Tag: Edicarlos

CEC esquece Santa Maria: Campeonato está apenas começando

Com um time de garotos, CEC já se prepara para o seu primeiro e efetivo desafio em casa
Com um time de garotos, CEC já se prepara para o seu primeiro e efetivo desafio em casa

A vitória do Ceilândia diante do Santa Maria ficou no passado. De positivo o fato de que o Gato Preto mostrou que está em um nível diferente do adversário, atualmente o lanterna da competição.

O técnico Adelson de Almeida mostrou-se satisfeito com a vitória, nem poderia ser de outro modo. O treinador sabe, contudo, que a competição está apenas começando e o time ainda não enfrentou os seus mais diretos concorrentes ao título distrital.

EdiCarlos ajuda no meio campo: agradou diante do fraco time do Santa Maria
EdiCarlos ajuda no meio campo: agradou diante do fraco time do Santa Maria

O Gato Preto folga no meio de semana. Será importante para que jogadores  se recuperem da recente maratona de jogos por um lado, mas pode atrapalhar no quesito concentração, visto que o adversário do domingo, o Gama, se manterá em ritmo de competição.

Juventude também no banco: boa estrutura defensiva tem ajudado
Juventude também no banco: boa estrutura defensiva tem ajudado

Adelson de Almeida a princípio não tem problemas físicos na equipe. Artur, que voltou de contusão contra o Santa Maria, Juninho se recuperando e que ficou de fora, não devem ser problema.

No mais, o time se prepara para o um teste efetivo em seus domínios.

 

Related Images:

CEC pega Santa Maria: vitória será importante

CEC mostrou virtudes defensivas, mas é pouco solidário no ataque
CEC mostrou virtudes defensivas, mas é pouco solidário no ataque

O Ceilândia faz nesta domingo o seu segundo jogo consecutivo fora de casa. O adversário desta tarde será o Santa Maria, 16h, no Valmir Campelo.

O Ceilândia vem de um empate contra o Formosa. Nessa partida, o CEC mostrou-se um time organizado defensivamente. A maior virtude, na visão dos analistas, foi a solidariedade defensiva.

Cassius ficou muito preso na marcação: caminho aberto para EdiCarlos
Cassius ficou muito preso na marcação: caminho aberto para EdiCarlos

Se, por um lado, o time mostrou-se solidário na defensiva, não mostrou a mesma organização no ataque. No segundo tempo, o time abusou dos lançamentos longos e pouco explorou a transição defesa para o ataque de um lado para o outro.

Léo mostrou tranquilidade contra o Formosa. Um ano depois, volta a enfrentar o Santa Maria
Léo mostrou tranquilidade contra o Formosa. Um ano depois, volta a enfrentar o Santa Maria

No mais das vezes, os atacantes estavam isolados, mas quem tem Cassius e EdiCarlos sabe que em lances isolados eles podem resolver um jogo.

No retrospecto, em 2014, o CEC não respeitou o Santa Maria e saiu derrotado do Bezerrão por 2 x 1. Aquela foi a primeira partida de Léo como titular da camisa 1 alvinegra.

20140125cec1x2 Santa Maria_098
Thiaguinho enfrenta a marcação: CEC perdeu em 2014.

 

Para a partida de hoje, Adelson deverá manter a sua equipe base, dos jogos diante do Paracatu e Formosa.

Uma vitória sobre o Santa Maria é muito importante para o CEC em seu caminho rumo a classificação e dará alguma tranquilidade para a sequência de jogos diante das equipes favoritas à conquista da competição.

Related Images:

EdiCarlos comemora: alegria por um minutoJá no final do jogo, atleta do Formosa vai para a ambulancia (sem maiores informações da gravidade)

Um tempo no cravo, outro na ferradura: 1 x 1

Filipe perde a melhor chance do Gato Preto no primeiro tempo
Filipe perde a melhor chance do Gato Preto no primeiro tempo

Ceilândia e Formosa empataram em 1 x 1 na tarde desta quarta-feira, em Sobradinho. A partida valeu pela segunda rodada do Candangâo 2015.

Mais uma vez jogando sem público, mas pela primeira vez terminando uma partida, o Gato Preto enfim pode ser avaliado.

Jogo duro, mas leal: times disciplinados
Jogo duro, mas leal: times disciplinados

O primeiro tempo foi do Ceilândia. Bem postado em campo, o alvinegro tomou a iniciativa do jogo. Nas oportunidades, contudo, os times estiveram iguais: as chances de gol vieram em erros do adversário.

Na segunda etapa o Formosa trocou de uniforme e de jogo. O time da saída norte  teve a iniciativa na maior parte do segundo tempo. Na prática, contudo, era um jogo de intermediária a intermediária, mas o Formosa era melhor.

Disposição de Vitor premiada com um amarelo
Disposição de Vitor premiada com um amarelo

Aos 20, Adelson resolveu mexer no time e colocou Pablo. Se melhorou não é possível dizer. O fato é que aos 23, EdiCarlos, em jogada individual, num bate-rebate por ele próprio criado, aproveitou-se do indecisão da defesa do Formosa e abriu o marcador.

Para um jogo em que nenhuma das equipes parecia ter inspiração suficiente para abrir o marcador, parecia que o Ceilândia venceria.

 

EdiCarlos abre marcador: Alegria durou pouco
EdiCarlos abre marcador: Alegria durou pouco

Dois minutos depois, veio a retribuição: Vitor tentou tirar a bola e, desequilibrado, serviu Maurício que empatou.

Ao final o empate foi justo. O Ceilândia mostrou que é um time organizado taticamente e isso já é uma grande virtude.

Já no final do jogo, atleta do Formosa vai para a ambulancia (sem maiores informações da gravidade)
Já no final do jogo, atleta do Formosa vai para a ambulancia (sem maiores informações da gravidade)

No segundo tempo, errou muito. Abusou de ligações diretas e da condução demasiada da bola em um campo pesado. A transição, apenas para ficar no lugar comum,  confundia velocidade com pressa.

O time, no segundo tempo,  parecia desconhecer que existe transição de lado a lado do campo e não apenas em profundidade, alternando o ritmo do jogo.

Os defeitos podem ser corrigidos, mas não trarão os dois pontos de volta.

Related Images:

CEC estréia no Domingo, 16h, no Regional

CEC se apronta para estréia

EdiCarlos se esforçou, mas mostrou que ainda está longe da melhor forma
EdiCarlos se esforçou, mas mostrou que ainda está longe da melhor forma

O Ceilândia já treina em rítmo de campeonato.

Com estréia prevista para o próximo domingo, 16h, no Estádio Reginal, o Gato Preto deu início a última semana de trabalho antes da estréia contra o Paracatu.

A programação da semana prevê um ritmo de trabalho adaptado à nova realidade.

CEC estréia no Domingo, 16h, no Regional
CEC estréia no Domingo, 16h, no Regional

Na segunda e terça, treinos físico e técnico-tático.  No restante da semana, um coletivo e mais treinos técnicos-táticos.

Adelson a princípio não tem nenhum problema para levar a campo a sua equipe base.

Related Images:

Em campo, alguma dificuldade com a bola

20 dias da estréia

Treino com bola: atletas ainda tecnica e fisicamente longe do ideal
Treino com bola: atletas ainda tecnica e fisicamente longe do ideal

O Ceilândia iniciou a sua segunda semana de preparação para o Campeonato Candango de 2015.

Não há tempo a perder. Diante do pouco tempo para a preparação, já na última sexta-feira os atletas tiveram contato com bola.

No sábado, os atletas tiveram um misto de atividade recreativa e de jogo-treino diante de um combinado amador.

Nesta segunda: treinos físico e técnico. Para fechar, treino alemão
Nesta segunda: treinos físico e técnico. Para fechar, treino alemão

Nesta segunda-feira, 5/1, os atletas começaram efetivamente o trabalho técnico com bola. A preparação física não foi descuidada.

Em campo, Adelson organizou um treino-alemão. Percebe-se que há muito por fazer, algo natural, aceitável até. Tecnica e fisicamente os jogadores ainda parecem longe de suas condições ideais.

Em campo, alguma dificuldade com a bola
Em campo, alguma dificuldade com a bola

O técnico Adelson de Almeida acredita que a intensidade dos treinamentos irá aumentar gradativamente.Para Adelson o que os atletas precisam, nesse momento, é concentrar-se no trabalho, visto que o tempo é curto.

Outro problema enfrentado está na dificuldade para conseguir amistosos

Gol no treinamento: Ceilândia procura o melhor caminho para 2015
Gol no treinamento: Ceilândia procura o melhor caminho para 2015

 

Por agora, apenas um amistoso está confirmado, em 18 de janeiro, diante do Caldas.

Enquanto isso… trabalho, trabalho, trabalho…

Related Images:

CEC estréia contra o Paracatu, no Regional.

Andre Tavares: poucos minutos em campo contra o Paracatu
Jogo truncado em 2014: vitória do Ceilândia por 1 x 0

24 dias é pouco tempo. Mas é isso que o Ceilândia vai ter até a estréia, dia 25 de janeiro, às 16h00, no Regional, diante do Paracatu.

Com o time ainda sendo montado, o Ceilândia já tem garantida a sua base. Na defesa, Badhuga e Sandro; Caio, Ewerson (Santa Helena) e Filipe Cirne no meio e, no ataque, Cassius e EdiCarlos.

O Ceilândia não deve ter medalhões em 2015. Nesse particular, a responsabilidade de conduzir um time jovem ao título estará nas mãos de EdiCarlos e Cassius.

Related Images:

Badhuga disputa com Edicarlos: agora do mesmo lado

Badhuga, Filipe e Edicarlos: a espinha dorsal alvinegra em 2015

Edicarlos (caído) e Filipe Cirne: ex-Sobradinho jogarão pelo Ceilândia em 2015
Edicarlos (caído) e Filipe Cirne: ex-Sobradinho jogarão pelo Ceilândia em 2015

O Ceilândia ultima os preparativos para a apresentação do elenco 2015. A base do time será a mesma que disputou a terceirona goiana: um time jovem, mesclado com alguns poucos jogadores experientes.

A fórmula utilizada será exatamente oposta à de 2014.

Edicarlos e Filipe Cirne devem serão as novidades. Edicarlos é conhecido jogador do futebol local. Filipe Cirne fez boas campanhas pelo Sobradinho.

Badhuga disputa com Edicarlos: agora do mesmo lado
Badhuga disputa com Edicarlos: agora do mesmo lado

A par dos jogadores testados no segundo semestre, o técnico Adelson de Almeida espera contar com ao menos duas das revelações da competição goiana.

Contando com uma boa base e com a estrutura da Cidade do Gato, o alvinegro espera surpreender em 2015.

A apresentação está marcada para depois do natal, mas os trabalhos deverão começar efetivamente em 2 de janeiro.

Related Images: