Tag: Leandro Kivel

CEC pega o Brasiliense

CEC: sem mundanças contra Brasiliense
CEC: sem mundanças contra Brasiliense

O Ceilândia terá mais um duro teste pela frente. Após ter perdido para o Gama no sábado passado por 3 x 0, num jogo em que atuou abaixo da crítica, o CEC enfrentará o Brasíliense, nesta quarta, à s 20h30, no Serejão. O time não sofrerá alterações por razões de ordem técnica ou tática. Apenas Cassius é dúvida, em razão de uma inflamação no pubis. Se Cassius não jogar a vaga deverá ser ocupada por Leandro Kivel.

O jogo ganha ares dramáticos, tanto para Ceilândia quanto Brasiliense. Uma derrota aumentará a pressão por bons resultados. Para o Ceilândia um resultado negativo será ainda pior: na próxima rodada, sábado, 16h00, enfrentará o badalado Botafogo.

O Técnico Adelson de Almeida está consciente dos problemas e não se abala. Por isso mesmo resolveu manter o time do jogo contra o Gama na certeza de que o time precisa apenas pegar ritmo de competição.

Related Images:

Está chegando a hora

2000: CEC bate o Gama por 2x1
2000: CEC bate o Gama por 2x1

Está quase tudo pronto para o Clássico Vovô. O primeiro jogo entre Ceilândia e Gama foi disputado em 3 de julho de 1980, com vitória do times esmeraldino por 3 x 0.

O Ceilândia deve fazer hoje o último treinamento efetivo para a partida deste sábado, 16h, no Abadião. O técnico Adelson de Almeida tem poucas dúvidas quanto ao time que deve mandar a jogo. Uma dessas dúvidas é Fábio Lima. O volante luta para se recuperar completamente de uma lesão na panturrilha. Há outra dúvida também no ataque: quem será o companheiro de Dimba. Para a partida diante do Gama o mais provável é que esse parceiro seja Cassius, com Leandro Kivel correndo por fora. Tudo dependerá da estratégia de jogo que se supõe será adotada pelo Gama. Nesse particular os primeiros minutos da partida serão importantes.

Arbitragem Definida

A partida entre Ceilândia e Gama será arbitrada por Rogério Bueno. Ciro Chaban, Jose Reinaldo e Francisco Trajano serão os auxiliares.

Abaixo o resumo dos confrontos entre Ceilândia e Gama.

M / V / N Jogos V E D Gols + / –
Mandante 16 4 6 6 18 – 25 -7
Visitante 36 7 10 19 32 – 62 -30
Neutro 13 4 6 3 13 – 11 +2
Total 65 15
22 28 63 – 98 -35

Related Images:

CEC vence e respira: 4 x 2

20090225cec4x2brazlandiaQuando o árbitro apitou o final do jogo, Jean Cláudio virou-se tranquilamente e comemorou timidamente a vitória. Para o CEC eram sete partidas sem vitórias, para ele, uma eternidade. O CEC volta a sair da zona do rebaixamento.

Não foi um jogo tecnicamente agradável, mas sobrou disposição. O Brazlândia iniciou o jogo pressionando. Com 30 segundo teve um escanteio a seu favor. Aos 2 minutos, Ricardo falhou e permitiu que o chute de Léo morresse no fundo das redes. A pequenina platéia de 77 testemunhas reclamou uma falta em Glauber, que permaneceu no deitado gramado durante todo o lance.

O Ceilândia tomou as rédeas da partida e foi parado seguidamente por faltas. A arbitragem parecia não ter a medida certa, um padrão de arbitragem: oscilava entre deixar o lance correr e, na mesma seqüência, apitar falta em jogada idêntica.

20090225cec4x2brazlandiakivel
Leandro Kivel comemora: uma noite iluminada

Apesar do domínio, o Ceilândia seguia sem inspiração até que, aos 32, Leandro Kivel fez o o gol do empate. Logo em seguida, Matheus, do Brazlândia, foi expulso. Apesar da vantagem numérica e de ter desperdiçado uma grande chance, a vitória somente seria desenhada no segundo tempo.

Na segunda etapa, o Ceilândia devolveu na mesma medida. Aos 2, Leandro Kivel aproveitou um rebote e de dentro da pequena área colocou o Gato na frente. Depois do segundo gol, o Ceilândia perdeu uma quantidade enorme de gols. Apesar disto, conseguiu uma merecida folga aos 15, novamente com Leandro Kivel.

Após o terceiro gol, quando todos esperavam que o CEC chegasse à goleada, viu-se um time com total falta de objetividade. O castigo veio aos 32 quando, no bate-rebate dentro da área, Cláudio chutou e diminuiu a vantagem. Mas era dia de sorte do Ceilândia. Mal a saída foi dada e Fernando teve a sua insistência premiada com um belo gol.

O resultado devolve o Ceilândia ao grupo de elite. O problema é que agora vai pegar, em seqüência, os três primeiros colocados do campeoanto, na mesma ordem de classificação: Brasiliense, Dom Pedro e Gama. Noutra medida, o Legião vai pegar Luziânia, Brasília e Brazlândia. Após essas três rodadas o destino do CEC estará traçado.

(notícia corrigida: num primeiro momento o 4º árbitro indicou que o gol seria de Cassius. O SiteCEC indicou o gol de Cassius mas afirmou, desde o início, que a impresssão é a de que o gol seria de Leandro Kivel). Leandro Kivel, nesse caso, foi o dono da noite marcando três gols.)

Related Images: