Derrota fica no passado: Gato tem sequência difícil

Helinho sentiu incômodo na virilha e preocupa

A derrota do meio de semana ficou no passado. De modo geral a avaliação foi a de que dias ruins acontecem e o Ceilândia não tem tempo para lamentar. No domingo, 10h30, no Serejão, enfrenta o Taguatinga e, na sequência Brasiliense, Santa Maria e Gama. Em quatro jogos, o Gato Preto dirá a que veio em 2019.

Murilo pode trazer experiência para a lateral-direita

Para o jogo deste final de semana, Jairo Araujo talvez já possa contar com Murilo e com isso agregar experiência à lateral-direita. O Ceilândia tem dependido demasiadamente do seu lado esquerdo.

Derrota ficou no passado. Gabriel é opção para o meio

Mesmo com pouco tempo para treinar, Jairo Araujo tem a missão de acertar a sincronia dos homens do meio e atacantes na saída de bola do adversário. O Ceilândia sofreu com isso no jogo contra o Capital. No mais, a proposta do time é boa e os ajustes seriam necessários à medida em que os adversários conhecessem a forma que o Ceilândia joga.

Último jogo em 2017: Vitória alvinegra por 3 x 2. Ronaldinho mudou de lado

Helinho reclamou de dores na virilha direita durante o jogo. Com pouco tempo para repouso, pode ser uma perda importante.

 

Comentarios

Comentarios