Dimba pega dois jogos e volta contra Aparecidense

Dimba no STJD
Dimba no STJD – Crédito: Daniele Carvallho:Justiça Desportiva.com.br

Os dois jogadores protagonizaram a confusão aos 23 minutos do segundo tempo, quando o placar já marcava 2 a 2. De acordo com a súmula, Dimba deu um empurrão na altura do pescoço de Fábio Paulista, que revidou com outro empurrão – na altura do rosto –, jogando o atacante do Ceilândia no chão. Ambos foram a julgamento ontem.

O árbitro Daniel Martins dos Santos foi informado da agressão pelo assistente Fábio Rubinho. Ao ser expulso, Dimba teria se dirigido ao assistente de forma grosseira e o teria ofendido.

A punição para a ofensa ao assistente é pesada: no mínimo quatro jogos. Dimba poderia ficar fora da competição.

A importância do julgamento pode ser medida pelo comportamento da direção do CEC. Dimba foi ao Rio de Janeiro.

Ao ser ouvido, disse: “Estou bastante envergonhado de estar aqui. O que foi colocado na súmula não ocorreu desta maneira. Antes de entrar na área, eu tinha levado uma cotovelada e o árbitro não viu. Fui até o assistente realmente, perguntar o que ele tinha dito ao árbitro. Disse que só gostaria que ele falasse a verdade. Jamais iria falar isso (o que está na súmula) para ele. Se eu estou na Série D, porque falaria isso? Jogo futebol e sou apaixonado pelo que faço. Tenho 38 anos e mostro exemplo para os meus filhos. Já era para eu ter parado, mas sou dedicado aos meus projetos sociais em Brasília, dos quais tenho orgulho”.

Osvaldo Sestário defendeu o jogador. “Destaco que o caso é de Série D e sabemos as dificuldades que os clubes passam. E o clube conseguiu recursos para que ele estivesse presente. Me impressionou muito o depoimento do Dimba. É um jogador que já passou por vários clubes, inclusive de Série A. Ele veio aqui para contar o que realmente aconteceu. A última expulsão do jogador foi em 2010, então é considerado primário. Vi sinceridade no que ele falou. O árbitro coloca que ele foi reclamar de forma grosseira. Geralmente, quando um árbitro se sente ofendido, escreve isso na súmula, o que não foi feito”.

Os argumentos convenceram os auditores que aplicar a pena de suspensão de um jogo pela troca de empurrões e desclassificaram a infração mais grave para o  artigo 258 § 2º(Assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva não tipificada pelas demais regras deste Código) e também aplicaram um jogo.

No total, a suspensão de dois jogos. O menor dos problemas. Como já cumpriu um jogo de suspensão, contra o Sobradinho, pode voltar contra a Aparecidense. Dimba está fora da partida contra o CENE, mas volta na fase decisiva.

Related Images:

Comentarios

Comentarios

Start a Conversation