Didão comemora: com a chuva, o gol da vitória

Ceilândia vence e chega à liderança ao lado de Gama e Brasiliense

Dudu Lopes voltou ao time com direito a marcação especial
Dudu Lopes voltou ao time com direito a marcação especial

Foi um jogo difícil, como se esperava. Foi preciso paciência, como se esperava. O Ceilândia venceu o Sobradinho por 1 x 0 e se juntou a Gama e Brasiliense, todos com 16 pontos, todos com o mesmo número de vitórias, e todos com o mesmo saldo de gols, na liderança do Candangão 2018.

Adelson manteve Alcione: cansado, saiu para a entrada de Formiga
Adelson manteve Alcione: cansado, saiu para a entrada de Formiga

É preciso valorizar o que o Ceilândia fez em campo e principalmente o fato de ter jogado melhor que um adversário e que não se expôs o jogo inteiro.

Emerson Martins saiu contundido: motor do time, preocupa
Emerson Martins saiu contundido: motor do time, preocupa

No primeiro tempo, o que se viu foi um jogo truncado. O Sobradinho bloqueou a direita de ataque do Ceilândia e dificultou sobremaneira as ações ofensivas desse lado. O Gato Preto precisou de paciência para realizar a transição da defesa para o ataque e, principalmente, para não ceder contra-ataques ao adversário.

Cocada teve uma atuação quase perfeita contra o veloz time do Sobradinho
Cocada teve uma atuação quase perfeita contra o veloz time do Sobradinho

Se no primeiro tempo pode-se dizer que o jogo foi equilibrado, o mesmo não se pode dizer da segunda etapa. Conquanto o Ceilândia tenha tido dificuldades para chegar à meta do Sobradinho, o fato é que o alvinegro criou ao menos quatro situações de gol, ainda que não muito claras.

Wallace Jesus deu muito trabalho para a defesa adversária
Wallace Jesus deu muito trabalho para a defesa adversária

Sentindo que o adversário estava controlado e esporadicamente oferecia perigo, Adelson lançou o time todo ao ataque. Fez entrar Formiga, Allan e Júlio Ferrari nos lugares de Emerson Martins, Alcione e Dudu Lopes.

Didão comemora: com a chuva, o gol da vitória
Didão comemora: com a chuva, o gol da vitória

O Ceilândia rondava incessamentemente a área do Sobradinho. O gol não vinha.  A apreensão da torcida do Gato Preto acabou com a chegada da chuva. Didão chutou de meia distância e venceu a meta adversária aos 43. Festa na arquibancada.

Camisa 13 comemora sob chuva intensa: Ceilândia 1 x 0 Sobradinho
Camisa 13 comemora sob chuva intensa: Ceilândia 1 x 0 Sobradinho

Com o gol, Didão ultrapassou Allan Dellon (que tem dois títulos contra um de Didão) dentre os maiores artilheiros da história alvinegra.

Candangão 2018

PosClubeJVEDGPGCSPts
117103425121333
21710342416833
31593325111430
41373323131024
5154921713421
6135352019118
7135351417-318
8133551218-614

 

O Ceilândia enfrenta, na sequência, o atual líder Gama e, no final de semana, o antigo líder, Paracatu.

Comentarios

Comentarios