Tag: Juvenil

Ceilândia Campeão do Candanguinho 2018 – Sub-17

Ceilândia entra em campo para a decisão: agora, Taça BH

O Ceilândia termina o ano em alto estilo. Jogando na manhã deste sábado no Serra do Lago, em Luziânia, o Gato Preto venceu a UD Guaraense  e sagrou-se Campeão do Distrito Federal 2018 na categoria juvenil.

Ceilândia permitiu que Guaraense fosse melhor no início, mas Gabriel Blesson estava atento.

O Gato Preto vinha de eliminar o  Legião, atual campeão, e buscava retomar a hegemonia da categoria no Distrito Federa, o que lhe permite aspirar a disputa da Taça BH Sub-17, velho sonho de consumo dos responsáveis pelas categorias de base e também do presidente Ari de Almeida.

Aos poucos o Ceilândia equilibrou as ações

O Gato Preto começou meio fora de sintonia e permitiu que a Guaraense assumisse o controle da partida nos dez primeiros minutos. Aos poucos, contudo, o Ceilândia do técnico Gleyton Arianni foi se encontrando no jogo e passou a ditar as ações.

A grande vantagem do Ceilândia no jogo inteiro foi o último passe. Guaraense dependia de ligação direta

O primeiro gol da partida surgiu aos 29. Conquanto estivesse melhor, o Ceilândia não criara grandes oportunidades até que Guilherme sofreu falta na intermediária de ataque. Na cobrança, Jardel foi mais esperto e cabeceou firme para vencer a meta adversária e fazer Ceilândia 1 x 0.

Jardel fez Ceilândia 1 x 0

Após o gol o Ceilândia continuou melhor e perdeu ao menos uma grande oportunidade para fazer 2 x 0. Na melhor delas, Ryan, que fez gol em todos os jogos decisivos, mantou sobre a trave.

Ryan poderia ter feito 2 x 0 ainda no primeiro tempo. Ceilândia foi displicente em alguns momentos

Veio o segundo tempo e o Ceilândia passou por momentos de instabilidade. A Guaraense passou a rondar a área alvinegra, mas a defesa alvinegra controlou as melhores ações do adversário. O goleiro Gabriel Blesson, que tanto trabalhara contra o Legião, pouco era exigido a não ser em chutes de longa distância.

… mas Ryan foi decisivo em todos os jogos e fez o gol do título

O Ceilândia, como fizera na primeira etapa, conteve o ânimo do adversário e aos poucos equilibrou a partida. No geral, as melhores chances do segundo tempo sempre estiveram com o Ceilândia.

Caio dita o ritmo: Com 2 x 0, Ceilãndia esperou o apito final

O tempo foi passando e a tensão foi aumentando, principalmente porque o Ceilândia era incapaz de matar o jogo. Dois erros na saída de bola tornaram o clima ainda mais tenso, mas a Guaraense não conseguiu aproveitar porque a defesa alvinegra continuava firme e poupava Gabriel Blesson do mais difícil.

Jogadores brindam o treinador Gleyton Arianni com um banho de água gelada

Aos 21 veio o segundo gol alvinegro. O Ceilândia tocou a bola no campo defensivo até que Jardel recebeu na intermediária e lançou Ryan que ganhou a disputa com o zagueiro, tirou o goleiro e tocou para o fundo da meta: Ceilândia 2 x 0 Guaraense.

Muita festa ao levantar mais uma taça

Depois do segundo gol, o Ceilândia controlou a partida até ao final sem passar maiores sustos.  Com o apito final, festa dos meninos do Ceilândia e da Comissão Técnica.

Ceilândia comemora mais um título

Parabéns a todos os envolvidos e principalmente para  Gabriel Blesson, Guilherme, Vitor Sales, Maike, Ian Santos, Levi, Victor Hugo, João Victor, Jardel, Caio Paz, Ryan, Lucas Gabriel, Maykon, Harius, Filipe Silva e  Luan Uchoa,

Gleyton Arianni e equipe comemoram mais um título.

 

Agora o foco de Gleyton Arianni e equipe se volta para a Copa São Paulo que começa na próxima quinta. Gato Preto vai enfrentar o Ceará.

Gabriel foi o goleiro menos vazado.

Base: Ceilândia elimina Legião e está na final do DF-2018 Juvenil

O jogo começou muito disputado e com algumas entradas fortes

O Ceilândia está nas finais do Candanguinho 2018, categoria juvenil. Depois de vencer o Legião no jogo de ida por 2 x 1, o Gato Preto fez valer a vantagem conquistada e, após empatar em 1 x 1, fará a final do campeonato do Distrito Federal da categoria no próximo dia 29, no Serra do Lago, em Luziânia, diante da Guaraense.

As melhores chances do primeiro tempo foram do Ceilândia

Foi uma partida muito disputada. Os primeiros minutos foram muito nervosos, e os times pouco conseguiram criar.
Aos poucos o Ceilândia foi assentando no jogo e fazendo valer o seu futebol de aproximação e toques.

O Ceilândia pediu pênalti neste lance, mas a arbitragem mandou seguir

O Legião é um time muito forte fisicamente e procurava explorar os contra-ataques. As melhores chances, contudo, estiveram com o Ceilândia. O Legião também levou perigo, mas com menor intensidade.

Jogo muito disputado, mas o Ceilândia perdeu muitos gols

Veio o segundo tempo e o jogo continuou muito disputado. O Legião era melhor, mas incapaz de criar situações claras de gol. A partida ficou nervosa.

Aos 20, contudo, explorando um contra-ataque, o Ceilândia ampliou ainda mais a vantagem e fez 1 x 0 com Ryan.
Depois do gol, o Ceilândia permitiu que o Legião rondasse a sua área até que aos 35 o adversário empatou o jogo.

Ryan fez o gol alvinegro e deu muito trabalho para a defesa do Legião

Havia muito jogo ainda, mas apesar da luta do Legião, o Ceilândia do técnico Gleyton Ariani conseguiu controlar o ímpeto e eliminou o atual Campeão Candango.

Candanguinho: Juvenil e Infantil seguem firmes na liderança

Infantil segue firme na liderança do Grupo B do Candanguinho 2018

O Ceilândia voltou a vencer seus adversários na terceira rodada do Candanguinho 2018. Jogando no Paranoá, o time infantil do  Ceilândia venceu o time da casa por 2 x 1.  O time treinado por Paulo Miranda é líder de seu grupo com 9 pontos em 3 jogos disputados.

O time juvenil também passou pelo Paranoá e superou o seu adversário por 4 x 0.  O time treinado por Gleyton Ariani também é líder com 9 pontos em 3 jogos disputados.

A gestão dos times infantil e  juvenil do Ceilândia, assim como do time de juniores, está a cargo da BNT – Brasilia Novos Talentos, parceria que tem rendido bons frutos ao Ceilândia.

No próximo sábado, o Ceilândia enfrenta a Guaraense no CT do Gato a partir das 14h.

Juvenil: temperatura de 33 graus dentro de campo

Juvenil e Infantil: Ceilândia começa bem o Candanguinho 2018

 

Juvenil: temperatura de 33 graus dentro de campo
Em foto de 2012: Ceilândia x Galacticos. Em 2018, Gato Preto tem planos para Copa BH 2019

O Ceilândia está disputando os campeonatos das categorias infantil e juvenil.  O Presidente Ari de Almeida comentou com o CeilandiaEC o desejo de que as parcerias rendam o mesmo resultado com a firmada com a BNT – Brasilia Novos Talentos.

Ari de Almeida assume a presidência do CEC
Ari de Almeida assume a presidência do CEC

É muito cedo para fazer uma avaliação, mas os resultados da primeira rodada dão margem para acreditar no trabalho:

Os juvenis do Ceilandia venceram o Galacticos FC por 3 x 0.  Já o time infantil sofreu um pouco mais para vencer o mesmo Galacticos por 2 x 1. Na próxima semana o Ceilândia enfrenta o Brasília.

CEC passa pelo Brazlândia na Agap

Partida com lances disputados no infantil
Partida com lances disputados no infantil

 

Sub 15 – Infantil do Ceilândia EC, às 09:00, 01/04 – O Ceilândia venceu o Brazlândia neste domingo em jogo válido pela segunda rodada a Copa Agap 2012. A partida foi disputada no campo de gramado sintético da Praça dos Eucalíptos, em Ceilândia.

O Ceilândia abriu o marcador logo no início da partida com Lucas Vogado cobrando pênalti. Não demorou muito e o Brazlândia empatou, também de pênalti. O Ceilândia era melhor em campo e Lucas Vogado voltou a colocar o Gato na frente. Antes do término do primeiro tempo, Ronaldo Rodriues fez 3 x 1 para o Ceilândia.

CEC é líder do seu grupo
CEC é líder do seu grupo

Veio o segundo tempo e o CEC continuou melhor e Pedro Henrique marcou duas vezes para selar o marcador.

Em termos gerais o Ceilândia mostrou que tem bons valores individuais, mas ainda carece de uma melhor definição como equipe. O time do Brazlândia mostrava enormes problemas de posicionamento e isso facilitou a vida do Gato. Em comparação com o adversário o Ceilândia estava muito melhor fisicamente e isso também fez a diferença.

Juvenil teve um jogo mais complicado
Juvenil teve um jogo mais complicado

Sub 17 – Juvenil do Ceilândia EC, às 11:00 – Os times juvenis de Ceilândia e Brazlândia fizeram uma partida mais igual. O Ceilândia abriu o marcador nos primeiros minutos com Felipe Teixeira e isso trouxe alguma tranquilidade.

O jogo permaneceu truncado, mas com o CEC jogando melhor. Leo Nunes fez boa jogada e foi à linha de fundo deixando Thomas Magno na cara do gol 2×0.

 

CEC perdeu muitos gols
CEC perdeu muitos gols

No segundo tempo o CEC parecia sonolento e o Brazlândia aproveitou para assumir o controle da partida. O resultado desse comportamento foi que o Brazlândia diminuiu. Com o gol sofrido, o CEC acordou e numa jogada de velocidade Rodrigo Alcântara fez 3×1.

Com a vantagem o CEC voltou a administrar a partida. O forte sol obrigou a uma parada técnica. No final Felipe Teixeira ampliou para  4×1,  placar final. O CEC ganha uma semana pra fazer os ajustes para o jogo contra a LIPOCC dia 14 de abril.

Infantil e Juvenil começam AGAP 2012 com o pé direito!

Infantil e Juvenil começaram bem, mas tropeço no domingo prova que time não está pronto
Infantil e Juvenil começaram bem, mas tropeço no domingo prova que time não está pronto

Os meninos do Ceilândia tiveram um final de semana super puxado. No sábado, o time juvenil enfrentou o Bola de Ouro no Estádio Rorizão, em Samambaia, e aplicou 7×1 enquanto o time juvenil venceu por 2 x 1.

A equipe Sub 15 – Infantil do Ceilândia EC, às 09:00, 24/03, estádio Rorizão, Samambaia começou com vitória contra o Bola de Ouro. Foi uma partida equilibrada. Pedro Henrique fez 1×0 no primeiro tempo. O resultado poderia ser mais tranquilo, mas o CEC errou muitas finalizações. No segundo tempo, o Bola de Ouro empatou cobrando penalti. O CEC assumiu o controle da partida e buscou a vitória a todo instante. Tanto esforço foi premiado com o gol de Lucas Vogado a cinco minutos do final.

A equipe Sub 17 – Juvenil do Ceilândia EC, às 11:00 estreou com goleada contra o Bola de Ouro. Leonardo Nunes a sete minutos fez 1×0 numa boa jogada de Felipe Teixeira que depois fez 2×0.  Leonardo Nunes ampliou 3×0, Agnus Cley fechou 4×0 primeiro tempo. No segundo o CEC voltou para administrar o placar, Rodrigo Alcantara fez 5×0. Numa bobeada do meio de campo o goleiro Italo saiu nos pés do atacante fez a defesa, mas o arbitro marcou penalti, 5×1.  Leonardo Nunes ainda marcou mais dois pra fechar 07×01.

Depois das vitórias do sábado, as atenções estavam voltadas para as decisões do domingo: no campo da 10 em Ceilândia, às 09:00, Juvenil: Ceilandia EC x Universo, às 10:00, Escolinha: Ceilandia EC x P Sul, às 11:00, Infantil: Ceilandia EC x Contato e às 15:30, Profissional, Luziania X Ceilandia EC se Deus quizer será um dia de vitórias. Venha prestigiar.

FINAIS DO SOCIETY

Ceilândia perdeu duas das finais disputadas
Ceilândia perdeu duas das finais disputadas

A equipe Sub 17 – Juvenil do Ceilândia EC, às 09:00, 24/03, não conseguiu ser acertar em campo e perdeu para o Universo. Saindo atrás no marcador, o CEC tentava o empate a todo custo, mas com muitos erros de passes não conseguia chegar no ataque. No meio não ganhava uma bola, nem de longe parecia a equipe que venceu no sábado a equipe do Bola de Ouro na estréia da Copa AGAP 2012 por 7×1 no estádio Rorizão em Samambaia.

Foram feitas várias alterações mas nada dava certo, ninguém correspondia. O time mal andava em campo e o segundo gol era inevitável. No segundo tempo o CEC até voltou melhor,  não conseguia ser superior mas equilibrou a partida.  Jean Carlos diminuiu 2×1, mas numa bola parada logo em seguida o Universo ampliou 3×1, novamente Jean Carlos fez o segundo 3×2, o CEC saiu por tudo ou nada e nos contra ataques levou o quarto gol que deu números finais a partida é o título merecido para a equipe do Universo.

Foco agora é no mais importante: Copa AGAP
Foco agora é no mais importante: Copa AGAP

A equipe Sub 13 – Mirim do Ceilândia EC, às 10:00, tem jogo equilibrado, marca 1×0 com Yuri, passa a dominar a partida até final do primeiro tempo. No segundo tempo a equipe do P Sul vem com força total, mantém o CEC na defensiva, não consegue sair e o P Sul passa a finalizar mas é parado nas defesas do goleiro Matheus, na uma saída boa do CEC Kerverton faz 2×0, mas o P Sul continua bem na partida e faz 2×1, e no faltado cinco minutos empata a partida 2×2, curiosamente o árbitro encerra a partida que vai para a decisão dos pênaltis. O P Sul faz 1×0, Ruan faz por CEC, P Sul 2×1, Jairo do CEC perde, o P Sul fecha 3×1 levando o título merecido, o CEC surpresa da competição resta levantar a cabeça e se preparar para o campeonato de Ceilãndia desta no campo. Será surpresa novamente? Parabéns.

A equipe Sub 15 – Infantil do Ceilândia EC, às 11:00, entra em campo sobre pressão afinal o Juvenil e mirim não tinham conseguido o título, o Contato partiu logo pra cima, foram 10 minutos de pressão, o CEC equilibrou a partida e fez 1×0 com Pedro Henrique, daí em diante o goleiro do Contato seria a figura mais importante do jogo com várias defesas importante, cinco delas pareciam impossíveis, outra caído bateu na sua cabeça e saiu, o gol do Contato só veio premiar suas defesas 1×1.

CEC encerra a temporada do terrão. AGAP e Metropolitano no gramado
CEC encerra a temporada do terrão. AGAP e Metropolitano no gramado

No segundo tempo parecia que nada mais iria acontecer, jogo muito equilibrado nos dez minutos iniciais, mas Lucas Vogado faz 2×1 por CEC que passa a tocar a bola, gastar o tempo que era muito, o Contato não conseguia levar perigo, e de tanto tocar a bola veio à jogada que terminou nos pés de Alex que fez 3×1 à cinco minutos finais, o CEC foi segurando a bola até apito final do árbitro Julio Cesar. O título veio para comemoração da equipe do CEC após jogo muito cansativo no sábado pela Copa AGAP 2012 que estréia com vitória por 2×1 contra o Bola de Ouro no estádio Rorizão em Samambaia.

Base em ritmo acelerado

CEC se prepara para a Copa AGAP: no próximo domingo, enfrenta o Galacticos
CEC se prepara para a Copa AGAP: no próximo domingo, enfrenta o Galacticos

As equipes de base do CEC tiveram um final de semana de muito trabalho.  No sábado, o time sub 15, infantil A-97, enfrentou o NEC em  jogo que valia a classificação para ambos.  Foi um jogo de muitas reviravoltas e depois de estar perdendo por 3 x 1 o CEC empatou a partida. Os gols do CEC foram marcados por Vogado, Daniel e Klisman.

No mesmo dia, o time infantil B-98, enfrentou o Uni 10 e venceu por inacreditáveis 11×1. Os gols do CEC infantil B foram marcados por Xandinho (1 e 4), Coreia (2,8, 9), Matheus Dias (3), Joao Victor (5 e 6,  Leozinho (7),  Ramon (10 e 11).

No sábado, vitória esmagadora: 11x1
No sábado, vitória esmagadora: 11x1

No domingo, a equipe juvenil do CEC enfrentou o time adulto do Botafoguinho e venceu por 5 x 2. Os gols Destaque para os quatro gols marcads por Rosinha.  João Marcos fez o outro gol do CEC.

 

CEC oscila no society

CEC disputa campeonato society
CEC disputa campeonato society

Enquanto a AGAP não vem, o CEC mantém a molecada em atividade disputando o campeonato de futebol society de Ceilândia. Neste domingo, o time juvenil empatou em 1 x 1 com o Girassol. O gol do Gato foi marcado por Jean Carlos nos minutos finais da partida.

O time sub 15 jogou contra o mesmo Girassol e o CEC virou nos minutos finais para vencer o adversário por 5×4. Os gols do CEC foram marcados por Alex, Lucas Vogado (2), Ronaldo (de bicicleta) e Fabrício.

Na categoria Sub 13 – Mirim – O Ceilândia EC perdeu para o Girasol por 3 x 2. Os gols do CEC foram marcados por Wellington e João Victor.

O time Infantil“B-98”  do CEC jogou contra o Juventude e manteve esperanças de classificação ao vencer por 4 x3. Os gols foram marcados por João Victor, Ramon (2) e Matheus Henrique.

Juvenil começou a preparação para 2012

Juvenil se prepara para a AGAP 2012

Juvenil começou a preparação para 2012
Juvenil começou a preparação para 2012

A categoria Sub 17 – Juvenil do Ceilândia EC no dia 07/02/2012, 20 horas, no campo síntetico, fez partida amistosa contra o Sport Brasília, time da 1ª Divisão Amador de Ceilândia. A equipe do CEC por ser mais nova, entrou bem fechada e com bons toques controlava o jogo, criando algumas jogadas de perigo de gols.

Passados 15 minutos iniciais pra acalmar os nervos,  num lançamento para aérea a defesa e o goleiro bobearam (depois o goleiro foi muito bem)e  Sport fez 1×0. O CEC não se abalou e forçou um pouco o ritmo levando a que Agnus, em jogada de velocidade, empatasse o jogo.

O Sport se abalou com o gol e começou a chegar mais pesado. A garotada do Gato não se intimidou e  Rosinha fez 2×1 pra fechar o 1º tempo. No segundo tempo o Sport assumiu o controle da partida, mas o CEC se defendia bem e  mesmo com as  alterações  manteve o ritmo com muita vontade e disposição. Tanta dedicação foi premidada  com o gol de Rosinha que fechou o placar final em 3×1. O CEC começa a preparação para 2012 com o pé direito.

 

Final de semana ruim para o Gato

Final de semana de derrotas na base

Final de semana ruim para o Gato
Final de semana ruim para o Gato – Credito: Antonio Gomes

As categorias de base sobrevivem ao próprio abandono. Na base da raça o Ceilândia começou mal tanto na categoria infantil, quanto na juvenil e, apesar da reação, acabou derrotado nas duas categorias.

O time juvenil perdeu por 1×0 para o Brasilia AF, num jogo onde a equipe se superou, mas errou e foi castigado com gol no final da partida.

Já a equipe infantil do CEC após errar muito no primeiro tempo e sair perdendo por 3×0 conseguiu reação no segundo tempo e perdeu por 3×2. Klisman e Wallysson e anotaram para o GAto.

Com as incertezas da semana, treino suspenso no campo sintetico, mesmo assim times guerreiros e com novas esperanças cairam lutando. Segue a caminhada sofrida, sofrida para Antonio Gomes e seus comandados.

Copa Agap: Um invicto a menos. CEC vence novamente.

O Gato ruge!
O Gato ruge!

A equipe juvenil – sub 17 do CEC venceu nesta manhã, a equipe do Clube da Saúde, até então 9 pontos em 3 jogos, no ct jaguar. O CEC começou muito bem e numa saída de bola do goleiro Gleydson abriu o placar com Luiz Filipe que se antecipou e de cabeça fez 1×0. O time descontraindo, mas concentrado fez 2×0 novamente com Luiz Filipe, agora com um belo chute  de fora da área.

O adversário não encontrava espaço no meio de campo e passou a investir em bolas aéreas. Foi assim que numa bobeada da defesa alvinegra diminuiu para 2X1.  O gol nada mudou no panorama da partida. O Ceilândia tinha muito espaço para os contra-ataques, principalmente em jogadas invertidas da esquerda para direita. Isso mostrava que o terceiro gol era apenas uma questão de tempo. Foi assim que Felipe Teixeira ampliou para 3×1 e que Luiz Filipe bateu belo escanteio e no rebote o zagueiro Patric fez 4×1 ainda no primeiro tempo

Bola dividida: Ceilândia vence um dos líderes
Bola dividida: Ceilândia vence um dos líderes

Na volta do segundo tempo pressão total do Clube da Saúde pressionou. Patric que fizera o quarto gol cometeu pênalti que o Clube da Saúde converteu para diminuir, 4×2.  Numa roubada de bola,  Juninho foi ao fundo e Klisman fez 5×2.  Com a vitória garantida o CEC bobeou novamente  e permitiu o terceiro gol adversário. Com a vitória o Gato ocupa agora a sexta posição.

CAMPEONATO DE CEILÂNDIA – CEILANDIA EC ESTREIA 100%.

 

Neste sábado, 16/04 – na estréia do CEC a equipe Mirim sub-13 venceu a equipe do Cargeg por 2×0 com gols de Hildomar. Em seguida a equipe Infantil sub-15 também venceu por 3×1 com gols de Danilo, Jorge Lucas e Vogado.  O dia fechou com o sofrido jogo da equipe Juvenil sub-17 que saiu perdendo de 1×0 no primeiro tempo e de virada aos 5 e 8 minutos Victor Junior fez 2×1, com Thomas aumentando pra 3×1 aos 21 minutos.  O Cargeb ainda descontou a 3 minutos do final, final 3×2.

O técnico e organizador das categorias de base, Antonio Gomes, 8456-5074, em meio às muitas dificuldades enfrentadas comemorou os resultados do final de semana e disse que o volume de competições exige com urgência que o clube consiga apoio financeiro necessário a dar suporte às 120 crianças envolvidas nos projetos atuais. Abaixo a classificação atualizada da Copa Agap.

[standings league_id=7 template=extend Group=B logo=false]

Juvenil enfim vence

 

Enfim o time vence.
Enfim o time vence.

O Ceilândia conseguiu a sua primeira vitória na Copa Agap 2011. Jogando na manhã deste domingo, no CT do Jaguar, o alvinegro bateu o Vasco-DF por 3 x 1, com gols de Luiz Filipe, Thyago e Luan.  O resultado dá mais confiança para a equipe nos próximos jogos, embora na tabela quase nada tenha mudado.

O Ceilândia começou no estilo habitual tentando pressionar o adversário e impor-se fisicamente.  O Vasco-DF, tal qual a equipe infantil, tinha um propósito muito claro que era o de defender-se e permitiu ao Ceilândia que tomasse as iniciativas. O time juvenil controlou as ações e desta vez, contudo, não permitiu ao adversário saísse na frente. Isso mudou muita coisa. Quando Luiz Filipe abriu o marcador, o Ceilândia já tinha obrigado ao goleiro adversário a fazer defesas importantes.

Chega de bola nas costas: vitória aumenta confiança
Chega de bola nas costas: vitória aumenta confiança

O resultado é que aos poucos a equipe foi ganhando confiança e, embora demonstre que ainda tenha muito por evoluir,  mostrou também que a avaliação inicial também não era equivocada: o time precisava vencer a ansiedade para conquistar vitórias.

Do ponto de vista da classificação pouco muda. O Ceilândia está muito atrás. Para a comissão isso não representa problema: o time precisa ganhar corpo visando as fases decisivas. Um ou outro reforço se faz necessário.

Na próxima semana enfrenta o Clube da Saúde/Planalto no domingo a partir das 09h00 no CT Jaguar e o infantil pega o Santos/Planalto.

Juvenil: Que fase?!

Que fase!
Que fase!

A equipe juvenil do Ceilandia EC perdeu a terceira partida na Copa Agap.  O time juvenil  é um time ansioso. Precisa ter tranquilidade para desenvolver seu futebol. Precisa se divertir em campo. É um time que apela para a força de vontade, quando tem que se preocupar apenas em jogar futebol, em se divertir.

O Ceilândia era melhor que o Fluminense. Foi assim o jogo inteiro.  No primeiro tempo o Ceilândia fez um jogo de intermediária a intermediária, sem domínio de posse de bola, sem transição de lado a lado, mas com muita vontade. Foi assim, na base da vontade que o time fez 1 x 0. Foi assim, com excesso de vontade e em um dos vários atos falhos da arbitragem que permitiu o empate no ainda no primeiro tempo.

No segundo tempo comandou o jogo, mas em um erro da defesa permitiu a virada do adversário. Depois disso e porque é um time que tem garra e vontade partiu para cima do adversário mas encontrou adversário na trave direita, depois no travessão e por fim a defesa do Flu defendeu sobre a linha.  O CEC não tinha paciencia, errava todas finalizações,  foram muitas.

Faltavam cinco minutos para o final quando o Fluminense fez o terceiro.  O Ceilândia até que tentou diminuir. Teve algumas oportunidades, mas a fase não está boa. O time precisa se convencer que precisa aliar a vontade com a boa técnica. É só ter calma que o resultado vem.

GALERIA DE FOTOS

Juvenil: hora de iniciar a recuperação

Diferentes

Infantil: em busca da afirmação
Infantil: em busca da afirmação

Os times infantil e juvenil do Ceilândia têm desafios diferentes nesse final de semana. Enquanto o time infantil comemora a vitória do último final de semana sobre um adversário de respeito e diminuiu o vexame da estréia, o time juvenil vai em busca da recuperação. O time infantil procura diante do Fluminense mostrar que a vitória diante da Guaraense não foi obra do acaso e que é um um candidato a uma das vagas nas oitavas de final.

Juvenil: hora de iniciar a recuperação
Juvenil: hora de iniciar a recuperação

Já o time juvenil precisa da vitória diante do Fluminense para apagar os últimos insucessos.  Por todas essas razões, a semana de treinamento serviu não apenas para que os meninos se preparassem para a partida, mas também para conscientiza-los de que há muito caminho pela frente e que em circunstâncias normais o Ceilândia deve se classificar e ser um dos finalistas.

Os jogos serão disputados a partir das 9h00 deste domingo no CT do Jaguar.

Juvenil: CEC perde mais uma

Muita disposição: CEC esteve longe da vitória
Muita disposição: CEC esteve longe da vitória

Duas partidas, duas derrotas.  Embora tenha sido um time valente e tenha lutado o tempo todo,  ficou claro que o time entrou em campo pressionado pela necessidade da vitória diante da Guaraense. O resultado de 3 x 0 para o time do Guará mostrou apenas uma coisa: ainda é preciso evoluir.

A partida foi equilibrada na maior parte do tempo. Mas havia uma diferença: o Ceilândia era um time ansioso e que insistia nas jogadas de força baseada em lançamentos longos. Esqueceu-se que possui jogadores técnicos e que poderia botar a bola no chão. A Guaraense por sua vez manteve a concentração o tempo todo, botou a bola no chão e conquistou um justo resultado.

Para o técnico Antonio Gomes o resultado foi normal. O time sentiu a primeira derrota e entrou em campo pressionado pela necessidade da primeira vitória. Por sorte a competição é longa e o CEC já mostrou que tem técnica e vontade, falta apenas aplicar em campo. No próximo final de semana o Gato terá a oportunidade de fazer as pazes com a vitória, depois, com mais tranquilidade, tudo será diferente.

Tudo sobre a competição juvenil você encontra em : http://www.ceilandiaec.com.br/?page_id=3846

Galeria de Fotos