Tag: Gremio Anapolis

Última vitória em solo goiano foi contra Aparecidense pela Série D 2012

Ceilândia terá primeiro teste de verdade

Em 2012, CEC venceu Gremio Anápolis e Aparecidense.: últimas vitórias em solo goiano
Em 2012, CEC venceu Gremio Anápolis e Aparecidense.: últimas vitórias em solo goiano

Com duas semanas de treinamentos, o Ceilândia EC vai a campo enfrentar o Goianésia. O cronograma de preparação é curto, mas é assim para todo mundo.

O técnico Adelson de Almeida terá a oportunidade ver como está a sua equipe. Será um bom teste  na medida em que trará as cobranças naturais do ambiente do futebol.

Última vitória em solo goiano foi contra Aparecidense pela Série D 2012
Última vitória em solo goiano foi contra Aparecidense pela Série D 2012

Além do desafio do jogo em si mesmo considerado, o Ceilândia terá outro desafio: vencer um time goiano. A última vitória do CEC em território goiano foi em 2012. Naquele ano, o CEC venceu o Gremio Anápolis na fase de preparação e, depois, venceu a Aparecidense pela Série D. Depois disso, o CEC não tem tido bons resultados em território goiano.

Para essa partida, Adelson ainda não vai contar com todos os seus jogadores no time-base. Não obstante, deve observar todos os jogadores, mesmo aqueles que ainda não recuperaram a forma física ideal.

O jogo será disputado no Clube da Jalles Machado, às 16h, com cobrança de ingresso a  R$ 10,00.

Related Images:

Incômodo goiano

 

Dimba em 2010 diante do Morrinhos
Dimba em 2010 diante do Morrinhos

Os últimos confrontos entre o Ceilândia e os times goianos não tem sido das melhores experiências para o alvinegro, ao menos quando o assunto é amistoso.

Desde 2010, o Ceilândia foi ao Estado vizinho por seis oportunidades e saiu derrotado em cinco, com apenas uma vitoria. Nesse periodo, contudo, o CEC recebeu a visita de goianos por tres vezes, mas conseguiu vencer apenas o Cristalina, entao na terceira divisao do futebol goiano.

Janeiro 2010 – Regional – Morrinhos – Ceilandia 0 x 1 Morrinhos – Ailton fez o gol do time visitante
junho 2010 – Jonas Duarte – Anapolis – Ceilandia 1 x 2 Anapolis – Chefe marcou par o Ceilandia. Ferrari e Thiaguinho marcaram para o Anapolis
julho 2010 – Regional –  Cristalina –  Ceilandia 3 x 1 Cristalina –  gols de Chefe, Dimba duas vezes para o CEC  e Chiquinho para o Cristalina
janeiro 2011 – Genervino da Fonseca – CRAC – Ceilandia 0 x 1 CRAC – Juliano para o CRAC
Janeiro 2012 – Jonas Duarte – Anapolina – Ceilandia 0 x 1 Anapolina – Duda para a Anapolina
junho 2012 – Jonas Duarte – Ceilandia 2 x 0 Gremio Anapolis – Nelisson e Perivaldo para o CEC
janeiro 2013 – Jonas Duarte – Ceilandia 0x1 Gremio Anapolis – Manoel Junior para o Gremio Anapolis

Nos jogos oficiais ha mais equilibrio: duas vitorias do Ceilandia (1×0 Aparecidense em Goiania, 1×0 CRAC no Regional, empate em 2×2 em Catalao contra o CRAC e derrota no Regional contra a Aparecidense, 1 x 0, tudo pela Serie D 2012.

O conjunto dos resultados pode mostrar bem a disparidade entre o futebol goiano e o futebol do Distrito Federal. Sob certa perspectiva, a diferença nao se explica: o investimento do Ceilandia nada deve ao investimento dos times que tem enfrentado.

Neste ano, o CEC ja enfrentou os goianos por duas vezes. Empate em casa diante do Anapolis e derrota em Corumbá de Goiás para a Anapolina.

Claro que uma vitoria diante da Anapolina seria bem vinda. O problema, nessas horas, e’ acreditar que se esta pronto antes da hora. Sao as armadilhas do futebol…

Related Images:

Adriano e Daniel regularizados. Wudson sai

Adriano treina: registro no BID
Adriano treina: registro no BID. Foto: Antonio Gomes

Adriano e Daniel já estão regularizados. As inscrições dos dois jogadores já foram publicadas no boletim da CBF. Com isso, os dois atletas já possuem condições de jogar pelo Ceilândia.

Wudson em ação: competição difícil por uma vaga no ataque
Wudson em ação: competição difícil por uma vaga no ataque

Se, por um lado, Adriano e Daniel  reforçam o alvinegro, o atacante Wudson deixou o CEC. Wudson até que teve um bom começo com a camisa alvinegra, mas enfrentava dificuldades por uma vaga num ataque que tem Dimba e Cassius.

 

Related Images:

A festa já vai começar…

Ceilândia defende o título de 2012
Ceilândia defende o título de 2012

O Ceilândia terminou a sua fase de preparação para a estréia no Metropolitano 2013 com a realização de dois jogos-treinos e um amistoso.

Aos olhos da comissão técnica, esse período é insuficiente, mas não há prejuízo porque as demais equipes também vão começar a competição fora das condições ideais.

Guilherme foi bem nos jogos-treinos
Guilherme foi bem nos jogos-treinos

O time retomou os trabalhos depois da derrota para o Gremio Anápolis no último sábado. Adelson não deverá contar com Dimba para a estréia contra o Legião, no próximo domingo. O capitão treina há apenas 11 dias e está longe da condição ideal. Se muito, deve jogar alguns minutos.

O resultado do último domingo foi considerado normal pela Comissão Técnica. O time está longe do ideal e algumas coisas contribuíram para o resultado como a quebra do ônibus e as experiências que foram feitas no decorrer da partida.

 

Related Images:

CEC perde último jogo antes da estréia

Dennys sofre o gol. Nenhuma defesa durante a partida.
Dennys sofre o gol. Nenhuma defesa durante a partida.

O Ceilândia perdeu o seu último amistoso antes do início do Metropolitano 2013. Jogando em Anápolis neste sábado, 12/01, contra o Grêmio Anápolis,  o CEC foi derrotado por 1 x 0.

Depois de uma viagem tumultuada, com o ônibus quebrando na altura de Alexânia, o Ceilândia chegou em Anápolis apenas 4 minutos antes das 17h, com isso o início teve que ser retardado.

André Nunes, problemas no lado esquerdo da defesa
André Nunes, problemas no lado esquerdo da defesa

Em campo, os torcedores viram um jogo muito truncado. Os primeiros minutos mostraram que o Ceilândia tinha enorme dificuldade em passar do meio para o ataque. Mostrou, também, que o lado esquerdo do Ceilândia, com Igor e não Willian, não se acertava defensivamente.

Parte do problema estava no fato de que caía um atacante pelo lado esquerdo da defesa do CEC e o lateral adversário tinha espaço livre para procurar a jogada pelo lado ou pelo centro.

Alisson teve nova função, mas o time não se acertou
Alisson teve nova função, mas o time não se acertou

O resultado disso é que Igor estava sempre lutando contra dois adversários e isso permitiu que aos seis minutos Tindurin fizesse boa jogada para a conclusão de Manuel Junior, Grêmio Anápolis 1 x 0.

O Ceilândia mostrou que é um time valente. Na base da disposição foi aos poucos equilibrando o jogo, mas em nenhum momento mostrava uma transição tranquila da defesa para o ataque. O Ceilândia era um tima que fazia força para sair da defesa para o ataque.

Didão e Renato: desencontros em Anápolis
Didão e Renato: desencontros em Anápolis

O Ceilândia aos poucos foi ganhando terreno e por vezes chegou a ameaçar o gol defendido por Walber, mas não criou situações claras de gol. O mais próximo que o CEC chegou de empatar foi num chute de Alisson, da entrada da área, permitindo que Walber fizesse uma boa defesa.

Veio o segundo tempo e o CEC começou novamente sonolento. Em erro de marcação, novamente pela esquerda, o GEA fez boa jogada, mas Badhuga interrompeu a brincadeira.

Numa das poucas oportunidades: defesa salva sobre a linha
Numa das poucas oportunidades: defesa salva sobre a linha

O jogo continuou truncado até o momento em que os técnicos começaram a fazer as suas substituições. Com os reservas em campo, o CEC foi senhor absoluto da partida. Esse domínio, contudo, jamais se traduziu em situações claras de gol.

O resultado final lembra o ano passado, quando o CEC encerrou a sua fase de preparação vencendo o Brazlândia e perdendo em Anápolis, naquele ano para a Anapolina.

Adelson ainda tem muito trabalho por fazer. Perfeccionista, o treinador sabe que seu time parece ter comprado a idéia de ser um time brigador e que não se entrega nunca. Falta, contudo, aprender a fazer menos força para sair da defesa para o ataque.

Related Images:

CEC vai a Anápolis com duas novidades

Em 2012, vitória do CEC em Anápolis: 2 x 0O Ceilândia já tem o seu time base para o Campeonato Metropolitano de 2013. Mesmo assim, a diretoria sabe que o time precisa de peças de reposição em todas as partes da equipe.

Pensando nisso foi que anunciou a contratação do volante Cléber, que atuou no futebol goiano, e do atacante equatoriano Jéfferson.  Jefferson e Cleber já treinam com a equipe.

O Ceilândia joga no próximo sábado, 17h, em Anápolis, contra o Grêmio Anápolis. Será o último amistoso antes da estréia no Candangão 2013. Em 2012, na preparação para a Série D, o CEC venceu o Grêmio Anápolis por 2 x 0.

Related Images:

Novo campo na Cidade do Gato

Ceilândia entrega segundo campo de treinamento

Campo pronto para receber as traves: Cidade do Gato já conta com dois campos com medidas oficiais e grama bermuda
Campo pronto para receber as traves: Cidade do Gato já conta com dois campos com medidas oficiais e grama bermuda

Sem a badalação dos anos anteriores, o Ceilândia montou um time com muitos jogadores desconhecidos da torcida, mas que já mostraram em campo que possuem todas as condições de levantar o campeonato de 2013.

Para que não ocorram tropeços, a direção do Ceilândia continua investindo na estrutura para dar os jogadores o necessário para a realização de seus trabalhos.

É nesse contexto que, a partir desta semana, os jogadores do Ceilândia passarão a contar com outra peça da engrenagem: o campo 2 da Cidade do Gato já está em condições de uso e deve passar a ser usado. O campo possui as medias oficiais e um tapete de grama bermuda.

André Nunes contra o Brazlândia
André Nunes contra o Brazlândia

Enquanto isso, o técnico Adelson de Almeida tem a sua última semana efetiva de trabalho antes da competição começar. A partir da próxima semana começam os trabalhos de polimento.

Segundo o técnico, o período de treinamento foi curto para todos os times e é preciso todo o cuidado para que surpresas não aconteçam.

Sábado, às 17h, o  Ceilândia faz contra o Grêmio Anápolis, em Anápolis,  o seu último amistoso antes da estréia contra o Legião.

Com novidades, CEC faz apronto antes do Brazlândia

Dennys já treina no alvinegro: vai ter que trabalhar muito para entrar em forma
Dennys já treina no alvinegro: vai ter que trabalhar para entrar em forma

O Ceilândia realizou o apronto para o jogo-treino deste sábado, contra o Brazlândia, 16h, na Cidade do Gato. Quem assistiu ao apronto viu o goleiro Dennys chegar e assumir a condição de titular.

O treinador Adelson de Almeida fez uma alteração em relação ao time que iniciou o jogo-treino contra os juniores do Cruzeiro-DF: Alfeu entrou no lugar de Victor.

Ainda longe do ideal, Rodriguinho trabalhou com os reservas
Ainda longe do ideal, Rodriguinho trabalhou com os reservas

Em campo, Adelson de Almeida teve que interferir diversas vezes. O time titular seguidamente perdia o foco do jogo, tanto no aspecto ofensivo quanto defensivo. Se a questão foi a de ver defeitos, o treinamento foi muito proveitoso.

Com poucos dias de treinamento parece evidente que a maior parte dos jogadores sente a falta de ritmo de jogo. O resultado é que há muita disposição, mas pouca ou quase nenhuma consistência. Isso, segundo integrantes da Comissão Técnica, já era previsível e vai ocorrer, também, com os outros times.

 

Dimba e Gustavo: correndo contra  o tempo
Dimba e Gustavo: correndo contra o tempo

Dentre as novidades, Adelson já pode contar com o goleiro Dennys, enquanto Rodriguinho treinou entre os reservas. Do lado de fora, Dimba e Gustavo faziam trabalho físico. Dennys é um goleiro experiente, tendo a base de sua carreira defendendo o Avai-SC.

O Ceilândia estréia no dia 20 de janeiro contra o Legião. No próximo dia 12 fará amistoso contra o Grêmio Anápolis, em Anápolis.

 

Related Images:

Dimba é o segundo maior artilheiro da história do Ceilândia

Dimba volta: Ceilândia fecha a agenda

Dimba é o segundo maior artilheiro da história do Ceilândia
Dimba é o segundo maior artilheiro da história do Ceilândia

A volta de Dimba é aguardada para hoje. O grande capitão alvinegro, duas vezes campeão da cidade, e segundo maior artilheiro da história do Ceilândia, Dimba é esperado com ansiedade.

Nesta sexta-feira, o Ceilândia mantém a sua rotina de treinos com bola e físico. No domingo, o time faz um jogo-treino contra os juniores do Cruzeiro. A partida pode ser disputada tanto na Gato ou no Abadião, que está em obras.

Nesse jogo treino, Adelson de Almeida deve utilizar aquele que imagina ser o seu time base por 30 ou talvez 45 minutos. A idéia é fazer com que os jogadores mantenham contato com a bola e já coloquem em prática a proposta de jogo alvinegra.

Além desse jogo-treino, o Ceilândia fará dois amistosos contra Brazlândia e Grêmio Anápolis.

Enquanto CBF não define, CEC faz amistoso com Brasiliense

Nelisson: CEC ganha opção de velocidade
Nelisson: CEC ganha opção de velocidade

A expectativa pelo início da Série D entra pela terceira semana. Pressionada por liminares concedidas na Justiça Comum, a CBF suspendeu o início das Séries C e D. Enquanto isso, o CEC vai preparando a equipe.

No último final de semana o CEC foi a Anápolis e venceu o Grêmio Anápolis por 2 x 0, com gols marcados por Nelisson e Perivaldo.  Durante a partida Adelson ganhou duas preocupações: Alcione saiu com reclamando de dores no joelho.

Crispim é atendido: pancada feia
Crispim é atendido: pancada feia

Crispim entrou no lugar de Alcione e sofreu uma entrada desleal de seu adversário. A pancada foi muito forte e Crispim, embora mancando, continuou todo o segundo tempo.

Há a torcida para que a CBF consiga uma definição nesta terça-feira sobre o início das Séries C e D. Caso haja uma sinalização positiva, o amistoso contra o Brasiliense será cancelado.

O amistoso contra o Brasiliense que estava marcado para sábado, 16h, foi antecipado e será realizado nesta quinta-feira, 16h, no Elmo Serejo.

Related Images:

Para ganhar entrosamento…CEC pega o Grêmio Anápolis

Anapolina perde gol feito: Time precisa trabalhar
Anapolina perde gol feito: CEC começou o ano perdendo em Anápolis

O Ceilândia começa a sua fase de definições: hoje deve ser apresentado o volante Diego Xavier, que atuou na competição local pelo Legião. Com isso Adelson de Almeida completa o elenco. Falta agora dar ritmo ao time e por isso o CEC fará amistoso neste sábado, 19h00, em Anápolis contra o Grêmio Anápolis. A partida será o primeiro teste da equipe treinada por Adelson de Almeida visando a disputa da Série D Nacional.

A maior preocupação de Adelson é com o ritmo de jogo. O Ceilândia teria uma pequena vantagem sobre os seus adversários porque vinha de um ritmo forte de competição. Ficar quinze dias sem jogar tende a nivelar a preparação das equipes.

A falta de jogo não foi de toda ruim: houve tempo para recuperar os jogadores lesionados e integrar os atletas que foram contratados recentemente, casos de Edimar, Crispim, Alan, Niedson,  Kabrine, Zé Carlos e Nelisson, quase um time inteiro.

Coincidências à parte, o CEC iniciou a sua trajetória em 2011 jogando em Anápolis, contra a Anapolina. Na ocasião o CEC foi derrotado por 1 x 0.

Related Images:

Jorge Martins: referência do futebol local

Croc’s: Morreu o Crocodilo…

Jorge Martins: referência do futebol local
Jorge Martins: referência do futebol local

O Ceilandia EC sempre foi refratário a homenagens a pessoas que nada tem a ver com a história local. Para o Ceilândia EC o viaduto Ayrton Senna deveria se chamar Nelson Piquet, o Estádio Mané Garrincha deveria se chamar Nilson Nelson. Tudo isso por uma razão muito simples: essas pessoas fazem parte da história local.

Não precisamos escolher nomes de outras localidades para suprir a nossa necessidade de ser visto e aceito. Não precisamos disso! Temos que ter orgulho de ser brasiliense, gamense ou torcedor do Ceilândia.

Perdemos Jorge Martins. Torcedor preto e branco do Botafogo do Rio de Janeiro. Jamais censuraríamos o Crocodilo por ter no Botafogo a sua primeira paixão, ou por ter sugerido a homenagem a Garrincha porque essa paixão nasceu antes mesmo de existir o futebol local. Muitos de nós tem uma paixão em outro Estado, até porque o futebol local é jogado por apenas quatro meses.

Mas Jorge Martins sempre foi uma de nossas maiores referências no futebol local, juntamente com o narrador do povão, Marcelo Ramos ou Ailton Dias e tantos outros.

Jorge Martins merecia ser nome de Estádio. Como Mário Filho deu nome ao Maracanã, Jorge Martins poderia ser o nome do Estádio Nacional. Jorge sim é gente  que precisa ser lembrada. Os nossos netos algum dia perguntariam: por que o Estádio se chama Jorge Martins? Responderíamos com orgulho: porque Jorge Martins é gente nossa!

AMISTOSOS

O Ceilândia enfim vai entrar em campo. A diretoria confirmou amistoso para o próximo sábado, em Anápolis, diante do Gremio Anápolis, 16h, no Jonas Duarte. Será oportunidade de testar a nova equipe.

SOLUÇÃO

A CBF já trabalha com data para o início da D Nacional. A previsão é a de que a competição comece em 10 de junho.

Sobre Jorge Martins:

Pioneiro de Brasília , Jorge Martins é carioca, .jornalista e presidente da Associação Brasiliense de Cronistas Desportivos-ABCD-, tendo sido, ao lado do saudoso jornalista Nilson Nelson, um dos fundadores da Associação Brasileira de Cronistas Esportivos-Abrace-.

Foi integrante de diversos jornais, dentre eles Diário Carioca, Diário de Notícias, Jornal de Brasília, e editor de esportes do Diário de Brasilia, Última Hora/DF, Correio do Brasil, Correio Braziliense, Revista Gol e repórter da Revista Placar e Jornal dos Sports, além de ter apresentado nas TVs do Distrito Federal programas esportivos na TV Capital  e ainda, no “Brasília Urgente.

Nos jornais Diário de Brasília e Correio do Brasil, também foi editor-geral.

Atualmente é integrante da equipe de esportes da Rádio Clube do Brasil (Brasília) e colunista do BSB Agora, Jornal Polícia nas Ruas e Revista Fatos.

Ex-vice-presidente da Federação Brasiliense de Futebol, botafoguense e bacharel em Direito pela Faculdade Brasileira de Ciências Jurídicas do Rio de Janeiro, fo ainda jogador do infanto -juvenil do Botafogo e, em l964, com colegas do extinto Tribunal Federal de Recursos-TFR, fundou o Esporte Clube Carioca, filiado à FMF, no qual também jogou por 3 anos.