Dimba e Fabio Paulista: expulsos

Julgamento de Dimba preocupa

Dimba sai revoltado de campo. Fora dele, muita pressão sobre a arbitragem
Dimba sai revoltado de campo. Fora dele, muita pressão sobre a arbitragem

O Ceilândia aproveita a semana de folga da na série D para se preparar para a reta de chegada da competição. Daqui para a frente, não haverá mais folga.

Nessa preparação, Adelson de Almeida se preocupa com os cartões de sua equipe. Panda forçou o cartão na última partida e não enfrentará o CENE. É presença certa diante da Aparecidense.

Um jogador em especial ainda preocupa: Dimba. O atacante foi expulso diante do CRAC, na partida de ida, em Catalão. Até a presente data, Dimba ainda não foi julgado. O motivo da expulsão, em si mesmo, é trivial: troca de empurrões com o adversário, o zagueiro Fábio Paulista. O árbitro diz na súmula que Dimba empurrou o adversário e este em seguida o empurrou, ponto.

Zé Carlos: gols salvadores, mas um time diferente
Zé Carlos: gols salvadores, mas um time diferente

Na sequência, o árbitro diz na súmula que Dimba chamou o bandeirinha Fábio Rubinho de  mal intencionado e vagabundo. Como a súmula normalmente não é contestada em julgamentos da Justiça Desportiva, provavelmente Dimba pegue mais de um jogo de punição. Isso preocupa.

A preocupação é relativa, até porque Zé Carlos tem entrado bem e feito gols salvadores. De qualquer forma, o Ceilândia muda completamente as suas característica sem Dimba.

Related Images:

Comentarios

Comentarios

Start a Conversation