Tag: Vila Nova-GO

Copa São Paulo: o maior desafio

Os juniores embarcam para São Paulo às 17h deste primeiro dia do ano (erramos na primeira postagem dizendo que o embarque seria ontem) Na bagagem, a esperança de uma boa campanha.

Serão quase 24 horas de viagem até Andradina, no Oeste Paulista, onde o time estréia depois de amanhã.

Atual campeão do DF, Juniores do Ceilândia estreiam quinta-feira na Copa São Paulo

Campeão do DF: Juniores terão grupo difícil

O Grupo do Ceilândia na Copa São Paulo será muito difícil. O Gato Preto sabe o tamanho da dificuldade. Na fase de preparação o Ceilândia pôde medir forças contra dois adversários que estarão na competição: Trindade e Vila Nova.

Há sempre a preocupação com uma boa campanha. A se tirar pelos resultados contra Trindade e Vila Nova os analistas acreditam que o Gato Preto não é um dos favoritos, mas também não está na parte de baixo da tabela.

Gato Preto venceu um jogo e empatou outro contra o Trindade.

Na preparação: 1 vitória, 1 empate e 2 derrotas

O Ceilândia enfrentou o Trindade duas vezes. Venceu a primeira no Goiás por 1 x 0 e empatou a segunda, em casa, em 1 x 1.

Os resultados podem não significar muita coisa, mas são um sinal de que o Ceilândia tem um bom time. O Gato Preto sofreu no segundo jogo, uma partida equilibradíssima contra um Trindade que é definitivamente um bom time.

A diferença de nível pode ser sentida nos desafios contra o Vila Nova: dois jogos, duas derrotas

Ceilândia fez jogos difíceis contra o Vila Nova: que foi sempre melhor

Vila Nova: a maior lição

A maior lição veio nos confrontos contra o Vila Nova-GO. O time goiano, tecnicamente está no mesmo nível do Ceilândia, mas mostrou algo que o Gato Preto precisa estar preparado: a força física.

O Vila Nova é um time que estava um nível acima do Ceilândia na fase de preparação. Apresentou ao Gato Preto um estilo de jogo para o qual precisa estar preparado.

O Ceilândia não fez feio. Os jogos foram equilibrados, mas era no detalhe que o Vila mostrava sua superioridade. Na Copa São Paulo, o Gato vai precisar superar esse tipo de jogo com concentração. Técnica o time mostrou possuir.

Gleyton Arianni e equipe da BTN

Fé na comissão Técnica

O trabalho da Brasília Novos Talentos com Gleyton Arianni e Leo Roquete tem sido fantástico. Apenas este ano, o Ceilândia sagrou-se campeão nos juniores e no juvenil.

O trabalho que levou o time a Copa São Paulo começou bem antes e passou pela disputa do  Karel Stegeman International Youth Tournamen na Holanda.

A competência da Comissão Técnica e os resultados na fase de preparação dão a certeza de que o Ceilãndia pode fazer uma boa campanha. Não é o favorito, mas é um time humilde, com boa técnica e que precisa ser respeitado.

Os adversários

Ceilândia terá Adversários de peso na fase de grupo

O Ceilândia estreia contra o Ceará. O adversário remodelou a equipe e essa é a única boa notícia para o Ceilândia. O time cearense contou com competições ao longo do ano algo que lhe permite chegar na Copa São Paulo com um pouco mais de ritmo de jogo que o Gato Preto.

A segunda partida do Ceilândia será contra o Andradina. O adversário vem treinando para a Copa São Paulo há seis meses. Nesse período realizou diversos amistosos.

Por fim, o Gato Preto enfrenta a Ponte Preta, esta sim a grande favorita do grupo. O time de Campinas foi bem no Estadual e vem de excelentes resultados na fase de preparação.

Lição de Casa: Juniores perdem para o Vila Nova-GO

Fernando dá combate: O Ceilândia melhorou, mas não o suficiente

O Ceilândia teve uma grande lição na tarde desta quarta-feira. Jogando contra o Vila Nova-GO, em amistoso preparatório para a Copa São Paulo, o Gato Preto viu como é jogar contra um time forte fisicamente e que também sabe jogar bola.

Vila Nova foi melhor na maior parte do jogo

Ceilândia e Vila Nova fizeram um belo jogo. Ambos os times começaram apresentando dificuldades na transição defesa-meio-ataque.  Como resultado, os atacantes de ambos os lados chegavam no último quarto do campo  sem apoio. Isso facilitava o trabalho das defesas.

Muriel comemora: Ceilândia jogou bem até fazer o gol.

O Vila Nova tinha uma vantagem: conseguia avançar invertendo a bola pelas laterais.   O Vila tinha outras virtudes: a força física e a bola aérea.  O Ceilândia sofreu com as invertidas de bola do Vila Nova. O jogo seguiu equilibrado até os 22 do primeiro tempo quando Warley escorou cruzamento para Abdio. O atacante tirou do boleiro e a bola bateu na trave. Na sequencia, a bola sobrou para Muriel livre fazer Ceilândia 1 x 0.

Vila Nova é um bom time: forte fisicamente

Após o gol o Vila Nova conseguiu empurrar o Ceilândia para o seu campo de defesa. O alvinegro sofria com as bolas paradas do Vila Nova e escapou de sofrer o gol do empate ao menos duas vezes. De tanto insistir, o Vila Nova chegou ao empate com Lucas aos 40. Cinco minutos depois, Mateus fez Vila Nova 2 x 1.

Abdio tambem fez o dele, agora de penalti

Veio o segundo tempo e o Ceilândia passou a ter mais iniciativa. O Vila Nova, a seu turno, era  perigoso nos contra-ataques. Aos 20, pênalti para o Vila e Mateus fez 3 x 1. Cinco minutos depois, penalti para o Ceilândia: Abdio converteu para dar números finais ao jogo.

O Ceilândia ainda faz um amistoso antes de viajar para São Paulo. O time mostrou evolução e precisa retirar lições do amistoso de hoje.