Tag: Sete

Presidente Ari de Almeida: Copa Verde é prioridade

Foco no Luverdense pela Copa Verde

Ceilândia enfrentou o Brasília de olho no Luverdense
Ceilândia enfrentou o Brasília de olho no Luverdense

O Ceilândia jogou contra o Brasília já de olho no Luverdense. jogo válido pelas oitavas de final da Copa Verde 2017.  Há poucas informações sobre o time matogrossense, mas o pouco que se sabe é que é um time muito diferente daquele do ano passado.

O Luverdense está invicto em 2017 e é muito forte em seus domínios. Se quiser avançar na Copa Verde o Ceilândia precisa fazer um bom resultado dentro de casa. O adversário acaba de classificar-se para a terceira fase da Copa do Brasil, mas pagará o preço pelo desgaste do confronto do meio de semana.

Presidente Ari de Almeida: Copa Verde é prioridade
Presidente Ari de Almeida: Copa Verde é prioridade

O presidente Ari de Almeida coloca a Copa Verde como prioridade nesse momento. A tarefa não será fácil. As informações recebidas dão conta que o Luverdense é uma equipe que assenta seu jogo em um forte sistema defensivo e nos contra-ataques rápidos. Se o adversário der campo, é um time que avança sempre organizado. Nada muito diferente daquilo que o Ceilândia viu diante do ABC pela Copa do Brasil.

O Ceilândia sabe os perigos que corre. Por essa razão, o técnico Adelson de Almeida poupou boa parte de seu elenco titular no jogo de ontem. 

Um empate e adeus!

Erivelton abre o placar na unica chance criada pelo ABC

O Ceilândia foi superior ao ABC na maior parte do jogo. Isso não é suficiente. Um vacilo e se perde uma classificação.
Jogando na tarde desta quarta, o Ceilândia empatou em 1 x 1 com o ABC de Natal, Rio Grande do Norte, e com isso deu adeus à Copa do Brasil 2017.

Allanzinho poderia ter empatado ainda no primeiro tempo

O Ceilândia foi melhor na maior parte do primeiro tempo, mas não tinha volume de jogo. O time parecia um tanto quanto apático contra um adversário que o atraia para seu campo de defesa.
O jogo ficou amarrado porque o ABC se limitava a se defender, enquanto o Ceilândia não tinha inspiração. O acaso, em circunstâncias como estas, desempenha um papel relevante.

Romarinho esta crescendo de produção

Aos 27 da primeira etapa, Badhuga tentou proteger a bola para que saísse pela linha de fundo. Foi traído e Erivelton recebeu em condições de abrir o marcador para o ABC. Foi o único chute do ABC em todo o jogo.
É verdade que, após sofrer o gol, o Ceilândia passou por uns 5 minutos de instabilidade. Recuperou a iniciativa do jogo no final da primeira etapa, mas era um time morno, sem intensidade.

Helivelto empatou cobrando penalti

O panorama do jogo mudou no segundo tempo. O Ceilândia entrou mais vivo e prendeu o ABC próximo a sua área, ainda sem inspiração.

Adelson mexeu e colocou Filipe Cirne e Michel e quatro minutos depois Romarinho foi derrubado dentro da área.

Ceilandia pressionou nos minutos finais

Penalti cobrado por Helivelto e empate em 1 x 1.
O Ceilândia continuou pressionando e as chances foram aparecendo.

Primeiro, Michel errou o cabeceio na linha da pequena área. Depois, Kabrine encheu o travessão da meta abecedista. Por fim, Romarinho fez grande jogada pela esquerda, mas a conclusão saiu torta.

Gato foi para o abafa: bola no travessao e chance desperdiçada

No final, empate em 1 x 1. A torcida, que questionou muito no intervalo compreendeu que o time lutou bastante e que a vitória não veio por detalhes. Nada disso realmente importa, na verdade. O Ceilãndia está eliminado da Copa do Brasil. Agora é voltar os olhos para o Campeonato Candango. No domingo, o Gato Preto enfrenta o Luziânia.

Didão deve comandar o meio

O quê esperar do Ceilândia em Dourados

Allanzinho e Gilmar: Ceilandia marca bem, mas ainda precisa melhorar ofensivamente
Allanzinho e Gilmar: Ceilandia marca bem, mas ainda precisa melhorar ofensivamente

O Ceilândia faz a sua estreia na Copa Verde neste domingo. O time montado, contra todos os prognosticos, é forte para os padrões do Distrito Federal. A dúvida é se esse time pode repetir o feito do Ceilândia da Série D que, até ser eliminado, possuía a melhor campanha da competição.

Ano novo, novo desafio. O  goleiro Artur permanece no grupo, mas quem tem jogado é Pedro, cria da casa, dono de uma técnica muito boa. Pedro dá ao time de Adelson a possibilidade de sair jogando com os pés, algo comum e perigoso do futebol moderno. 

Badhuga é garantia na defesa
Badhuga é garantia na defesa

A defesa do Ceilândia perdeu muitos jogadores em relação ao time da Série D. Dudu já jogou pelo Ceilândia em Dourados, na Série D de 2012. Adelson tem testado Wanderson e é difícil saber quem, ao final, ficará com a posição. Luan está se recuperando de uma infecção bacteriana.

O time de Adelson parece acertado defensivamente na cabeça de área, mas a relação entre os volantes Didão e Emerson Martins e os meias ainda parece instável. Adelson tem opções para estilos de jogos distintos: Alcione e Allanzinho para um, Felipe Cirne e David para outro.

Wallinson tem tido a preferência de Adelson
Wallinson tem tido a preferência de Adelson

O time se defende bem, mas os meias ainda parecem distante dos atacantes. Se a proposta for apenas defensiva, parece equilibrado.  Difícil é saber se esse equilíbrio será mantido com a posse de bola.  O Anápolis sempre encontrou o Ceilândia bem posicionado.

O ataque do Ceilândia não teve oportunidade de mostrar algo mais que espírito de luta contra o Anápolis. O jogo foi truncado, com as defesas levando enorme vantagem sobre os ataques adversários. Assim, as opções de Adelson  terão a difícil missão de mostrar o quanto estão prontos quando o jogo estiver valendo.

Didão deve comandar o meio
Didão deve comandar o meio

Adelson tem testado diversas formações. Gilmar Erê, Formiga, Maycon Paixão e Romarinho tem sido as opções. O Ceilândia precisa de gols e, a princípio, esses são os responsáveis. 

O regulamento da Copa Verde é similar ao antigo regulamento da Copa do Brasil. O Ceilândia precisa fazer um bom resultado fora para diminuir a possibilidade de insucesso em casa. O Sete é um time em formação. O Ceilândia leva algum vantagem nisso…. mas futebol se resolve em campo.  Sacrifício e esforço haverá de ambos os lados. Jogar futebol fará a diferença.

Related Images:

Em 2012, o CEC não respeitou o CENE e saiu de campo castigado

Copa Verde 2017: Ceilândia volta a Dourados

Em 2016, vitória sobre o Comercial por 2 x 0
Em 2016, vitória sobre o Comercial por 2 x 0 pelo Campeonato Brasileiro, Série D

O Ceilândia volta a Dourados, Mato Grosso do Sul, nesse domingo. O adversário da vez é o 7 de Setembro, time da cidade pantaneira, atual campeão estadual. Será o terceiro adversário diferente que o Gato Preto enfrentará em Dourados nos últimos 5 anos.

Em 2012, o Ceilândia entrou acomodado em campo e foi derrotado pelo CENE por 3 x 1, jogo válido pelo Campeonato Brasileiro da Série D. Em 2016, pela mesma competição, o CEÍ também já estava classificado quando enfrentou o Comercial. Dessa vez, respeitou o adversário e, embora não tenha feito uma grande partida, venceu o seu adversário por 2 x 0.

Ceilândia x Cene, em 2012, foi realizado em Dourados: Gato perdeu por 3 x 1
Ceilândia x Cene, em 2012, foi realizado em Dourados: Gato perdeu por 3 x 1

O time do Sete foi completamente reformulado para 2017. O time sulmatogrossense se reapresentou um pouco depois que o Ceilândia para a temporada 2017. Na última terça-feira, fez o seu último amistoso na fase de preparação, partida em que demonstrou evolução em relação aos jogos-treinos anteriores, mas foi derrotado pelo Novoperário por 1 x 0.

No elenco do Sete há dois jogadores com passagem pelo futebol do Distrito Federal: Mariano Cusano, 26 anos, argentino que teria jogado pelo Santa Maria, e o zagueiro Neto, 31, que atuou pelo Brasiliense entre 2004 e 2006 e no ano passado.

 
Em 2012, o CEC não respeitou o CENE e saiu de campo castigado
Em 2012, o CEC não respeitou o CENE e saiu de campo castigado

O jogo deste domingo será a primeira partida oficial tanto de Ceilândia quanto de Sete. O técnico Adelson de Almeida sabe que o time ainda não está maduro. O treinador destaca dois aspectos para este domingo: o fato de o Ceilândia ter mantido uma base de 2016 e ter iniciado a preparação um pouco antes que o adversário. 

Nesta quinta-feira, o Gato Preto fará o seu treino-apronto para a partida. O time viaja no sábado para Dourados.

Related Images: