Ceilândia domina, mas só empata com Fortaleza

O Ceilândia dominou o Fortaleza quase todo o jogo, mas pecou nas finalizações e não passou de um empate em 1 x 1.

20060313cec1x1fortaleza.gifO jogo, válido pela segunda fase da Copa do Brasil 2006, começou com as duas equipes buscando o ataque.

O Fortaleza procurou impor o seu ritmo de jogo, mas o Ceilândia demonstrou ter um time experiente e logo conteve o impete do tricolor cearense.

Abimael, apesar da contusão que quase o tira da partida, fez duas boas jogadas pela esquerda e o Ceilândia foi criando oportunidades de gol. Aos seis, Ewerton aproveitou uma dessas jogadas e abriu o marcador: Ceilândia 1 x 0.

Após o gol o Ceilândia se entusiasmou e partiu ainda mais para o ataque. Aí foi a vez do Fortaleza demonstrar que é um time bem treinado.

O tricolor foi ao poucos ganhando o meio de campo e, com jogadas, principalmente pela esquerda da defesa do Ceilândia, assumiu o controle da partida e empatou o jogo aos 16 minutos quando Rinaldo, de peixinho, fez um belo gol.

O Ceilândia sentiu o empate e permitiu que o Fortaleza continuasse mandando no jogo até por volta dos 30 minutos do primeiro tempo. Nesse período, o Fortaleza apresentou várias jogadas típicas de um time que sabe o que quer em campo e o goleiro João Carlos fez ao menos duas defesas importantes.

Depois dos trinta minutos e até o final do jogo só deu Ceilândia.

No segundo tempo o time voltou com Marcelo Sá e Reinaldo, nos lugares de Ewerton e Abimael. Nessa etapa o domínio do Ceilândia foi ainda mais avassalador.

O Fortaleza trancou-se na defesa e nem mesmo conseguiu criar situações de contra-ataques. Apesar disto, numa falta de longa distância, Igor acertou a trave do gato.

Enquanto isto, o Ceilândia tinha dificuldades para entrar na defesa do Fortaleza e era obrigado a trabalhar com cruzamentos. Jonhes, Reinaldo e Tércio tiveram oportunidades de desempatar a partida, mas o jogo terminou mesmo em 1 x 1.

O Ceilândia jogou com João Carlos, Bruno, Adriano, Edgar, Tércio; Luiz Fernando (Wagner), Leandro Leite, Lucas e Ewerton (Marcelo Sá); Abimael (Reinaldo) e Jonhes.

Comentarios

Comentarios