Tag: Brasiliense

Vitória sobre o Gama por 1 x 0 coloca o Ceilândia no G2

Tião Rodox, Adilson e Ceará: a velha guarda prestigiou o time de 2022

O Ceilândia conquistou importante vitória na busca por um lugar no G2 do quadrangular semifinal do Candangão BRB 2022 ao vencer o Gama por 1 x 0.

O Ceilândia tentou jogar, mas o Gama fez o possível para não deixar. Árbitro não deu cartão.

Como se esperava, foi um jogo difícil. O Gama jamais se sentiu constrangido em matar as jogadas,. Às vezes com violência, às vezes segurando, às vezes puxando a camisa.

Cabralzinho foi marcado duramente. Participou dos lances mais decisivos: expulsão e gol. Aqui também não houve cartão.

O árbitro Rodrigo Raposo fez de tudo para administrar o jogo e de certo modo conseguiu. Os 4 amarelos para o Gama poderiam ser muito mais.

Gabriel Pedra foi bem marcado pela defesa do Gama.

No primeiro time, apenas um time jogou: o Ceilândia. O Gato Preto, embora sem muita inspiração, dominou as ações, mas teve enorme dificuldade de criar situações claras de gol.

As melhores oportunidades do primeiro tempo foram do Ceilândia em jogadas que sempre passaram por Crystian. As duas oportunidades foram com Romarinho, mas em ambas Romarinho não foi feliz.  Numa cabeceou sobre a meta e na outra chutou forte também sobre a meta adversária.

Ceilândia sofreu com a marcação do Gama, mas foi dele as melhores chances no primeiro tempo

 

Veio o segundo tempo e o Ceilândia,  talvez pelas facilidades do primeiro tempo, parecia um time dividido. Havia muito espaço entre Tarta, Cabralzinho e o ataque e o sistema defensivo protegido por Gabriel Henrique.

O fato é que, nos contra-ataques e aproveitando essses espaços, o Gama teve ao menos uma oportunidade de sair na frente.  Matheus Kayser, que até então não tinha trabalhado, apareceu para fazer ao menos duas importantes defesas.

Gabriel Henrique participou do gol da vitória, mas vai desfalcar o Ceilândia contra o Capital

Não demorou e o Ceilândia foi se rearrumando em campo. Aos 26, Tarta armou o contra-ataque para Cabralzinho. Caio matou novamente a jogada e, como ja tinha amarelo, foi expulso.

Romarinho fez excelente partida. Merecia ter sido recompensado com gol. Vai se contentar com uma assistência.

Depois da expulsão, o jogo ficou inteiramente para o Ceilândia. Aos 33, enfim veio o gol alvinegro. De pé  em pé, a bola passou de Igor para Gabriel Henrique, deste para Cabralzinho que mandou para o incansável Romarinho que cruzou para Mirandinha fazer o gol da vitória.

Kayser apareceu para fazer ao menos duas excelentes defesas.

Após o gol o Ceilândia foi melhora até o momento que cedeu aos cantos de olé.  O olé passou a ser um fim em si mesmo. Enquanto dava olé, o Gama tentava jogar.

O castigo veio no finalzinho quando Gabriel Henrique mal calculou a necessidade de uma falta. Foi expulso. Fará muita falta no jogo dificílimo do proximo sábado.

Igor e Medeiros tiveram muito trabalho. Vidal, do outro lado, também.

O jogo já estava terminando. O Gama tentava, mas não tinha força. O Ceilândia não queria mais jogar, apenas esperar o final.

Mirandinha tem estrela: gol da vitória. Importante.

Com a vitória, o Ceilândia está 1 ponto à frente do Capital. Os dois times se enfrentam no sábado.

O Gato Preto sabe que são dez jogos decisivos. Já foram 4. Faltam Capital, Capital, Gama, Brasiliense… …. ….

 

No final, jogadores comemoram com a torcida!

Com torcida de volta, Ceilândia coloca boa fase à prova diante do Gama

Ceilândia, Gama, Brasiliense e Capital: Apenas 2 garantem temporada em 2023

À medida que os campeonatos afunilam, aumentam os desafios e as responsabilidades.

Adelson: oração, pequenos ajustes e decisão. Foto: Alan Rones

Nesta segunda-feira, o Gato Preto enfrenta o Gama no Regional precisando vencer para passar o Capital na tábua de classificação.

Liderança e consistência de Tarta tem sido fundamental para o Ceilãndia.

O Gama está na mesma situação e teve mais de uma semana de preparação apenas para este jogo. Isto acende o sinal de alerta para o Ceilândia.Enfrentar o maior campeão do Distrito Federal é sempre difícil.

Gama teve mais de uma semana para se prepara para este jogo: perigo aumenta

Independente disso, o Ceilândia precisa fazer valer o seu melhor momento para não deixar os demais times desgarrarem.

Igor e China  assistem à defesa de Kayser: Defesa será muito exigida

Para o jogo de hoje, Adelson deve contar com força máxima. É verdade que o treinador sempre faz alterações pontuais, conforme o adversário.

Suplentes serão muito importantes nesta fase decisiva.

Então é de se esperar que haja uma ou outra alteração em relação aos últimos jogos.

Estádio Regional Lotado: de um tempo em que a torcida prestigiava. Está mais que na hora de saber o que aconteceu
Estádio Regional Lotado para ver Ceilândia e Gama: faz tempo que isso não acontece

O Ceilândia terá também o reforço da torcida.  Com a torcida vem uma força nova e uma nova exigência. O jogo começa às 16h.

Hora de fazer a diferença!

Hiury era um dos destaques. Não joga há quase um mês.

Bons times ganham jogos, elencos ganham campeonatos. O jogo de ontem, em que o Brasiliense venceu o Capital por 2 x 1, é uma prova da certeza futebolística.

Giovani tem entrado bem. É uma das opções recorrentes

Com os quatro melhores times do Candangão se enfrentando a cada  3 ou 4 dias, quem tiver o melhor elenco deve prevalecer.

Fernandinho é outra opção recorrente.

Agora  todos se conhecem um pouco mais e o Ceilândia vai precisar dos seus suplentes mais que nunca.

Mirandinha tem sido outra opção de Adelson. 

Embora tenha feito poucas mudanças no time-base, Adelson foi dando ritmo  à maior parte do elenco. Aos menos 18 jogadores entraram em 5 ou mais jogos do Candangão.

Medeiros parece recuperado e aumenta opções de Adelson

Hiury lesionou-se  há quase um mês e seu retorno é incerto, mas nomes como Léo, goleiro, Medeiros,  zagueiro, Giovani, volante, Fernandinho  e Hericlis, meias,  Mirandinha, atacante, são reconhecidamente bons nomes.

Marchesan, Kayser e Léo: 3 bons goleiros.

O Ceilândia ainda carece de um atacante de referência porque não substituiu Caíque. Romário e Gabriel Pedra revezam no ataque. Além disso, China e Gleissinho revezam na lateral esquerda.

Gabriel Pedra tem revezado no ataque com Romário

Partindo do princípio que Adelson só manda a campo quem está preparado o desafio, o  problema do treinador é saber quem dos suplentes está preparado para os desafios do  quadrangular semifinal.

Hericlis ainda não mostrou todo seu potencial

O time titular obrigatoriamente tem que estar preparado físico, técnico e mentalmente para os desafios de um jogo de semifinal.

Romário é opção para o ataque

Amanhã, contra o Gama, 16h, no Regional, começaremos a saber.

Não foi perfeito, mas foi com cara de Ceilândia: 0 x 0

Entrada por trás…. Cabralzinho foi caçado em campo.

Na abertura do quadrangular semifinal do Candangão BRB 2022, Ceilândia e Brasiliense empataram em 0 x 0.

Liderança de Tarta foi mais uma vez importante

Não foi o melhor resultado para o alvinegro, mas foi o resultado possível.

A bola aérea do Brasiliense incomoda bastante.

Há muitas coisas envolvendo o resultado de hoje, mas fiquemos com o futebol das equipes.

Muita bola cruzada na área.

De maneira geral o jogo foi jogado de intermediária a intermediária, com os goleiros sendo pouco exigidos. Edmar foi mais exigido que Kayser. Isso não significa que o Brasiliense não levou perigo e vice -versa.

Ceilândia também usou muitos cruzamentos

Embora os goleiros tenham sido pouco exigidos, os dois sistemas defensivos trabalharam bastante.

Arbitragem muito confusa: critérios distintos para lances iguais

O Brasiliense dependeu bastante das bolas paradas. Desta vez a defesa do Ceilândia esteve melhor pelo alto.

Na luta e nos pés de Pedra, as melhores oportunidades.

O Ceilândia dependia bastante de Cabralzinho, Romarinho e Gabriel Pedra. Os dois primeiros foram muito bem marcados. O último, no espírito de luta pessoal, roubou duas bolas nas quais poderia ter aberto o marcador.

Desta vez o Ceilândia não abaixou a cabeça

O panorama do jogo foi o mesmo nos 90 minutos: equilíbrio total entre as equipes.

Romarinho fez boa partida, mas o gol não veio.

No quadrangular semifinal o importante é pontuar. Não é e  não vai ser fácil. Chegou a hora de entre os bons aqueles que são os melhores. São 4 e ficarão apenas 2. No outro jogo, Gama 1 x 2 Capital.

Ceilândia e Brasiliense muito mudados. Finalistas definidos no detalhe

Brasiliense mudou depois do ultimo jogo, Ceilândia também

Jogador gosta dos grandes jogos. Ceilândia e Brasiliense tornou-se nos últimos anos um desses grandes jogos.

No geral o quadrangular semifinal reserva uma briga de cachorro grande.

No último jogo: Ceilândia sobreu com as bolas paradas

A diferença entre os times não é muito grande. Detalhe a detalhe, no momento, o Brasiliense leva vantagem sobre os demais.

O Ceilândia aparece logo depois, pouquinho acima de Gama e Capital. Com diferença tão pequena, tudo pode acontecer. O melhor dos mundos seria chegar na última rodada com 12 pontos, mas isso significa 4 vitórias em 5 jogos.

Semifinal - Grupo E - 2021

PosClubeJVEDGPGCSPts
165101721516
2632197211
36204612-66
46015617-111

Em 2021, veja acima,  Ceilândia passou com 11 pontos. Na prática isso significa sofrimento. O Ceilândia decidirá o seu destino exatamente contra o Brasiliense: hoje e na partida final.

O Ceilândia é um time mudado em relação ao que foi goleado pelo Brasiliense. Em relação ao time que foi goleado pelo adversário, mas teremos alteração no gol, na defesa, no meio e no ataque.

No último jogo, Brasiliense ganhou todas pelo alto

Adelson tem variado a disposição tática do time e, com isso,  a marcação alta melhorou e o time já não sofre tanto com a transição do adversário. Em contrapartida, a transição para o ataque alvinegro ficou melhor.

Esta imagem resume o jogo anterior: dois volantes e um lateral atrás de atacante adversário

O Brasiliense também é um time mudou a tática de jogo e suas peças. Para o jogo de hoje já pode contar com Peninha, Tobinha e os novatos Erick e Bruno Nunes.

No jogo passado, Ceilândia pouco criou. Ficou nas bolas paradas.

Os técnicos, neste momento, estão ensaiando mentalmente as suas jogadas.  Será um jogo diferente do passado em suas peças e na forma de ser jogado…

Começando do zero: Brasiliense não traz boas recordações

Ceilândia enfrenta Brasiliense, Gama e Capital. Destes sairá o campeão.

O Ceilândia sempre deixou claro que o Candangão é prioridade. Não existe calendário em 2023 se o Ceilândia ficar fora da final em 2022.

Amanhã começa o quadrangular semifinal do Candangão 2022. Todos começam do zero, 2 avançam para a final  e o primeiro adversário é o Brasiliense, que na primeira fase goleou o Ceilândia por 5 x 1.

O último confronto com o Brasiliense não traz boas recordações: 5×1

O jogo de amanhã, entre Ceilândia e Brasiliense é marcado por expectativas. A principal está em saber como o Ceilândia, que vive bom momento,  se comportará depois da goleada da fase classificatória.

Além disto, o Ceilândia tem apenas 1 vitória contra o rival nos últimos 11 jogos e não  vence o Brasiliense nos últimos 7..

Entre 2018 e 2021, o Ceilândia sofreu com o Brasiliense. 2022 não começou diferente

Claro que o Ceilândia de 2022 é muito diferente dos times de 2018 a 2021. O problema é que este ano não começou diferente.

Na outra partida do dia, o Gama recebe o Capital no Serra do Lago.

Gama enfrenta o Capital no Serra do Lago

Normalmente é difícil saber o time que Adelson manda a campo. No contexto atual é ainda mais difícil. O treinador somou às suas diversas responsabilidades a responsabilidade de diminuir a ansiedade do time depois da vitória da última quarta-feira.

Os times começam o quadrangular semifinal do zero. Nos confrontos apenas entre os 4 finalistas, o Ceilândia foi o time que menos pontos fez na primeira fase: vitória sobre o Gama e derrotas diante de Brasiliense e Capital.

No campeonato particular dos 4 melhores, Capital foi o melhor

O Capital foi o time que mais pontos fez no confronto direto: 5. Brasiliense e Gama fizeram 4.

Todos os times jogam entre si. Os dois melhores fazem a final e garantem a temporada 2023.

 

 

Que semana!!! Londrina, Brasiliense e Gama pela frente

Adriano comemora gol da vitória alvinegra sobre o Londrina em 2005

A semana sem compromissos oficiais e a aproximação das estreias na Copa do Brasil e quadrangular semifinal confirmam: foi apenas a calmaria antes da tempestade.

Nesta quarta-feira, precisando da vitória, o Ceilândia estreia na Copa do Brasil contra o Londrina. O empate beneficia o adversário.

O Ceilândia não enfrenta o Londrina há quase 17 anos. Os últimos confrontos foram pela Série C do Campeonato Brasileiro daquele ano. De lá para cá, muita coisa mudou.

Para o jogo desta quarta, contra o Londrina, o  técnico Adelson de Almeida terá à sua disposição alguns jogadores que não poderá contar para o Candangão.

Watthimen e Tiago Magno  vieram do Santa Maria, Falero veio do Unaí. Além destes jogadores, o Ceilândia conta agora com o retorno de Liel.

O tempo é muito curto para que Adelson faça grandes modificações no elenco. Os novos contratados chegam para contribuir em posições carentes  do alvinegro. Adelson deve privilegiar a base do Candangão.

Próximos Jogos do Ceilândia

(Grupo A5 - 12 Rodada)
12:00
Serie D
2022

Operario-MT x Ceilândia

A calma que precede à tempestade

Luverdense se defende bem e aproveita as chances que cria
Na penultima participação alvinegra na Copa do Brasil, 2017, Ceilândia parou no paredão do ABC: 1×1

O Candangão BRB 2022 deu uma parada. Volta dia 5 de março para o jogo entre Ceilândia e Brasiliense, válido pelo quadrangular semifinal.

Antes, daqui a uma semana, o Gato Preto vai a campo pela Copa do Brasil para enfrentar o Londrina-PR. O adversário, pelo melhor ranking, tem a vantagem do empate.

Gago teve muita dificuldade para jogar nesta quarta
Copa do Brasil 2018: Na última participação, Ceilândia não conseguiu parar o Avaí e foi derrotado por 3×2

Esses dias de folga serão importantes para o técnico Adelson de Almeida. O time vinha jogando a cada 3 dias,  o desgaste é algo natural, mas ficar muito tempo sem jogar não é bom.

Ceilândia EC x Londrina

O Londrina já garantiu sua classificação para as quartas-de-final do Paranense 2022. Joga no próximo sáado contra o Rio Branco, em Paranaguá-PR.

No último confronto o Brasiliense goleou o Ceilândia impiedosamente

O Ceilândia nunca escondeu que a sua prioridade no ano é o Candangão. A princípio o confronto contra o Brasiliense está marcado para o sábado, 5/3, às 15h30, no Regional.

Na sequência, o Ceilândia enfrenta Gama e Capital. O Gato Preto decidirá a sua sorte no Candangão entre os dias 5 e 23 de março, quando termina o quadrangular semifinal.

 

 

União colocada à prova! Brasiliense 5 x 1 Ceilândia


O Ceilândia ainda não entendeu que o campeonato mudou de figura. Nos últimos 3 jogos teve amostras que o campeonato mudou, mas se recusou a entender.

Ontem, Brasiliense e Ceilândia entraram em campo para disputar esportes diferentes. O Brasiliense usou todas as armas possíveis, dentro e fora de campo.

O Ceilândia jamais entendeu o que estava acontecendo. O jogo foi se desenhando  pela intensidade do Brasiliense dentro e também ora de campo.

Sem palavras…

Falar da arbitragem é perda de tempo. O Ceilãndia sabe que o jogo é jogado dentro e fora de campo. Se não joga dentro e fora de campo, paga o preço.

O fato é que eram times jogando esportes diferentes. O resultado veio com o Brasiliense intimidando o Ceilândia e empurrando contra o seu campo de defesa.

Os gols foram surgindo. Primeiro aos 21 com Marcão de penalti; Depois com Luquinhas aos 31, no contra-ataque e com gol contra de Vidal aos 44.

No segundo tempo fez com Aloisio aos 28 e Goduxo aos 32. O Ceilândia diminuiu com Romário aos 36, de penalti.

Depois da final de 2021, Ceilândia e Brasiliense voltam a se enfrentar

Hiury terá prova de fogo na tarde de hoje

Ceilândia e Brasiliense se enfrentam na tarde de hoje no Abadião em jogo absolutamente importante para as pretensões de ambas as equipes.

Defesa tem se portado bem no campeonato

Poucas vezes o Gato Preto contou com um equipe tão qualificada. O Brasiliense historicamente tem times acima da média para o futebol local.

Tarta joga fácil: com ele o Ceilândia é muito melhor

A diferença é que o Gato Preto vive um momento de maior estabilidade que o adversário.

Cabralzinho e Crystian muito visados: Os dois são importantíssimos.

Neste time pode escolher qualquer jogador da defesa, do meio ou do ataque e dizer, este é um bom time.

Kabrine e Dudu tiveram muito trabalho: Desafio de se manterem constantes
Kabrine e Dudu tiveram muito trabalho em 2018: ultima vitória do Ceilândia

Matematicamente, o Ceilândia ainda não está classificado. Estrategicamente é um jogo que pode definir o campeonato.

Ceilândia vs Brasiliense: sempre difícil. Hericlis regularizado

Hiury vai enfrentr o seu ex-time

Ceilândia e Brasiliense irão se enfrentar na tarde de hoje pela 47a vez .  O time amarelo não é o adversário mais tradicional do Ceilândia, este lugar pertence ao Gama, que já enfrentou o Ceilândia quase o dobro de vezes: 82

Cabralzinho e Romarinho: muitos jogadores já estiveram dos dois lados

Quando se fala da importância dos jogos disputados, o Brasiliense é o time que o Ceilândia enfrentou mais vezes em finais: 2010, 2017 e 2021. Os dois times também disputaram diversas finais de turnos e semifinais.

Andrezinho jogou pelo Ceilândia em 2021. Agora, veste amarelo

No geral, a vantagem é amarela.  Com as dificuldades dos anos 18 a 20, essa vantagem aumentou ainda mais e culminou com a perda do título de 2021. Será o primeiro jogo após a decisão do ano passado.

Adelson tem a missão de se reinventar a cada jogo; hoje, Brasiliense

O time do Ceilãndia deste ano é um time melhor tecnicamente e pode devolver o sabor de vitória para o lado alvinegro.

Hericlis veste preto e branco: montagem

Hériclis, que vinha jogando pelo Grêmio Anápolis, reforça o time nessa reta final. É um bom reforço para a fase decisiva.

O jogo começa às 16h00 deste domingo.

Brasiliense x Ceilândia EC

Regional de Ceilândia

Gago bate firme para vencer Edmar: Ceilândia 1 x 0

Candangão 2022 acabou! Vai começar o Candangão 2022

Empate contra o Taguatinga ficou no passado.

O Candangão 2022 acabou! Agora começa um outro campeonato para o Ceilândia. Não existe mais a possibilidade de erro: aqui se faz, aqui se paga.

Em razão do bom começo, o Ceilândia teve a oportunidade experimentar diversos jogadores e estilo de jogo, de alternar bons e maus momentos no mesmo jogo.

Tarta é ponto de equilíbrio do Ceilândia

Essa possibilidade agora é muito reduzida: há a necessidade de entrar na fase semifinal físico, técnica e tática.

O Ceilândia tem ainda 3 jogos pela fase de classificação e não pode se perder nesta semana. O Gato Preto enfrentou os times que estão hoje do 6º ao 10º lugar. Excluído ele próprio, enfrentará 3 dos 4 times que estão no G5 e ainda não enfrentou.

Gago bate firme para vencer Edmar: Ceilândia 1 x 0
Gago bate firme para vencer Edmar: Ceilândia 1 x 0. Ultima vitória do Ceilândia foi em 2018

Parece evidente que serão jogos mais difíceis.  Embora tenha alguma folga na tabela de classificação, o Ceilândia não pode perder a oportunidade de consertar os erros observados nos ultimos jogos.

Para o jogo de amanhã, diante do Brasiliense, não se sabe qual a estratégia de Adelson.  Nos últimos jogos, o  Ceilândia tem dado campo a adversários menos capazes tecnicamente. Há dúvida como essa tática funcionaria diante de um adversário mais capaz como Brasiliense, Capital e Paranoá.

Ceilândia volta a enfrentar o Brasiliense no Abadião, mas com mando Amarelo

Há também a necessidade de se reforçar. Felipe estreou contra o Taguatinga. Está visivelmente sem ritmo de jogo. Octavio impressionou, mas ainda nao estreou.  O prazo para novas inscrições termina semana que vem.

Esperar para ver.

 

Uma campanha assustadora do campeão

Zé Love deu muito trabalho a Liel e Medeiros.

Reclamações a parte em relação ao jogo, o fato é que dificilmente um time repetirá a campanha quase perfeita do Brasiliense.

15 vitórias em 16 jogos é uma marca expressiva.

Ceilândia fez a sua parte e transformou o último jogo em autêntica final.

Coube ao Ceilândia impedir que fossem 16 vitórias em 16 jogos e fazer com que a final fosse um jogo com cara de final.

Já houve times dominantes em um campeonato, mas é pouco provável que mesmo o Brasiliense repita essa performance.

Ao Ceilândia cumpre seguir seu caminho. Um Ceilândia com cara de Ceilândia foi o que sempre se pediu. O time de 2021 cumpriu a sua parte.

 

 

O gosto meio-amargo do vice-campeonato 2021

Lucas Frank saiu machucado logo no começo.

O Ceilândia foi derrotado pelo Brasiliense por 1 x 0 neste sábado. Com isso, sagrou-se vice-campeão Candango de 2021.

Rodrigão foi um dos personagens do jogo: penalti sofrido e não marcado

O vice-campeonato deixa um gosto amargo, é verdade. Mas o CEC Torcedor prefere olhar o que foi construído.

O gol de Matheus foi anulado

No começo do ano, o CEC torcedor conversou com Adelson de Almeida. Naquela ocasião o treinador afirmou que o plano era montar um time em 3 anos.

No flagrante de Alan Rones: penalti não marcado

Quis o destino que já no primeiro ano o Ceilândia chegasse na final. Alguma coisa foi construída. Dentro e fora de campo.

Sequencia do lance…penalti

Fora de campo, as mídias sociais nunca estiveram tão ativas. A chegada de Alan Rones foi um verdadeiro gol.

Ceilândia reclamou muito

Também fora de campo, a festa armada pela camisa 13 para a decisão foi de embargar a voz do torcedor alvinegro.

No final, confusão…

O jogo? Bem, o Brasiliense começou melhor. Diego fez ao menos duas boas defesas.  Quando o Ceilândia havia equilibrado o jogo, veio o gol do Brasiliense: Keynan aos 21, após escanteio.

Willian foi uma peça importante em 2021

O Ceilândia equilibrou o jogo, assumiu o controle das ações. Chegou a fazer o gol do empate, com Matheus, anulado pela arbitragem.

Veio o segundo tempo e o Ceilândia continuou melhor. Faltava um pouco mais de intensidade. O Gato Preto reclamou muito da não marcação de um penalti em Rodrigão.

Wisman cansou e foi substituído

O fato é que o penalti não foi marcado e, por mais que o Ceilândia insistisse,  o gol do empate não veio. Restou ao alvinegro o vice-campeonato de 2021.

Descanso, últimos ajustes, uma prece e final

CEC entra em campo em 2010: para ser campeão
CEC entra em campo em 2010: para ser campeão

Faltam pouco mais que 24 horas para a grande final do Candangão 2021. Agora, o que tinha de ser feito : foram 15 jogos para chegar até aqui e muita luta.

No geral, o Ceilândia acostumou-se a resistir ao sofrimento. Isso será importante amanhã.  O Ceilândia saiu atrás no marcador em 9 oportunidades. É muito!

O pequeno torcedor sofre com a derrota do Ceilândia
O pequeno torcedor sofre com a derrota do Ceilândia em 2017.

É verdade que o Gato Preto conseguiu reverter a situação em 5 dessas 9 vezes. Também é verdade que  será importante não sofrer gol amanhã.

Adelson poupou alguns atletas na quarta. Wisman e Andrezinho, por exemplo, não atuaram. O Brasiliense poupou ainda mais os seus jogadores principais.

Ceilândia espera melhor sorte em 2021: 5 finais em 12 anos é um número a ser considerado

A verdade é que toda decisão é difícil.  Este time está acostumado com situações difíceis. Nunca se deu por vencido e com certeza isso não acontecerá amanhã.

Jogos Ceilândia

(1a Rodada - Grupo A x B)
1 - 2
Campeonato Candango
2021

Real FC x Ceilândia EC

(2a Rodada - Grupo A x B)
0 - 2
Campeonato Candango
2021

Ceilândia EC x Gama

(3a Rodada - Grupo A x B)
0 - 1
Campeonato Candango
2021

Unai x Ceilândia EC

(4a Rodada - A x B)
1 - 2
Campeonato Candango
2021

Ceilândia EC x Taguatinga EC

(5a Rodada - A x B)
1 - 2
Campeonato Candango
2021

Luziânia x Ceilândia EC

(6a Rodada - A x B)
8 - 1
Campeonato Candango
2021

Ceilândia EC x Samambaia FC

(QF - Grupo D - 1a Rodada)
1 - 0
Campeonato Candango
2021

Brasiliense x Ceilândia EC

(QF - Grupo D - 2a Rodada)
2 - 2
Campeonato Candango
2021

Capital FC x Ceilândia EC

(QF - Grupo D - 3a Rodada)
3 - 0
Campeonato Candango
2021

Ceilândia EC x Santa Maria

(Semifinal Ida 1 Rodada)
1 - 1
Campeonato Candango
2021

Ceilândia EC x Luziânia

(Semifinal Ida 2 Rodada)
2 - 0
Campeonato Candango
2021

Brasiliense x Ceilândia EC

(Semifinal Ida 3 Rodada)
0 - 1
Campeonato Candango
2021

Gama x Ceilândia EC

(Semifinal Volta 4 Rodada)
2 - 1
Campeonato Candango
2021

Ceilândia EC x Gama

(Semifinal Volta 5 Rodada)
1 - 1
Campeonato Candango
2021

Ceilândia EC x Brasiliense

(Semifinal Volta 6 Rodada)
2 - 4
Campeonato Candango
2021

Luziânia x Ceilândia EC

Jogos Brasiliense

(1a Rodada - Grupo A x B)
0 - 4
Campeonato Candango
2021

Luziânia x Brasiliense

(2a Rodada - Grupo A x B)
4 - 2
Campeonato Candango
2021

Brasiliense x Samambaia FC

(3a Rodada - Grupo A x B)
1 - 2
Campeonato Candango
2021

Gama x Brasiliense

(4a Rodada - A x B)
3 - 0
Campeonato Candango
2021

Brasiliense x Real FC

(5a Rodada - A x B)
1 - 2
Campeonato Candango
2021

Taguatinga x Brasiliense

(6a Rodada - A x B)
3 - 1
Campeonato Candango
2021

Brasiliense x Unai

(QF - Grupo D - 1a Rodada)
1 - 0
Campeonato Candango
2021

Brasiliense x Ceilândia EC

(QF - Grupo D - 2a Rodada)
0 - 4
Campeonato Candango
2021

Santa Maria x Brasiliense

(QF - Grupo D - 3a Rodada)
1 - 0
Campeonato Candango
2021

Brasiliense x Capital FC

(Semifinal Ida 1 Rodada)
0 - 3
Campeonato Candango
2021

Gama x Brasiliense

(Semifinal Ida 2 Rodada)
2 - 0
Campeonato Candango
2021

Brasiliense x Ceilândia EC

(Semifinal Ida 3 Rodada)
2 - 1
Campeonato Candango
2021

Brasiliense x Luziânia

(Semifinal Volta 4 Rodada)
0 - 5
Campeonato Candango
2021

Luziânia x Brasiliense

(Semifinal Volta 5 Rodada)
1 - 1
Campeonato Candango
2021

Ceilândia EC x Brasiliense

(Semifinal Volta 6 Rodada)
4 - 0
Campeonato Candango
2021

Brasiliense x Gama