certeza: o time aos poucos está mostrando a capacidade defensiva que o caracterizou no passado. Falta ganhar a tranquilidade no último passe e a  eficiência ofensiva que o tornou campeão.

A vitória diante do Brasília trouxe um pouco de tranquilidade para o próximo desafio, o derbi da maior cidade do Distrito Federal.

Adelson tem a consciência de que será um jogo difícil, seja porque o Ceilandense já mostrou que é um time arrumadinho, seja porque o técnico adversário é reconhecidamente um bom profissional.

Sob alguns aspectos a partida é mais decisiva para o Ceilândia que para o Ceilandense. Por causa da tabela, o Ceilândia precisa acumular gorduras para o momento em que enfrentará os favoritos ao campeonato (Gama, Brasiliense e Botafogo-DF). Enquanto isso o Gato não pode se dar ao luxo de tropeçar novamente.

Ceilândia x Brasilia: apesar do horário, um bom público
Ceilândia x Brasilia: apesar do horário, um bom público

Related Images:

Sai Edimar, entra Melo

Edimar desfalca o Ceilândia

Mello substitui Edimar a altura
Mello substitui Edimar a altura

Edimar é desses jogadores que surpreendem pela força física. Por isso mesmo é incomum vê-lo fora de jogo ou contundido. No ano passado, o atleta disputou 19 das 22 partidas do Ceilândia na campanha do título. Esse ano, na primeira partida, o defensor machucou-se. Edimar foi revelado no Atlético Paranaense e teve a oportunidade de defender a seleção brasileira sub-20 atuando como lateral.

O substituto de Edimar é o zagueiro Melo.  Melo foi revelado no time do CFZ campeão do Distrito Federal em 2002. Com algumas passagens pelo Ceilândia, Melo é um zagueiro de características distintas das de Edimar mas reconhecidamente eficiente.

Related Images: