Tag: Friburguense

Capitão preocupa para o primeiro confronto

Primeiro jogo das oitavas será sábado, 16h, no Regional

Capitão preocupa para o primeiro confronto
Capitão preocupa para o primeiro confronto

A CBF definiu as datas e horários dos jogos do Ceilândia contra o América-RN pelas oitavas da D2017. A primeira partida será neste sábado, 16h, no Regional. A volta está marcada para a sexta seguinte, 21h, em Natal.

Vivendo boa fase, o Ceilândia sabe que terá um duro adversário pela frente. Embora não possua jogadores conhecidos do grande público, o América tem um time experiente,  como  seria todo adversário nessa fase da D2017. 

Dim Oliveira deu muito trabalho para a defesa do Comercial, mas faltou sorte nas conclusões
Dim Oliveira deu muito trabalho para a defesa do Comercial, mas faltou sorte nas conclusões

A média de idade do time base americano é de 28 anos, muito parecido com o Ceilândia (um pouco mais jovem). Dos 14 jogadores mais utilizados pelo técnico Leandro Campos 7 têm trinta ou mais anos de idade. É um time rodado e calejado nas divisões menores do futebol brasileiro. 

As informações vem e também vão. Sabe-se que o América-RN tem boas informações sobre o Ceilândia. A experiência do time na Série D é lembrada e Filipe Cirne e Elivelto são os nomes mais constantes nessas discussões. Liel por sua passagem pelo ABC também é lembrado.

Lauro vem recuperando a forma, mas ainda não estreou
Lauro vem recuperando a forma, mas ainda não estreou

Alheio a esse jogo de informações o Ceilândia treina. O time sabe a dificuldade aumenta a cada ano e não é possível subir sem passar por grandes adversários. No passado foi a Friburguense, depois o Fluminense de Feira e agora o América-RN, sempre nas oitavas.

Experiências de Pedrão e Liel, juventude de Carlos Henrique e Dim nas oitavas da série D2017
Experiências de Pedrão e Liel, juventude de Carlos Henrique e Dim nas oitavas da série D2017

Artur, Dudu, Pedrão, Badhuga, Elivelto, Didão (Vitão), Liel, Emerson Martins, Carlos Henrique, Filipe Cirne e Dim (Wanderson Costa) vivem bom momento e podem levar o Gato Preto onde o time de 2016 não chegou. Sábado começa.

 

Flavio pelo Ceilândia em 2012: agora, no lado adversário

Um velho conhecido…

Baiano está fora do próximo confronto: cartões
Baiano está fora do próximo confronto: cartões

O Ceilândia sabe que terá pela frente um time muito experiente. O Fluminense-Ba tem jogadores rodados e contratou recentemente Paulo Paraíba, titular absoluto e capitão que conduziu o River-PI no acesso da Série D para a C em 2015.

Um jogador do Fluminense-Ba,  Flávio esteve na campanha do Ceilândia na Série D 2012. Na oportunidade, o meia Flávio foi contratado na reta final e participou do jogo decisivo contra a Friburguense, no Rio de Janeiro.

O Ceilândia, que empatara o jogo de ida, em casa, por 0 x 0, viu a classificação de perto, mas um gol no final da partida mudou a história. Com a vitória por 2 x 1, a Friburguense decidiu a vaga contra o CRAC que acabou levando a melhor.

Flavio pelo Ceilândia em 2012: agora, no lado adversário
Flavio pelo Ceilândia em 2012: agora, no lado adversário

Flávio está em sua segunda passagem pelo Fluminense-Ba. Neste campeonato da Série D, participou como titular em quatro dos oito jogos do Touro do Sertão. Isso só demonstra a qualidade do time adversário.

Ontem,  foram decididos os demais confrontos; Atletico-AC x Princesa do Solimões-AM, Moto Clube-MA x Juazeirense-BA, Malucelli-PR x São Bento-SP, Anapolis-GO x Volta Redonda-RJ, Campinense x Itabaiana-SE e Inter-SC x Ituano-SP.

O Atletico Acreano fez 8 x 0 no Náutico-RR e passou o Ceilândia na classificação geral. Importante realçar que os confrontos na quarta-fase, que decidirão quem sobe e quem desce, serão decididos pela classificação geral.

Ressaltando que existe uma grande margem de erro, o vencedor de Ceilândia e Fluminense-BA tem perspectivas diferentes para as fases seguintes: o Ceilândia teria pela frente o vencedor de São Bento x Malucelli enquanto que o Fluminense teria pela frente o vencedor de Altos-PI x CSA.

O Gato Preto retoma os trabalhos nesta segunda.

 

Em 2012, Ceilândia chegou na semi-final da região centro-sudeste, mas foi eliminado por outro tricolor: Friburguense

CBF confirma as datas dos confrontos entre Ceilândia e Fluminense-BA

Em 2012,  Ceilândia chegou na semi-final da região centro-sudeste, mas foi eliminado por outro tricolor: Friburguense
Em 2012, Ceilândia chegou na semi-final da região centro-sudeste, mas foi eliminado por outro tricolor: Friburguense

A CBF divulgou, na noite de ontem, as datas e os horários dos confrontos entre Ceilândia e Fluminense-BA. O primeiro jogo será realizado em 14 de agosto de 2016, às 16h00, em Feira de Santana. O jogo de volta está marcado para o sábado, 20 de agosto, às 15h30 no Estádio Regional.

O confronto entre Ceilândia e Fluminense define qual o time da região centro-nordeste que irá disputar a decisão por uma vaga na Série C 2017. O jogo é como se fora uma semi-final.

Os demais confrontos também irão decidir quais os times irão representar suas respectivas regiões nas decisões por vagas:

Malucelli x São Bento (região sul-sudeste)

CSA x Altos (região nordeste)

Anápolis x Volta Redonda (centro-sudeste)

Campinense x Itabaiana (nordeste)

Internacional x Ituano (sul-sudeste)

Faltam ser definidos os representantes das regiões (meio-norte e norte).

Para esta quinta, a programação do Ceilândia prevê treinos físicos tanto na parte da manhã, quanto na parte da tarde.

 

Related Images:

Em 2012, CEC caiu na semifinal da região centro-sul diante da Friburguense

Série D: Possíveis adversários do Ceilândia

Em 2012, CEC caiu na semifinal da região centro-sul diante da Friburguense
Em 2012, CEC caiu na semifinal da região centro-sul diante da Friburguense nos últimos minutos

O Campeonato Brasileiro da Série D terá início no começo de junho, mas até agora a CBF não divulgou a composição dos grupos e a tabela.

Boa parte dos problemas se deve à indefinição dos participantes. Alguns clubes desistiram de participar da competição por problemas financeiros. O regulamento previa que as desistências deveriam ocorrer quarenta e cinco dias antes do início da competição, mas algumas vagas somente foram decididas recentemente.

O Ceilândia EC ficará em um grupo composto por representantes de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Goiás.

Há dúvida quanto aos critérios da CBF na montagem dos grupos: se o ranking da CBF ou se a classificação nos Estaduais. Se esse for o critério, o Ceilândia deve enfrentar o campeão de um estado e vice do outro. Na primeira hipótese, o Ceilândia deve enfrentar Sinop (MT) e Comercial (Campo Grande-MS), mais um time de Goiás (Anápolis, Aparecidense ou Goianésia).

A segunda hipótese é enfrentar Sete de Dourados (MS) e Araguaia (de Barra do Garças-MT, mas que pode mandar seus jogos na Arena Pantanal em Cuiabá-MT) mais um time goiano (Anápolis, Aparecidense ou Goianésia. A princípio, é improvável que o grupo do Ceilândia seja composto por Sete de Dourados e Sinop, mais um time goiano.

Related Images:

Confusão no final da partida: 4 jogos para Panda

Expulsão contra Friburguense: Panda pega quatro jogos

Confusão no final da partida: 4 jogos para Panda
Confusão no final da partida: 4 jogos para Panda

A partida já se encaminhava para o seu final quando houve uma confusão na altura da bandeirinha localizada no lado direito de defesa do Ceilândia. No meio da confusão era possível ver um jogador do Friburguense caído e Panda saindo de campo.

Naquele momento, o Ceilândia corria atrás de um gol que lhe daria a classificação, mas já não demonstrava força para tanto.

Na súmula, o árbitro disse que Panda teria agredido o adversário com um soco. No julgamento realizado, Panda foi punido com quatro jogos de suspensão. E poderia ter sido punido com doze!

Como o Ceilândia foi eliminado da Série D, Panda cumprirá a punição na próxima competição nacional que o Gato disputar. Nesse caso, o zagueiro está fora dos primeiros jogos da Copa do Brasil 2013.

Related Images:

Não deu: sonho da Série C recomeça em 2013

Andre Tavares persegue Flavinho: o lateral foi o maior problema do CEC
Andre Tavares persegue Flavinho: o lateral foi o maior problema do CEC

O Ceilândia fez uma boa partida diante do Friburguense, no Rio de Janeiro, mas sofreu a virada e viu o sonho da Série C ser suspenso até 2013.

Foi uma partida muito interessante. O Ceilândia voltou a sua formação tática originária, com Flávio no lugar de Didão e André Teixeira no lugar de Cassius.

Edmar faz defesa incrível
Edmar faz defesa incrível

Os primeiros movimentos foram da Friburguense. O Ceilândia conteve o ímpeto do adversário e o jogo ficou de intermediária a intermediária. A Friburguense tinha a iniciativa do jogo.

O CEC não chegava ao gol adversário e na primeira real chance de gol, o Gato abriu o marcador com André Teixeira de cabeça aos 40 do primeiro tempo.

Veio o segundo tempo e o Ceilândia sequer teve tempo de se assentar em campo. Flavinho levou vantagem sobre Alcione, serviu a Marcelo que foi ao fundo e bateu forte. A bola encontrou Ziquinha que empatou a partida.

Flavio teve uma atuação discreta: pouco tempo no time
Flavio teve uma atuação discreta: pouco tempo no time

O CEC sentiu o gol e o Friburguense foi todo à frente. Aos 12, num escanteio sem muitas pretensões, a defesa foi enganada pelo quique da bola que sobrou para Romulo fazer 2 x 1 para o time da casa.

Depois do gol o Ceilândia foi para cima do adversário. Adelson colocou Tallys, tirando Alcione, Cassius (Andre Tavares) e Luiz Fernando (Flavio) e o CEC por instantes esteve proximo de empatar.

No primeiro lance, o goleiro do Friburguense falhou e Cassius serviu Allan Dellon. A bola  já se encaminhava em direção ao fundo do gol quando o zagueiro salvou em cima da linha.

Dimba teve a chance do jogo: na trave!
Dimba teve a chance do jogo: na trave!

Na sequencia, Dimba recebeu livre dentro da área e desviou para a bola chocar-se contra o poste direito do Friburguense. Um minuto depois, após um escanteio, Panda cabeceou a bola, mas a pelota caprichosamente foi para a linha de fundo.

Nos minutos finais o Ceilândia cansou. O Friburguense administrou o final do jogo e até poderia ter feito o terceiro.

Ao fim, a desolação pela derrota. A classificação foi perdida em casa, mas isso é futebol.

Related Images:

Por uma vaga na decisão

20120909-080926.jpg

O Ceilândia decide hoje, as 15h, contra o Friburguense uma vaga na decisão do grupo da região Centro-Sudeste da Serie D Nacional.

O campeão da região Centro-Sudeste garante uma vaga na C Nacional.

Em razão do empate no jogo de ida, quem vencer passa adiante. Empate sem gols leva aos penaltis. Empate com gols classifica o Ceilândia.

Adelson testou diversas variacoes durante a semana. Flavio e André treinaram entre os titulares.

Related Images:

Decisão na serra: Ceilândia joga o ano

20120908-064001.jpg

O Ceilândia viajou para Nova Friburgo para aquela que é a partida mais decisiva do ano.
O Gato enfrentará a Friburguense, às 15h deste domingo,precisando vencer um adversário que até agora não perdeu na competição.
O Friburguense, com exceção da atípica partida diante do Guarani-MG, tem se destacado principalmente por seu forte esquema defensivo. É um time que cria poucas oportunidades, mas as aproveita.
Mudado o que deve ser mudado, o que foi dito em relação ao Friburguense serve ao Ceilândia.
O time de Dimba e Allan Dellon sempre se destacou por sua defesa. Agora, tanto CEC quanto Friburguense precisam abandonar suas características.
Quem conhece ambos os treinadores acredita que nada vai mudar: jogo truncado a vista.
O Ceilândia ensaiou um esquema com três atacantes. Poucos acreditam em mudanças, mas Adelson pode variar o esquema durante a partida.
Empate com gols classifica o CEC. O sentimento é o de que empate tem que ser consequencia e não objetivo. Se acontecer, será bem vindo, mas o primeiro passo para a derrota é procurar o empate. O jogo terá de ser jogado.

Ceilândia: favoritismo é do Friburguense

20120906-102334.jpg

Adelson está quieto. Toda vez que fica quieto é porque está aprontando alguma.
Ao final do jogo de ida, houve algumas queixas quanto ao poderio ofensivo do Ceilandia. Foi a primeira vez que o time não marcou na Série D.
A opção de Adelson foi corrigir o esquema defensivo. Agora, trabalha para corrigir o ataque. Aí podem vir as surpresas.
O ambiente na Cidade do Gato é bom. Todos concordam que o Friburguense leva uma pequena vantagem, afinal joga em casa.
Apesar do favoritismo adversário, os jogadores enaltecem a experiência do grupo e acreditam que podem reverter a situação difícil.

Ceilândia deve antecipar viagem ao Rio

20120905-075132.jpg

O Ceilândia cogita antecipar a sua viagem para o Rio de Janeiro.
A idéia e afastar o desgaste da viagem. Além das horas perdidas no aeroporto e tempo de voo, o Ceilandia ainda vai enfrentar duas horas e meia de ônibus até Nova Friburgo.

Todo o planejamento do ano tinha um único objetivo: chegar à Série D e passar a contar com um calendário anual.
Foram 10 meses de preparação para chegar a este momento.

Do outro lado, o CEC terá um adversário que, tal como o Ceilândia, vem se estruturando nos ultimos anos.

O campeonato da série D é dividido em regiões. O campeão da região centro-sudeste garante uma vaga na Série C 2013 e uma vaga na semi-final do campeonato brasileiro.

Sem drama: CEC vai ao Rio em busca da vaga

20120904-080057.jpg

O experiente time do Ceilândia não se deixou impressionar com o resultado do último domingo (empate sem gols com o Friburguense).
Na visão do elenco o resultado poderia ser melhor, obviamente, mas todos tem a convicção que o time joga bem fora de casa e possui experiência suficiente para trazer um bom resultado do Rio de Janeiro.
O discurso otimista não afasta outra certeza: o Friburguense, por jogar em casa, é favorito.
Sem vencer há três jogos, o Ceilândia precisa da vitória em Nova Friburgo para classificar-se à decisão da região centro-sudeste da Série D.
Surpresa no jogo de ida, Alcione deve ser mantido na decisão.

Related Images:

CEC não sai do zero

20120903-065930.jpg

O Ceilandia empatou com a Friburguense em zero a zero na primeira partida da semi-final da regiao centro-sudeste.
A partida decisiva será disputada no próximo domingo em Nova Friburgo-RJ.
Foi uma partida típica de decisão: jogo tenso, truncado, com as equipes se respeitando.
No primeiro tempo as equipes se igualaram nas ações ofensivas cada uma com uma chance. Na oportunidade mais clara, o Friburguense parou na trave.
No segundo tempo, amplo dominio do Ceilândia, mas o CEC não passou do goleiro adversário.
O empate não foi um bom resultado, mas não deixa o pior dos mundos. O CEC joga bem fora de casa e a decisão está em aberto.

Related Images:

Respeito mútuo

20120830-224231.jpg

– Já enfrentamos o Ceilândia pela série C. Sabemos que tem um time estruturado, que investe bastante. Jogar em Brasília é sempre complicado, até mesmo pelo clima seco. Vamos com a mesma humildade e buscar um bom resultado no jogo de ida, declarou Siqueirinha, o gerente de futebol do Friburguense ao site oficial do clube.
Do lado alvinegro, o discurso é idêntico. O Ceilândia sabe que o comodismo após a classificação é coisa do passado.
O tom foi dado por Dimba logo após o jogo contra a Aparecidense:” É hora de colocar a cabeça no lugar, porque é agora que a competição fica gostosa e eu gosto de jogar assim”.
Quanto ao adversário, não há dúvidas: foi o lider do seu grupo, está invicto e sofreu dez gols a menos que o campeão do DF.
Independente das qualidades do adversário, o CEC sabe que com Allan Dellon e Dimba as chances aumentam. Promessa de confronto equilibrado, quem viver, verá!

CEC confirma terceiro reforço para as finais

André Tavares faz gol na decisão da Taça Governador
André Tavares faz gol na decisão da Taça Governador – Crédito: ADConfiança.com

O clima no Ceilândia mudou para melhor depois das saídas de Darci, Zé Carlos e André Oliveira. Meses de convivência foram fazendo com que o grupo fosse relaxando um pouco o lado profissional. O Ceilândia precisava de uma sacudida.

Para os lugares dos jogadores dispensados vieram Flávio, volante, Rodrigo Alba, lateral e, agora, o atacante André Tavares.

André estava no Confiança onde foi campeão da Taça Governador com boa participação. Fez dois gols na primeira partida decisiva e participou dos gols na partida final. André vem para ocupar a vaga que era de Zé Carlos.

Related Images:

Ceilândia se mexe e três são dispensados

Flávio, 25, é o novo reforço do CEC
Flávio, 25, é o novo reforço do CEC

A vertiginosa queda de produção do Ceilândia não poderia ficar sem resposta. Depois de perder a liderança do grupo A5 da D Nacional, a diretoria do Ceilândia mexeu rápido. Dispensou três jogadores e contratou outros três. Dois desses novos atletas já se apresentaram e treinaram na tarde dessa terça-feira.

Darci, Zé Carlos e André Oliveira foram os dispensados. Darci jamais conseguiu passar a segurança necessária à defesa do Ceilândia e vinha falhando constantemente. Apesar de reconhecidamente ser um bom goleiro, acumulava críticas recentemente.

Já o volante André Oliveira foi sempre um curinga usado por Adelson de Almeida. Caiu de produção juntamente com a equipe e acabou dispensado.

Rodrigo Alba, lateral, chega em um momento difícil
Rodrigo Alba, lateral, chega em um momento difícil

Não houve surpresa na dispensa de Zé Carlos. A sorte do atacante foi selada quando pediu dispensa do jogo-treino contra o Planaltina. Adelson pretendia titularizar Zé Carlos, mas entendeu o pedido de dispensa como falta de compromisso. De mais a mais, Zé Carlos não se encaixou no esquema de jogo do Ceilândia, muito embora tenha feito gols salvadores.

Para os lugares dos dispensados a direção contratou dois jogadores: Flávio, volante, 25 anos e que estava atuando no Bangu-RJ e Rodrigo Alba, lateral. Adelson já deve contar com os dois novos reforços já no próximo domingo. Um atacante é esperado ainda hoje e também já deve integrar o elenco no próximo domingo.