Tag: Formosa

Lucas Portela comemora o gol do título

Ceilândia bate Legião e é Campeão Candango de Juniores 2018

Juan fez o primeiro gol do Ceilândia cobrando pênalti.
Juan fez o primeiro gol do Ceilândia cobrando pênalti.

O Ceilândia sagrou-se Campeão Candango de Juniores do Distrito Federal em 2018. Jogando na tarde deste sábado, no Bezerrão, o Gato Preto precisou de cento e vinte minutos para vencer o Legião e voltar a ser campeão de juniores.

Christian nada pode fazer no gol de empate do Legião
Christian nada pode fazer no gol de empate do Legião

A decisão opunha os times de melhores campanhas na competição. O Ceilândia teve a iniciativa do jogo na maior parte do tempo, mas não conseguiu traduzir esse domínio em situações claras de gol. O mesmo se diga do Legião nos momentos em que tomou a iniciativa do jogo.

O Ceilândia esteve melhor na maior parte do tempo
O Ceilândia esteve melhor na maior parte do tempo

Assim, os gols vieram em bolas paradas.  O Gato Preto saiu na frente logo aos 13 minutos. Warley foi derrubado dentro da área e o árbitro assinalou o pênalti. Juan bateu firme, à direita do gol adversário e abriu o marcador.

Técnico Leo Roquete mexeu muito no time no segundo tempo
Técnico Leo Roquete mexeu muito no time no segundo tempo

Não deu tempo sequer para comemorar.  Três minutos depois o Ceilândia errou na saída de bola. Na sequência, o árbitrou assinalou falta que foi cobrada com perfeição: Ceilândia 1 x 1 Legião.

Torcida levou faixas para apoiar jogadores
Torcida levou faixas para apoiar jogadores

O Ceilândia sofreu o impacto emocional do gol, mas logo se recompôs. O primeiro tempo terminou em 1 x 1.

Veio o segundo tempo e o Ceilândia continuou melhor, mas mostrava as mesmas dificuldades no último passe que no primeiro tempo. Na segunda metade do segundo tempo o panorama do jogo mudou. O Legião assumiu o controle da partida.

Lucas Portela comemora o gol do título
Lucas Portela comemora o gol do título

Tal qual o Ceilândia, o Legião também tinha dificuldade para criar situações claras de gol e o tempo regulamentar terminou em 1 x 1 .

Comissão Técnica espera ansiosa pelo término da partida

Veio a prorrogação e o Ceilândia voltou a tomar a iniciativa do jogo. Já havia espaços entre as linhas defensivas de ambas as equipes, mas ninguém criou situação clara de gol.

Festa alvinegra: Ceilândia campeão

Veio o segundo tempo da prorrogação e a cobrança de penalidades parecia algo real. Não foi isso que aconteceu. Abdio invadiu a área do Legião e foi derrubado. Penalti! Lucas Portela cobrou e fez Ceilândia 2 x 1 aos 5 minutos.

Só não foi possível fotografar a entrega do troféu: mas está valendo
Só não foi possível fotografar a entrega do troféu: mas está valendo

Depois disso, o Ceilândia cuidou em segurar o jogo. O Legião não tinha forças e o Gato Preto controlou a partida até o apito final. Depois de 31 anos, mesmo tendo sido campeão em todas as categorias de base do Distrito Federal, inclusive sub 20, enfim  o Ceilândia volta a ser Campeão Candango de juniores.

Abdio mostrou muita disposição para lutar contra toda a defesa do Formosa

Ceilândia decide Juniores 2018 neste sábado contra o Legião

Ceilândia sofreu mais que deveria. Sales defende sobre a linha
Ceilândia sofreu mais que deveria contra o Formosa: estar preparado para sofrer é importante em decisões

Ceilândia e Legião decidem neste sábado, 15h, no Bezerrão, o Campeonato Candango de Juniores 2018. O evento premia as duas mais regulares equipes de uma competição extremamente equilibrada.  Opõe, também o melhor ataque, o Legião com 24 gols, contra a melhor defesa, a do Ceilândia com 2 gols sofridos.

Ceilândia teve pouco espaços, mas foi melhor na maior parte do tempo
Em 2017, Ceilândia eliminou o Legião nas quartas-de-final do Metropolitano de Juniores

O Ceilândia chega à final vindo do grupo da morte, onde enfrentou Real (eliminado pelo Legião) e Cruzeiro, clubes que decidiram a competição em 2017.

Abdio mostrou muita disposição para lutar contra toda a defesa do Formosa
Abdio passou em branco no último jogo contra o Formosa, mas é esperança de gol alvinegra

Para essa partida há a expectativa de que o Ceilândia consiga jogar um pouco mais com a bola, mas mantenha a eficiência dos dois jogos contra o Formosa. De qualquer forma e apesar de o Ceilândia parecer ser um time mais maduro, o fato é que trata-se de uma decisão muito equilibrada a ser decidida nos detalhes.

RESULTADOS DE CEILÂNDIA E LEGIÃO NOS JUNIORES 2018

Ceilândia vence e está na final do Metropolitano de Juniores 2018

Juniores: Ceilândia passa por Formosa e está na final

Ceilândia sofreu mais que deveria. Sales defende sobre a linha
Ceilândia sofreu mais que deveria. Sales defende sobre a linha

O Ceilândia está na final dos Juniores 2018. Não foi fácil. O Formosa foi um grande adversário.  Depois da vitória no jogo de ida, o Ceilândia viajou até Formosa sabendo que sofreria. E sofreu.

Sales novamente impede o gol do Formosa. História seria diferente
Sales novamente impede o gol do Formosa. História seria diferente

O Formosa começou melhor que o Ceilândia. O Gato Preto chegou a equilibrar a partida entre o vigésimo e o trigésimo minuto do primeiro tempo. A iniciativa, contudo, sempre foi do adversário. O sistema defensivo do Ceilândia trabalhou bastante.

O Formosa deu muito trabalho ao Ceilândia
O Formosa deu muito trabalho ao Ceilândia

As melhores oportunidades do Formosa ocorreram no primeiro tempo. Na mais importante delas, aos 12 da primeira etapa, Sales defendeu  salvou sobre a linha em duas oportunidades.

Veio o segundo  tempo e esperava-se que o Ceilândia assumisse o controle da posse de bola. Não foi o que aconteceu. O Formosa continuou com a posse de bola. Rondava a área do Ceilândia, mas a defesa do Ceilândia negava-lhe o último passe ou uma oportunidade clara.

Abdio mostrou muita disposição para lutar contra toda a defesa do Formosa
Abdio mostrou muita disposição para lutar contra toda a defesa do Formosa

Em resumo: a despeito da maior posse de bola do Formosa, Christian não era exigido.

O jogo começou a mudar por volta dos 20 do segundo tempo. O Ceilândia chegou a primeira vez despretensiosamente e conseguiu um escanteio. Na segunda vez que chegou, o incansável Abdio chutou fraco para a defesa do goleiro alviverde. Dois minutos depois, Abdio voltou a chutar ao gol adversário, agora com perigo.

Warley fez o gol da vitória: muita comemoração
Warley fez o gol da vitória: muita comemoração

Seis minutos depois, aos 28, o Ceilândia fez 1×0  com Warley, que entrara no segundo tempo. Havia tempo para sofrimento. O Formosa aumentou a pressão, mas foi sempre dominado pelo sistema defensivo do Ceilândia.

Ceilândia vence e está na final do Metropolitano de Juniores 2018
Ceilândia vence e está na final do Metropolitano de Juniores 2018

O Gato Preto era perigoso nos contra-ataques e, nos minutos finais, faltava força ao Formosa. O Ceilândia, ao contrário, poderia ter feito o segundo, mas a bola de Alan explodiu no travessão. No final e apesar do sofrimento, resultado justo.

O Ceilândia espera agora o vencedor de Legião e Real.

Juniores tem crescido de produção nesta reta final: mas nada está garantido

Juniores tem jogo mais importante do ano. Feminino disputa torneio em Goiás

Juniores tem crescido de produção nesta reta final: mas nada está garantido
Juniores tem crescido de produção nesta reta final: mas nada está garantido

Os juniores do Ceilândia voltam a campo neste sábado para enfrentar o Formosa, jogo válido pelas semifinais do Candanguinho 2018. O Gato Preto venceu o jogo de ida por 1 x 0,  mas a forte equipe do Ceilândia terá o  desafio de passar pela equipe goiana que até o momento tem feito uma campanha consistente e, na primeira fase,  fez um campanha melhor que a do CEC.

Defesa do Ceilândia foi muito exigida. Consistência defensiva tem sido a chave até o momento
Time feminino tem torneio no Goiás antes  da fase decisiva do Candangão da categoria.

Na outra semifinal, Legião e Real farão o jogo de volta na quarta, dia 25. Na primeira partida empate sem gols.  Pelo regulamento, Formosa tem vantagem em caso de empate contra o Ceilândia. O mesmo ocorre com o Legião diante do Real.

Time feminino vai disputar competição no Estado de Goiás.

Já a equipe feminina se prepara para a retomada do campeonato feminino. Neste final de semana (21 e 22 de julho) , na cidade de Damolândia, o Gato Preto participará de um torneio patrocinado pelo Aliança Futebol Clube-GO, ao lado do DDA-MG.

Na semana seguinte, o Ceilândia Feminino enfrentará o Santa Maria pela última rodada da fase de classificação do Campeonato Feminino.  Se vencer, o Ceilândia garante classificação às semifinais da competição.

 

No jogo de ida, Gago voltou a fazer boa partida. Importante crescer na hora certa

Ceilândia x Formosa: Desafio de classificar-se e manter trajetória ascendente

No jogo de ida, Gago voltou a fazer boa partida. Importante crescer na hora certa
No jogo de ida, Gago voltou a fazer boa partida. Importante crescer na hora certa

O Ceilândia decide hoje, 15h30, no Abadião, uma vaga nas semifinais do Candangão 2018. Ontem, o Brasiliense voltou a vencer o Paracatu por  2 x 0 e garantiu uma vaga na semifinal. Na outra partida do dia, o Luziânia eliminou o Gama em pleno Bezerrão  ao vencer o alviverde por 1 x 0.

Formiga passou em branco contra o Formosa: Ceilândia precisa de gols para ganhar tranquilidade
Formiga passou em branco contra o Formosa: Ceilândia precisa de gols para ganhar tranquilidade

O Gato Preto tem dois desafios nesta tarde: conseguir uma vaga nas semifinais e manter a trajetória ascendente dos pontos de vista técnico e tático. O time tem mantido uma boa estrutura de jogo e isso dá esperanças à torcida alvinegra.

Desconforto muscular tirou Didão no final da partida: preocupa
Desconforto muscular tirou Didão no final da partida: preocupa

O Ceilândia tem problema para o jogo de hoje. O capitão Didão sentiu incômodo muscular e é dúvida. Se não puder jogar, Emerson Martins deve recuar para jogar ao lado de Kasado. O problema se transfere para a meia. A opção mais natural seria Alcione. O meia foi figura importante no primeiro semestre de 2017, mas este ano está devendo.

O prazo para novas inscrições terminou nesta quarta sem movimentações no BID por qualquer das equipes envolvidas nas quartas-de-final. Isso significa que os times irão até o final da competição com os planteis atuais.

 

 

Gago voltou a fazer boa partida, mas ainda pode render muito mais tática e tecnicamene

Gato Preto já se prepara para os 90 minutos restantes

Didão saiu na metade do segundo tempo. Preocupa
Didão saiu na metade do segundo tempo. Preocupa

Os Ceilãndia volta aos trabalhos na Cidade do Gato com vistas aos 90 minutos restantes das quartas-de-final do Candangão 2018 contra o Formosa. Sem muito tempo para treinar e com menos tempo ainda para descansar, o jogo na quinta-feira dá ao Ceilândia uma rara oportunidade de conjugar essas duas necessidades.

Gago voltou a fazer boa partida, mas ainda pode render muito mais tática e tecnicamene
Gago voltou a fazer boa partida, mas ainda pode render muito mais tática e tecnicamene

Na Cidade do Gato o clima é de seriedade. O Ceilândia sabe que ainda não garantiu a classificação e que o adversário pode reverter essa desvantagem inicial.  Para evitar que isso ocorra, há o consenso que o alvinegro precisa manter uma trajetória ascendente na competição.

O Formosa tem boas peças e vai exigir muito do Ceilândia
O Formosa tem boas peças e vai exigir muito do Ceilândia

Em meio a tudo isso, o Ceilândia corre em busca de reforços. A data limite é amanhã. Depois de perder Batata e Vavá, o Ceilândia corre em busca de atacantes. O tempo é curto. O problema ficou ainda maior porque Wallace Jesus lesionou o adutor e vem desfalcando o time.

Gato leva boa vantagem para a partida de volta
Lucas estava integrado ao profissional, agora está regularizado

Ontem,  o Ceilândia inscreveu dois juniores: Lucas(19 anos)  e Vitor Hugo (21). mas ainda precisa de mais reforços para esta reta final. A área mais crítica, obviamente, é o ataque.

Outra preocupação é Didão. O Capitão deixou o jogo ainda na metade do segundo tempo e é dúvida para o jogo deste meio de semana. Se não jogar,  o motorzinho e cérebro da equipe, Emerson, deve ser recuado para fazer a função do Capitão.

 

Ronan dá números finais aos primeiros 90 minutos do confronto. Ainda restam 90

Nos primeiro noventa: Ceilândia 2 x 0. Faltam mais 90.

Vice-presidente do Ceilândia e Didão recebem o troféu de campeão da 1a fase do Candangão 2018
 Didão recebe o troféu de campeão da 1a fase do Candangão 2018

O Ceilândia conquistou importante resultado na disputa de quartas-de-finais ao passar pelo Formosa por 2 x 0. No jogo da tarde deste domingo, o Gato Preto enfrentou um adversário valente e que valorizou bastante a vitória alvinegra.

Kabrine foi muito exigido: correspondeu à altura do desafio
Kabrine foi muito exigido: correspondeu à altura do desafio

O Ceilândia tomou a iniciativa das ações nos primeiros minutos. O Gato Preto empurrou o Formosa para o seu campo de defesa e passou a rondar a área adversária. Apesar da superioridade, o Ceilândia foi incapaz de criar situações claras de gol. A iniciativa inverteu-se na segunda metadade do primeiro tempo e, tal qual o Ceilândia, o Formosa não criou situações claras de gol.

Kasado terminou com a faixa de capitão
Kasado terminou com a faixa de capitão

Apesar da igualdade  na iniciativa, havia uma diferença entre as duas equipes: o Ceilândia tinha um jogo mais estruturado e as suas ações ofensivas eram melhor apoiadas que as de seu adversário.

Didão sobe para fazer Ceilândia 1 x 0
Didão sobe para fazer Ceilândia 1 x 0

Veio o segundo tempo e tudo mudou rapidamente. Logo aos dois minutos, Didão abriu o placar para o  Ceilândia.  Em desvantagem, o Formosa tentou empurrar o Gato Preto para seu campo de defesa. O Ceilândia soube conter o ímpeto de seu adversário e, com mais espaços, ofertou jogadas de perigo com mais regularidade.

Alegria do Capitão contrasta com a preocupação: Didão saiu aos 21
Alegria do Capitão contrasta com a preocupação: Didão saiu aos 21

Houve poucos minutos em que o Ceilândia perdeu um pouco da sua estrutura de jogo. Isso se deu entre o 15º e o 23º minuto. Didão saiu aos 21 para a entrada de Adriano e chegou-se a temer pelo pior. Não foi isso que aconteceu. O Gato Preto recuperou a consistência defensiva e passou a controlar o jogo chegando com perigo à área adversária.

Sem atacantes no banco, Adelson testou Julio Ferrari no ataque
Sem atacantes no banco, Adelson testou Julio Ferrari no ataque

Faltava, contudo, o segundo gol. Ele veio aos 34 em jogada de puro oportunismo de Ronan.  Com 2 x 0 no marcador, o Gato Preto administrou o resultado. O Formosa também evitou se expor e manteve as chances de classificação vivas. Na quinta-feira os times voltam a se enfrentar.

Ronan dá números finais aos primeiros 90 minutos do confronto. Ainda restam 90
Ronan dá números finais aos primeiros 90 minutos do confronto. Ainda restam 90

Em meio ao bom resultado, uma preocupação. Didão saiu aos 21 e preocupa. O time conseguiu portar-se bem sem o seu Capitão, mas é sempre melhor ter o talento de Didão à disposição.

Kasado deve voltar contra Formosa. Adriano volta a ser opção

FFDF divulga tabela do mata-mata

Kasado deve voltar contra Formosa. Adriano volta a ser opção
Kasado deve voltar contra Formosa. Adriano volta a ser opção

A FFDF publicou nessa quinta-feira a tabela das quartas-de-final do Candangao 2018. O Gato Preto joga no domingo, 16h, no Diogão contra o Formosa.  A volta será na quinta-feira, 15h30, no Abadião.

Para o jogo deste domingo, o Ceilândia deve contar com o retorno de Kasado. O jogador teve problemas de saúde e não jogou contra o Samambaia.

 

DataJogoEstádio
Formiga marca o seu segundo gol, o quinto do Ceilândia

Ceilândia vence Samambaia e enfrenta Formosa nas quartas

Apesar da goleada, Wendel teve participação importante em momentos decisivos do jogo
Apesar do Ceilândia ter goleado o Samambaia, Wendel teve participação importante em momentos decisivos do jogo

O remodelado Ceilândia conseguiu um feito que a princípio parecia inatingível: terminou a fase de classificação do Candangão 2018 em primeiro lugar e, de quebra, bateu o recorde alvinegro na competição ao atingir 25 pontos, marca concretizada com os três pontos da vitória de hoje sobre o Samambaia.

Cariri teve oportunidade: dessa vez fez o simples e uma boa partida
Cariri teve oportunidade: dessa vez fez o simples e uma boa partida

Não foi um jogo fácil, como acontece quando se enfrenta times desesperados para evitar o rebaixamento. O primeiro tempo foi quase que integralmente dominado pelo Ceilândia. O Gato Preto fez 1 x 0 logo aos 15 minutos, quando Emerson Martins colocou Formiga cara a cara com o goleiro adversário. O artilheiro do Ceilândia em 2018 não se fez de rogado e fez 1 x 0.

Dadinho entrou e quase fez um belo gol
Dadinho entrou e quase fez um belo gol

O Ceilândia encontrava muita facilidade para chegar até a área adversária. Essa facilidade fez mal ao time alvinegro que deixou de fazer o simples. O futebol castiga.  Como o Ceilândia não fazia, o Samambaia teve a oportunidade e empatar aos 42, quando o árbitro viu pênalti em jogada disputada por Cocada. Amoroso bateu e empatou o jogo.

Ronan, como sempre, útil taticamente e autor de um gol
Ronan, como sempre, útil taticamente e autor de um gol

Nem deu tempo para o Ceilândia se recuperar. Falha defensiva e, na cobrança de escanteio, Amoros fez 2 x1 para o Samambaia. O time visitante sequer teve tempo de comemorar. Dois minutos depois o árbitro devolveu a gentileza e marcou pênalti para o Ceilândia e falta sobre Formiga, Elivelto bateu e empatou o jogo.

Ronan comemora o terceiro gol do Ceilândia, o gol da virada
Ronan comemora o terceiro gol do Ceilândia, o gol da virada

Na volta para o segundo tempo, o Ceilândia voltou melhor. A desorganização do primeiro tempo ficou no passado. O Gato Preto impôs o seu jogo. Organizado em campo, o Ceilândia foi se acercando do gol da virada. Aos 25, bela jogada pela direita de ataque e o pequenino Ronan virou o jogo: Ceilândia 3 x 2.

Cauê cabeceia firme para fazer Ceilândia 4 x 2
Cauê cabeceia firme para fazer Ceilândia 4 x 2

O Samambaia era valente e tentou ir ao ataque. O Gato Preto, diferente do primeiro tempo, manteve-se organizado. O quarto gol veio aos 36. Um prêmio para o valente Cauê que foi abraçado por todos do banco.  Aos 47, Formiga recebeu livre e marcou o quinto gol do Ceilândia.

Formiga marca o seu segundo gol, o quinto do Ceilândia
Formiga marca o seu segundo gol, o quinto do Ceilândia

Com os resultados da última rodada, o Gato Preto enfrentará o Formosa. O adversário empatou com o Brasiliense em 2 x 2. Promessa de jogo complicado. Seria complicado contra qualquer adversário. O Ceilândia precisa estar preparado para as próximas batalhas.

Classificação atual do Candangão 2018

PosClubeJVEDGPGCSPts
117103425121333
21710342416833
31593325111430
41373323131024
5154921713421
6135352019118
7135351417-318
8133551218-614
911317816-810
10112271322-98
1111137719-126
1211128719-125

 

Rogerio Juidecce, Adelson e Cassius: muito trabalho antes da sequencia de jogos

Ceilândia: 8 jogos em menos de um mês. Domingo: Bolamense

Rogerio Juidecce, Adelson e Cassius: muito trabalho antes da sequencia de jogos
Rogerio Juidecce, Adelson e Cassius: muito trabalho antes da sequencia de jogos

O Ceilândia sofreu com a sequência de jogos no mês de janeiro e início de fevereiro. O desgaste era visível de alguns atletas, principalmente no segundo tempo.  O efeito dos jogos sobre Formiga surgiram em forma de contusão. Gago também sentia a sequência de jogos.

Adelson deve estar agradecendo a semana de folga para recuperar os atletas desgastados. Rogerio Giudecce terá tempo para realizar o polimento no preparo físico dos atletas para uma sequência inimaginável de jogos, trabalho que não teve tempo de realizar com a sequência de jogos disputados.

O Ceilândia deve realizar 8 jogos em aproximadamente um mês. Depois, a se classificar para o mata-mata, o Ceilândia enfrentará outra maratona de jogos, agora decisivos.

Para o jogo deste final de semana, Adelson não deverá contar com Formiga. É difícil apontar um jogador no elenco que possa desempenhar a função tática que Formiga tem desempenhado. Nenhuma mudança é tão simples. Ronan e Wallace Jesus seriam as opções mais óbvias, mas isso implica mudar a maneira de jogar. Esperar e ver.

 

Adriano deu passe para o segundo gol e poderia ter feito o terceiro

Ceilândia passa pelo Formosa: 3 x 0

Adelson optou por Jefferson e deixou Cauê no banco.
Adelson optou por Jefferson e deixou Cauê no banco.

O Ceilândia conquistou a sua primeira vitória no Candangão 2018. Jogando na tarde desta quarta no Abadião, o Gato Preto precisou usar da paciência para furar a retranca adversária.

Didão foi discreto na maior parte do tempo e abriu o caminho para a vitória
Didão foi discreto na maior parte do tempo e abriu o caminho para a vitória

O primeiro tempo foi disputado em banho-maria. O Ceilândia teve a quase totalidade da posse de bola, mas se resumia a trocar passes no próprio campo de defesa. O Formosa não queria atacar, o Ceilândia não conseguia.

Vavá deu muito trabalho para a defesa do Formosa. Esta parou no travessão
Vavá deu muito trabalho para a defesa do Formosa. Esta parou no travessão

Apesar das dificuldades encontradas no primeiro tempo, o Ceilândia ainda consguiu criar duas boas situações de gol. Na primeira, bela jogada pela esquerda de ataque e o passe sob medida para Emerson Martins bater forte da entrada da área para boa defesa de Pedro. 

Formiga foi muito importante. Primeiro taticamente e depois quando fez o segundo gol do Ceilândia
Formiga foi muito importante. Primeiro taticamente e depois quando fez o segundo gol do Ceilândia

Na segunda oportunidade, Vavá, que deu muito trabalho para a defesa goiana, cabeceou no travessão.

O time voltou para o segundo tempo com Adriano no lugar de Kasado. Adelson recuou Emerson Martins e com isso tentava resolver o problema da transição. 

Adriano deu passe para o segundo gol e poderia ter feito o terceiro
Adriano deu passe para o segundo gol e poderia ter feito o terceiro

Não demorou  e o Ceilândia fez 1 x 0. Escanteio cobrado por Kabrine e Didão desviou para o fundo do gol logo aos 6. Com a vantagem, o Ceilândia passou a dar espaços para o Formosa. O time goiano aproveitou-se da falha na marcação e passou a rondar a área alvinegra. Adelson, por sua vez, insistia para que o time subisse a marcação. 

oportunidade do Formosa, o penalti parou na trave
Na melhor oportunidade do Formosa, o penalti parou na trave

O segundo gol do Ceilândia veio quando o Formosa tentava sair para o jogo. Com isso, também deixou espaços. Adriano fez belo lançamento para Formiga que ganhou a dividida com Pedro e tocou para o fundo do gol.

Elivelto deu força ao ataque pela esquerda
Elivelto deu força ao ataque pela esquerda

Após o segundo gol o Ceilândia assumiu o controle do jogo por completo. As oportunidades de gol foram se sucedendo até que Gustavo Gago, aos 40 fez o terceiro. Antes contudo, sobrou emoção.

Gago estufa a rede: Ceilândia 3 x 0
Gago estufa a rede: Ceilândia 3 x 0

O Formosa teve a chance de diminuir na cobrança de penalti. A bola explodiu no poste direito de Wendell e, no contra-ataque, o Ceilândia matou o jogo.

No próximo domingo o Ceilândia vai a Luziânia enfrentar o Real.

Allan Dellon: uma temporada descente

Allan Dellon e Wallace Jesus regularizados

Allan Dellon: uma temporada descente
Allan Dellon retorna ao Ceilândia

O Ceilândia enfrenta o Formosa na tarde desta quarta, com ingressos a 10 reais, no Abadião, em sua segunda partida do Candangão 2018.

Wallace Jesus em ação pelo Brasíília no ano passado
Wallace Jesus em ação pelo Brasíília no ano passado

Em meio aos preparativos para o jogo, duas novidades: os registros de Allan Dellon e de Wallace Jesus. Allan Dellon é velho conhecido da torcida alvinegra. Já Wallace Jesus tem 21 anos e disputou o Candangão 2017 pelo Brasília. 

Para o jogo desta tarde, o Ceilândia terá o provável retorno de Alcione.

 

Dúvida durou pouco tempo: Alcione comemora gol da vitória

Ceilândia encara Formosa nesta quarta no Abadião

Meio é ineficiente na marcação e no ataque
Allan Dellon ainda não está em condições de jogar contra o Formosa

Depois de ser mais consistente que o Luziânia durante todo o tempo na partida de domingo e ter que se contentar com o empate, o Ceilândia volta a campo nesta quarta, 16h, no Abadião, diante do Formosa.

O Gato Preto vem de uma sequencia de duas boas atuações. Nos jogos contra Corumbaense e Luziânia, apesar de sempre melhor que seus adversários, o Ceilândia criou poucas oportunidades de gol.

Outro ponto positivo no processo tem sido a defesa. O Ceilândia não sofreu gol nesses jogos e Wendell, nas poucas vezes que foi exigido, mostrou a segurança exigida.

A direção ainda não divulgou os preços dos ingressos para esta quarta. A princípio os ingressos custarão dez reais a meia entrada.

Romarinho faz Ceilândia 1 x 0

Ritmo de Treino: Gato Preto bate Formosa

Dudu tem feito boas partidas defensivamente: ganhando confiança
Dudu tem feito boas partidas defensivamente: ganhando confiança

Em partida adiada da segunda rodada, o Ceilândia foi a Formosa e venceu o time da casa por 2 x1. Com esse resultado o Gato Preto cortou pela metade a distância que o separa dos líderes da competição.

Filipe Cirne esteve melhor que nos últimos jogos: tarefa difícil de dar equilíbrio e dinamismo ao time
Filipe Cirne esteve melhor que nos últimos jogos: tarefa difícil de dar equilíbrio e dinamismo ao time

O Ceilândia fez o suficiente para vencer o Formosa. O jogo começou com o Ceilândia dando a impressão que seria uma partida fácil. Tomou a iniciativa do jogo, trocava passes em progressão com facilidade até a área do Formosa.  A impressão não durou muito tempo.

Pausa para o selfie na torcida do Ceilândia
Pausa para o selfie na torcida do Ceilândia

O Formosa rapidamente equilibrou as ações e, se não levava perigo à meta alvinegra, o inverso também era verdadeiro. Nos primeiros trinta minutos apenas um goleiro trabalhou e foi Artur. Bola alçada na área e o goleiro alvinegro foi obrigado a fazer uma boa defesa.

Romarinho faz Ceilândia 1 x 0
Romarinho faz Ceilândia 1 x 0

O jogo seguiu morno até os 39 minutos quando, em escanteio cobrado por Filipe Cirne, Badhuga cabeceou com perigo e a bola desviou na defesa adversária. Novo escanteio e Romarinho cabeceou duas vezes, a segunda no rebote, para fazer Ceilândia 1 x 0.

Adelso e John: Ceilândia venceu por suas individualidades, mas não como time e isso parecia incomoda-los
Adelso e John: Ceilândia venceu por suas individualidades, não como time. Isso parecia incomoda-los

O resultado premiava o Ceilândia não como time, mas por seus valores individuais. Veio o segundo tempo e o panorama da partida seguia o mesmo. O Formosa fazia força para chegar minimamente organizado. O Ceilândia, melhor individualmente, parecia um tanto quanto acomodado com a vantagem.

Wallinson tenta salvar: Ceilândia castigado por sua prepotência
Wallinson tenta salvar: Ceilândia castigado por sua prepotência

Aos 14 do segundo tempo veio o castigo. O Ceilândia chegou bem, com Filipe Cirne, Gilmar e Romarinho, mas Filipe preferiu bater de longe. A bola saiu fraca, nas mãos do goleiro que iniciou rapidamente o contra-ataque. Na conclusão do lance, Lincoln empatou o jogo.

Dúvida durou pouco tempo: Alcione comemora gol da vitória
Dúvida durou pouco tempo: Alcione comemora gol da vitória

O Ceilândia não se abalou: manteve o estilo de jogo definido para hoje. Sabia que, em circunstâncias normais, os valores individuais resolveriam. Quatro minutos depois, Gilmar Erê recebeu belo passe de Filipe Cirne e cruzou pela direita, o goleiro cortou  e Alcione desempatou.

Artur teve pouco trabalho
Artur teve pouco trabalho

Depois, Adelson mexeu no time para a entrada de Elivelto (Filipe Cirne). Elivelto não tem a característica de Filipe Cirne, que conduz a bola, mas ambos são bons no último passe. Elivelto contudo, parece ter dado mais equilíbrio e dinamismo ao time.  Era o jogador certo para aquele momento do jogo, tal como Filipe fora o jogador certo no segundo gol alvinegro.

Elivelto tem trabalhado silenciosamente e, quando entra, tem entrado bem
Elivelto tem trabalhado silenciosamente e, quando entra, tem entrado bem

O fato é que, depois do gol, o Ceilândia não foi incomodado seriamente. Poderia ter feito o terceiro ou quarto. Não o fez. Ganhou em ritmo de treino, mas o campeonato vai exigir muito mais que hoje.

Mario esteve abaixo das últimas apresentações: o Ceilândia também

Sete pontos atrás e remo para remar

Cristiano entrou no lugar de Badhuga:não comprometeu
Em 2016, no último confronto: um sofrível 0 x 0 entre Ceilândia e Formosa

Ceilândia vai a Formosa nesta quarta enfrentar o time da casa. Com sete pontos de diferença para os líderes do Candangão 2017, o Gato Preto tem muito tem muito que remar.

Com jogos a cada três ou quatro dias, o  técnico Adelson de Almeida sabe que precisa rodar o elenco para as fases decisivas da competição. No  jogo contra o Luziânia, Adelson já descansou alguns de seus atletas e poupou Didão nos minutos finais.

Há cinco anos que o Ceilândia não enfrenta o Formosa no Diogão. A última vez foi em 2012, na vitória do Gato Preto por 3 x 2. De lá para cá, mais três jogos: vitória do Formosa em 2014, no Serra do Lago, por 2 x 1 e dois empates: 1 x 1  em 2015 no Augustinho Lima e 0 x 0 no Regional em 2016.

Formosa vs Ceilândia EC

Diogo Francisco Gomes
Campeonato Candango